Mai­or in­clu­são na so­ci­e­da­de

Sil­va Eti­am­bu­lo cons­ta­ta no Uí­ge grau de exe­cu­ção de pro­jec­tos

Jornal de Angola - - SOCIEDADE -

A As­so­ci­a­ção Na­ci­o­nal de De­fi­ci­en­tes de An­go­la (ANDA) in­te­grou des­de 2003, no pro­ces­so pro­du­ti­vo, 10.572 mem­bros, atra­vés de co­o­pe­ra­ti­vas e de ou­tros ser­vi­ços li­ga­dos ao pro­jec­to “Vem Co­mi­go”.

O pre­si­den­te da ANDA, Sil­va Lo­pes Eti­am­bu­lo, que avan­çou a in­for­ma­ção no sá­ba­do à An­gop, no fi­nal de uma vi­si­ta de tra­ba­lho ao Uí­ge, dis­se que mais 1.752 pes­so­as com de­fi­ci­ên­cia vão ser abran­gi­das bre­ve­men­te. O ac­ti­vis­ta so­ci­al con­fir­mou que, em Agos­to, o Go­ver­no dis­po­ni­bi­li­zou uma ver­ba, cu­jo mon­tan­te não foi re­ve­la­da, pa­ra a ANDA in­cre­men­tar as ac­ti­vi­da­des que se en­con­tra­vam pa­ra­li­sa­das. “É com es­te fun­do que va­mos in­cen­ti­var a agri­cul­tu­ra e tam­bém áre­as de pres­ta­ção de ser­vi­ço, co­mo al­fai­a­ta­ria, sa­pa­ta­ria, re­cau­chu­ta­gem, ser­ra­lha­ria”, sa­li­en­tou Sil­va Lo­pes Eti­am­bu­lo.

O pro­jec­to “Vem Co­mi­go” já es­tá na quin­ta fa­se, mas mes­mo as­sim ain­da não fo­ram aten­di­das mui­tas pes­so­as com de­fi­ci­ên­cia, la­men­tou Sil­va Lo­pes Eti­am­bu­lo.

AANDA pre­ten­de che­gar a to­dos mu­ni­cí­pi­os, sen­do “o de­sa­fio má­xi­mo da as­so­ci­a­ção”, e en­qua­drar os an­ti­gos com­ba­ten­tes, in­cluin­do os não de­fi­ci­en­tes. A as­so­ci­a­ção é fa­vo­rá­vel à cri­a­ção da Fun­da­ção dos An­ti­gos Com­ba­ten­tes. A vi­si­ta de Sil­va Eti­am­bu­lo ser­viu pa­ra cons­ta­tar o grau de exe­cu­ção dos pro­jec­tos que be­ne­fi­ci­am pes­so­as com de­fi­ci­ên­cia.

MOTA AMBRÓSIO

Pes­so­as com de­fi­ci­ên­cia es­tão pro­te­gi­das

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.