In­dús­tria cap­tou mais in­ves­ti­men­tos

Jornal de Angola - - ECONOMIA - EDNA DALA |

O Mi­nis­té­rio da In­dus­tria as­si­nou quin­ta-fei­ra, atra­vés da Uni­da­de Téc­ni­ca de In­ves­ti­men­to e Apoio ao In­ves­ti­men­to Pri­va­do (UTAIP), 11 pro­jec­tos de in­ves­ti­men­to pri­va­do, ava­li­a­dos em mais de 27 mi­lhões de dó­la­res, 19 mi­lhões dos quais pro­ve­ni­en­tes de in­ves­ti­do­res na­ci­o­nais, o que re­pre­sen­ta 69, 88 por cen­to.

Os 11 pro­jec­tos con­tem­plam as pro­vín­ci­as de Lu­an­da, Ben­gue­la, Cuanza-Nor­te e Huí­la. Lu­an­da be­ne­fi­cia de oi­to pro­jec­tos, en­quan­to o pó­lo in­dus­tri­al de Lu­ca­la (no Cuanza-Nor­te) re­ce­be ape­nas um pro­jec­to, ga­ran­tin­do 11 pos­tos de tra­ba­lho na pro­du­ção de de­ri­va­dos de to­ma­te.

Ben­gue­la, a par do Cuanza-Nor­te, be­ne­fi­cia ape­nas de um pro­jec­to, uma uni­da­de in­dus­tri­al de su­mos a ser ins­ta­la­da no pó­lo in­dus­tri­al de Ca­tum­be­la, ga­ran­tin­do 60 pos­tos de tra­ba­lho, 23 dos quais ocu­pa­dos por ex­pa­tri­a­dos.

A pro­vín­cia da Huí­la é con­tem­pla­da com uma fá­bri­ca de pro­ces­sa­men­to e trans­for­ma­ção ali­men­tar. Mui­tos dos pro­jec­tos apre­sen­ta­dos fo­ram con­ce­bi­dos por jo­vens. A UTAIP apro­vou, es­te ano, 31 pro­jec­tos de in­ves­ti­men­to pri­va­do ava­li­a­dos em mais de 55 mi­lhões de dó­la­res ame­ri­ca­nos. Ain­da es­te ano, de acor­do com a ti­tu­lar da pas­ta da In­dús­tria, de­vem ser as­si­na­dos 16 pro­jec­tos de in­ves­ti­men­to pri­va­do, ava­li­a­dos em 60 mi­lhões de dó­la­res ame­ri­ca­nos.

“Os pro­jec­tos que te­mos vin­do a apro­var es­tão li­ga­dos, na sua mai­o­ria, à in­dús­tria ali­men­tar, um sec­tor que cons­ti­tui uma das gran­des pri­o­ri­da­des da ins­ti­tui­ção, no qua­dro do Pro­gra­ma Na­ci­o­nal de De­sen­vol­vi­men­to (PND) 2012/2017”, deu a co­nhe­cer.

A mi­nis­tra acres­cen­tou que os in­ves­ti­men­tos em ma­te­ri­ais de cons­tru­ção con­ti­nu­am tam­bém a ga­nhar o seu es­pa­ço no mer­ca­do na­ci­o­nal, um fac­to que fu­tu­ra­men­te vai con­tri­buir pa­ra a re­du­ção das im­por­ta­ções.

Bernarda Mar­tins ad­mi­tiu que a pro­cu­ra ac­tu­al ain­da é gran­de fa­ce às con­di­ções que o país apre­sen­ta em ter­mos de pro­du­ção, ain­da “di­mi­nu­ta”, qu­an­do com­pa­ra­da com as ne­ces­si­da­des re­gis­ta­das.

Os 11 con­tra­tos de in­ves­ti­men­to as­si­na­dos es­tão ava­li­a­dos em 27.152.976 dó­la­res e se­rão im­ple­men­ta­dos nas pro­vín­ci­as de Lu­an­da (8), Huí­la (1), Ben­gue­la (1) e Cuanza Nor­te (1). Os di­plo­mas que fo­ram as­si­na­dos pe­lo di­rec­tor da UTAIP do Mi­nis­té­rio da In­dús­tria, Jo­sé Sa­la, vão cri­ar 421 no­vos pos­tos de tra­ba­lho di­rec­tos, dos quais 362 pa­ra an­go­la­nos.

Um dos con­tra­tos foi as­si­na­do na quin­ta-fei­ra foi pe­la em­pre­sa In­ten­sity-In­ves­ti­men­tos e Par­ti­ci­pa­ções So­ci­ais Lda, pa­ra fa­bri­car pro­du­tos de­ri­va­dos de to­ma­te, num in­ves­ti­men­to ava­li­a­do em 996.000 dó­la­res ame­ri­ca­nos.

Ou­tra em­pre­sa, a CDF- In­dús­tria de Trans­for­ma­ção, vai in­ves­tir 8.970.133 dó­la­res ame­ri­ca­nos na trans­for­ma­ção e con­fec­ção de pro­du­tos ali­men­ta­res.

A em­pre­sa Neu­ce An­go­la, Lda tam­bém as­si­nou um con­tra­to de in­ves­ti­men­to, o quar­to des­de a sua afir­ma­ção no mer­ca­do, pa­ra in­cre­men­tar o fa­bri­co de tin­tas, ver­ni­zes, di­lu­en­tes, re­ves­ti­men­tos e sis­te­mas de im­per­me­a­bi­li­za­ção e iso­la­men­to tér­mi­co.

O Mi­nis­té­rio da In­dús­tria, no qua­dro da ce­le­bra­ção des­tes con­tra­tos, ga­ran­te o apoio ins­ti­tu­ci­o­nal ne­ces­sá­rio, atra­vés de me­ca­nis­mos de acom­pa­nha­men­to, em ar­ti­cu­la­ção com os de­mais ór­gãos do Es­ta­do in­ter­ve­ni­en­tes em ma­té­ria de in­ves­ti­men­to pri­va­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.