Ho­tel Ko­mar­ka re­gres­sa ao Al­da La­ra

Co­mé­dia re­tra­ta o de­se­jo de li­ber­da­de en­tre os jo­vens de­ti­dos em Lu­an­da

Jornal de Angola - - CULTURA - ROQUE SIL­VA |

O es­pec­tá­cu­lo de teatro Ho­tel Ko­mar­ka, dis­tin­gui­do em vá­ri­os pré­mi­os in­ter­na­ci­o­nais e na­ci­o­nais, é apre­sen­ta­do ho­je, às 20h00, no an­fi­te­a­tro do Ins­ti­tu­to Mé­dio Po­li­téc­ni­co Al­da La­ra, em Lu­an­da, pe­lo co­lec­ti­vo Hen­ri­que Ar­tes, de­pois da sua exi­bi­ção nos di­as 3 e 9 des­te mês, no mes­mo lo­cal.

A peça, uma co­mé­dia ali­a­da à tra­gé­dia, nar­ra mo­men­tos de emo­ção, tris­te­za, so­nhos, ale­gria e so­bre­tu­do o de­se­jo de li­ber­da­de por vi­as me­nos cor­rec­tas de se­te jo­vens de­ti­dos nu­ma ca­deia em Lu­an­da.

Es­cri­ta e en­ce­na­da por Flá­vio Ferrão, re­tra­ta, em 50 mi­nu­tos, a his­tó­ria de seis ra­pa­zes e uma mu­lher, no in­te­ri­or de uma ce­la, que lu­tam pa­ra se eva­di­rem da ca­deia, te­men­do a ré­pli­ca dos se­gu­ran­ças.

Ci­en­te das di­fi­cul­da­des que a mis­são im­põe, Ben­ja­mim Ferrão, nas ves­tes da per­so­na­gem “Che­fia”, Guib­son (Boy Toy), Ail­ton Sil­vei­ro (Chum­bo), Raul Lou­ren­ço (Te­le Tub­bie), Samuel de Je­sus (Ta­deu), Jo­sé Ma­ria Fer­nan­des (Ca­fe­tão), Le­an­dro Al­fre­do (Tur­bo) e In­di­ra Con­trei­ras (Ju­re­ma) ten­tam des­res­pei­tar as re­gras e mon­tam um es­que­ma pa­ra ten­tar es­ca­par da ca­deia, de­pois de cum­pri­dos mais de 20 anos.

Dis­tin­gui­do com o pré­mio Re­ve­la­ção do Fes­ti­val In­ter­na­ci­o­nal de Teatro de Lín­gua Por­tu­gue­sa (Fes­tlp), em 2011, re­a­li­za­do no Rio de Ja­nei­ro, Me­lhor Es­pec­tá­cu­lo no Fes­ti­val In­ter­na­ci­o­nal do Ca­zen­ga e Me­lhor Ac­tor, pa­ra o ar­tis­ta Guib­son, o es­pec­tá­cu­lo Ho­tel Ko­mar­ka tem a di­rec­ção de Car­la Gam­boa, ilu­mi­na­ção de Ka­li To­so, ce­no­gra­fia de Ben­ja­mim Ferrão e co­mo as­sis­ten­te de pal­co Clé­nir Cun­di. O es­pec­tá­cu­lo já foi exi­bi­do em Ca­bo Ver­de, no Fes­ti­val de Amos­tra La­ti­no-ame­ri­ca­na de Pi­auí, em São Pau­lo (Bra­sil), na Mos­tra In­ter­na­ci­o­nal de Teatro (Mi­te), em Lis­boa, e em al­gu­mas pro­vín­ci­as.Ven­ceu o Pré­mio Na­ci­o­nal de Cul­tu­ra e Ar­tes 2013, e o Ci­da­de de Lu­an­da, com as obras “Meu enig­ma”, em 2004 e “Côn­ca­vo e con­ve­xo”, em 2008, me­lhor en­ce­na­ção, em 2005, e o de me­lhor ac­triz, atri­buí­do a Ma­til­de Ka­ban­go.Fun­da­do em Lu­an­da, há 16 anos, no co­lé­gio técnico pré-uni­ver­si­tá­rio Hen­ri­ques, por Flá­vio Ferrão, o gru­po tem no seu re­por­tó­rio “Amor fa­tal”, “A som­bra”, “Cons­pi­ra­ção”, “Con­tro­vér­si­as so­ci­ais”, “Con­tra o tem­po”, “Dan­çan­do com o lo­bo”, “Dos­si­er le­vi­a­no”, “É mi­nha gen­te, te­mos o mes­mo chei­ro”, “El­vi­ra”, “Eu vi e vi­vi, eles não eram lou­cos” e “His­tó­ria que mar­cou o sul”.

Es­pec­tá­cu­lo mon­ta­do pe­lo en­ce­na­dor e director do gru­po Flá­vio Ferrão vai de­cor­rer no an­fi­te­a­tro do Ins­ti­tu­to Po­li­téc­ni­co Al­da La­ra em Lu­an­da PAU­LI­NO DAMIÃO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.