Po­lí­go­nos flo­res­tais da re­gião cor­rem ris­co de de­sa­pa­re­cer

Jornal de Angola - - PROVÍNCIAS - JUSTINO VITORINO | Hu­am­bo

Os prin­ci­pais po­lí­go­nos flo­res­tais da pro­vín­cia do Hu­am­bo cor­rem o ris­co de de­sa­pa­re­cer, de­vi­do ao aba­te in­dis­cri­mi­na­do de ár­vo­res, de­nun­ci­ou on­tem, na co­mu­na do Cui­ma, o go­ver­na­dor pro­vin­ci­al.

João Baptista Kus­su­mua ma­ni­fes­tou-se preocupado com o aba­te des­re­gra­do de ár­vo­res, daí pro­me­ter du­ras me­di­das con­tra os in­frac­to­res, pa­ra in­ver­ter o qua­dro.

O go­ver­na­dor, que fa­la­va no ter­mo de uma vi­si­ta de cam­po efec­tu­a­da ao pe­rí­me­tro flo­res­tal da co­mu­na do Cui­ma, no mu­ni­cí­pio da Caá­la, não avan­çou os ti­pos de me­di­das, mas dei­xou cla­ro que há uma ne­ces­si­da­de ur­gen­te de pôr-se co­bro à si­tu­a­ção.

João Baptista Kus­su­mua avan­çou que já bai­xou ori­en­ta­ções à Ad­mi­nis­tra­ção Mu­ni­ci­pal da Caá­la pa­ra que es­ta fa­ça, com ur­gên­cia, di­li­gên­ci­as ne­ces­sá­ri­as no sen­ti­do de con­ter o cor­te in­dis­cri­mi­na­do de ár­vo­res, bem co­mo apli­car me­di­das que de­sen­co­ra­jem es­ta prá­ti­ca e pro­te­ger os po­lí­go­nos flo­res­tais.

O go­ver­na­dor re­co­nhe­ceu que o aba­te anár­qui­co de ár­vo­res es­tá a cri­ar sé­ri­os pro­ble­mas am­bi­en­tais na pro­vín­cia, com des­ta­que pa­ra a des­flo­res­ta­ção, ero­são, sur­gi­men­to de ra­vi­nas, se­ca, di­mi­nui­ção da pro­du­ti­vi­da­de agrí­co­la, alteração do ci­clo hi­dro­ló­gi­co, di­mi­nui­ção da fer­ti­li­da­de dos so­los e con­ta­mi­na­ção das águas, com as con­se­quen­tes al­te­ra­ções cli­má­ti­cas.

O di­ri­gen­te avan­çou que es­te as­sun­to vai ser, em bre­ve, dis­cu­ti­do com as au­to­ri­da­des do Ins­ti­tu­to de De­sen­vol­vi­men­to Flo­res­tal (IDF) lo­cal, pa­ra se in­tei­rar da ra­zão ou cau­sas des­ses cor­tes anár­qui­cos, as­sim co­mo das pró­pri­as quei­ma­das.

João Baptista Kus­su­mua de­fen­deu a ne­ces­si­da­de de a po­pu­la­ção cui­dar dos eu­ca­lip­tos, pe­lo fac­to de a ve­ge­ta­ção da re­gião do pla­nal­to cen­tral es­tar ame­a­ça­da, em con­sequên­cia do cor­te in­dis­cri­mi­na­do de ár­vo­res.

O di­rec­tor pro­vin­ci­al da Agri­cul­tu­ra, De­sen­vol­vi­men­to Ru­ral e Pes­cas, An­dra­de Mo­rei­ra Baú, dis­se que a pri­o­ri­da­de pa­ra o re­po­vo­a­men­to vai pa­ra as áre­as que mais so­frem com os aba­tes in­dis­cri­mi­na­dos de ár­vo­res pa­ra o fa­bri­co de car­vão.

An­dra­de Mo­rei­ra Baú in­for­mou que o IDF tem sé­ri­as di­fi­cul­da­des pa­ra fis­ca­li­zar as flo­res­tas, por pos­suir pou­cos téc­ni­cos e fis­cais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.