Ar­qui­vo Na­ci­o­nal em cons­tru­ção con­fe­re dig­ni­da­de à ins­ti­tui­ção

Edi­fí­cio es­tá a ser er­gui­do na zo­na do Camama

Jornal de Angola - - PARTADA -

A mi­nis­tra da Cul­tu­ra, Ca­ro­li­na Cer­quei­ra, in­tei­rou-se do grau de exe­cu­ção das obras do no­vo edi­fí­cio do Ar­qui­vo Na­ci­o­nal de An­go­la, em cons­tru­ção na zo­na do Camama.

A go­ver­nan­te, acom­pa­nha­da por qua­dros do sec­tor, re­ce­beu, du­ran­te a vi­si­ta, in­for­ma­ções de­ta­lha­das so­bre a exe­cu­ção do pro­jec­to que vai ser­vir pa­ra aco­lher, no fu­tu­ro, os ser­vi­ços es­pe­ci­a­li­za­dos do Ar­qui­vo Na­ci­o­nal de An­go­la.

Ao em­prei­tei­ro, a mi­nis­tra mos­trou a sua sa­tis­fa­ção pe­lo que cons­ta­tou e pe­las in­for­ma­ções que re­ce­beu, as­sim co­mo des­ta­cou o em­pe­nho de to­da a equi­pa de tra­ba­lho. “A es­tru­tu­ra vai con­fe­rir mai­or dig­ni­da­de ao sec­tor cul­tu­ral e é uma mais-va­lia no do­mí­nio da pro­tec­ção, pre­ser­va­ção e aces­so ao ri­co acer­vo do­cu­men­tal na­ci­o­nal.”

Ca­ro­li­na Cer­quei­ra des­ta­cou ain­da a vi­são es­tra­té­gi­ca do Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, Jo­sé Edu­ar­do dos San­tos, pe­la aten­ção que tem da­do ao sec­tor da Cul­tu­ra, fac­tor evi­den­ci­a­do com a edi­fi­ca­ção de obras de gran­de di­men­são, mo­der­ni­da­de e ope­ra­ci­o­na­li­da­de, de ní­vel re­gi­o­nal e in­ter­na­ci­o­nal.

A in­fra-es­tru­tu­ra, adi­an­tou, cor­res­pon­de tam­bém aos an­sei­os dos ho­mens de cul­tu­ra, por­que vai dar uma ou­tra dig­ni­da­de aos qua­dros do sec­tor e aos usuá­ri­os dos ser­vi­ços.

O no­vo edi­fí­cio do Ar­qui­vo Na­ci­o­nal de An­go­la sur­ge no âm­bi­to do Pla­no Na­ci­o­nal de De­sen­vol­vi­men­to que pre­vê, pa­ra o sec­tor da Cul­tu­ra, a im­ple­men­ta­ção de um Sis­te­ma Na­ci­o­nal de Ar­qui­vos.

A in­fra-es­tru­tu­ra, pro­jec­ta­da pa­ra ter cin­co an­da­res, ocu­pa uma área de 4 hec­ta­res. O edi­fí­cio te­rá, en­tre ou­tras de­pen­dên­ci­as, 69 sa­las de ar­qui­vo, 39 es­cri­tó­ri­os, dois la­bo­ra­tó­ri­os, três sa­las de ex­po­si­ção, dois au­di­tó­ri­os e no­ve sa­las de for­ma­ção.

De­pois de con­cluí­da, a in­fra-es­tru­tu­ra vai per­mi­tir uma me­lhor pro­tec­ção dos do­cu­men­tos exis­ten­tes no Ar­qui­vo Na­ci­o­nal de An­go­la, as­sim co­mo a in­cor­po­ra­ção dos ar­qui­vos pro­du­zi­dos de­pois de 1975 pe­los ór­gãos de so­be­ra­nia do país.

O Ar­qui­vo Na­ci­o­nal de An­go­la é um ór­gão co­lec­ti­vo, de di­rei­to pú­bli­co, do sec­tor ad­mi­nis­tra­ti­vo, do­ta­da de per­so­na­li­da­de ju­rí­di­ca, au­to­no­mia ad­mi­nis­tra­ti­va, fi­nan­cei­ra e pa­tri­mo­ni­al, que tem co­mo ob­jec­to prin­ci­pal co­or­de­nar a po­lí­ti­ca ar­qui­vís­ti­ca na­ci­o­nal e su­per­vi­si­o­nar o fun­ci­o­na­men­to do Sis­te­ma Na­ci­o­nal de Ar­qui­vos.

AN­GOP

Ca­ro­li­na Cer­quei­ra (ao cen­tro) e qua­dros do sec­tor re­ce­bem in­for­ma­ções de­ta­lha­das so­bre a exe­cu­ção das obras do no­vo edi­fí­cio

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.