Nda­ka yo Wiñi e Sa­bi­no Hen­da can­tam ho­je n o Pa­lá­cio de Fer­ro

Jornal de Angola - - CULTURA - RO­QUE SIL­VA |

Sa­bi­no Hen­da e Nda­ka Yo Wiñi são os ar­tis­tas con­vi­da­dos pa­ra ani­mar os es­pec­ta­do­res que se des­lo­ca­rem ho­je ao Pa­lá­cio de Fer­ro, na bai­xa lu­an­den­se, no âm­bi­to da III Trienal de Luanda, que de­cor­re des­de No­vem­bro do ano pas­sa­do.

Nda­ka yo Wiñi, o pri­mei­ro a su­bir ao pal­co Ben­go num con­cer­to com iní­cio mar­ca­do pa­ra às 20h30, re­gres­sa a uma “ca­sa” que co­nhe­ce bem, na com­pa­nhia da sua ban­da, on­de “trans­por­ta” sons que ab­sor­veu des­te ten­ra ida­de em ce­ri­mó­ni­as tra­di­ci­o­nais.

Pe­la quar­ta vez, o Pa­lá­cio de Fer­ro tes­te­mu­nha a re­a­li­za­ção de uma “per­for­man­ce” de Nda­ka yo Wniñi, na qual in­ter­pre­ta can­ções de sua au­to­ria, co­mo “Uko­la”, “Lom­bo­lo­la”, “Uka­li­le va­le”, “Om­denbwha”, “Njo­le­la” e “San­donbwa”.

O con­cer­to tem uma sim­bi­o­se rít­mi­ca en­tre os sons tra­di­ci­o­nais e mo­der­nos, cu­jo su­por­te é ga­ran­ti­do pe­los mú­si­cos Da­lú Ro­ger (per­cus­são), Jack­son Nsa­ka (ba­te­ris­ta), Nsan­gu-Zan­za (gui­tar­ra so­lo), Kris Ka­sin­jom­be­la (bai­xo) e Moi­sés Lum­ban­za­dio (pi­a­nis­ta).

Nda­ka yo Wiñi, que na lín­gua um­bun­do quer di­zer “a voz do po­vo”, é um dos ta­len­tos mais re­cen­tes da mú­si­ca an­go­la­na. O seu re­per­tó­rio é fei­to com ba­se em pes­qui­sas que ser­vem de ba­se às su­as com­po­si­ções de mú­si­ca po­pu­lar an­go­la­na, so­bre as qu­ais sol­ta a sua voz.

Nas­ci­do a 5 de Ja­nei­ro de 1981, no Lo­bi­to, Adri­a­no Do­kas, seu no­me de registo, é des­cen­den­te de gui­ne­en­ses pe­lo la­do pa­ter­no.

“Em­brião”

Sa­bi­no Hen­da es­pe­ra le­var a pla­teia ao de­lí­rio, no con­cer­to com iní­cio às 21h30, no pal­co Ngo­la, no Pa­lá­cio de Fer­ro, com “Em­brião”, te­ma que mar­cou a sua tra­jec­tó­ria e o con­sa­grou co­mo ven­ce­dor do Top dos Mais Que­ri­dos em 2004.

O mú­si­co, que é acom­pa­nha­do por Fran­ça Ka­ma­len­gue (gui­tar­ra rit­mo), To­más San­ka­ra (gui­tar­ra so­lo), Fer­ro Do­ran (bai­xo), Li­to Bra­ga e Ge­ni­al Pi­a­no (te­cla­dos), Sa­bas K (ba­te­ria), Ti Toy (per­cus­são) e Ma­dri­le­na Car­do­so (co­ro), tem igual­men­te um re­per­tó­rio em que fi­gu­ram os te­mas “Po­ei­ra ve­lha”, “Mu­lher” e “Ser fe­liz”.

Com­po­si­tor e in­tér­pre­te mui­to apre­ci­a­do pe­los aman­tes da mú­si­ca an­go­la­na, pe­la com­po­si­ção ro­mân­ti­ca e te­mas da sua ter­ra na­tal, a província do Bié, Sa­bi­no Hen­da ven­ceu des­ta­ca­dos pré­mi­os da mú­si­ca po­pu­lar em An­go­la.

O mú­si­co Sa­bi­no Hen­da con­quis­tou o Top Rá­dio Luanda 2003, o Va­ri­an­te 2002, o Fes­ti­val da Can­ção de Luanda, da LAC, e o con­cur­so mu­si­cal do pro­gra­ma te­le­vi­si­vo Na­ção Co­ra­gem no ano de 1997, Di­rei­tos Hu­ma­nos (1999), e Top Rá­dio Luanda.

DR

Nda­ka yo Wiñi le­va ao pal­co sons que ab­sor­veu des­de ten­ra ida­de em ce­ri­mó­ni­as tra­di­ci­o­nais

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.