Equi­pas de Lu­an­da do­mi­nam na­ci­o­nais

Jornal de Angola - - CULTURA -

A equi­pa da Re­de Na­ci­o­nal de Trans­por­tes de Ener­gia (RNT) con­quis­tou no sá­ba­do, no pa­vi­lhão Wel­vit­chia Mi­ra­bi­lis, a 21.ª edi­ção do Cam­pe­o­na­to Na­ci­o­nal sé­ni­or mas­cu­li­no, após ven­cer a Co­prat, por 3-0.

Foi um jo­go bas­tan­te com­pe­ti­ti­vo as­sis­ti­do por mais de três mil pes­so­as, que apoi­a­ram a equi­pa ven­ce­do­ra des­de o iní­cio da par­ti­da até ao api­to fi­nal. No iní­cio do jo­go a RNT sou­be de­fen­der, não dan­do es­pa­ço pa­ra a equi­pa ad­ver­sá­ria apro­xi­mar-se da sua ba­li­za, o que per­mi­tiu a mar­ca­ção dos dois pri­mei­ros go­los da par­ti­da.

No re­a­ta­men­to da par­ti­da, a equi­pa ad­ver­sá­ria ten­tou mu­dar a sua tác­ti­ca de jo­go, mas mes­mo as­sim não foi pos­sí­vel, pois a RNT apro­vei­tou-se de mais uma fa­lha de­fen­si­va e mar­cou o ter­cei­ro go­lo, re­sul­ta­do que se man­te­ve até ao fi­nal da par­ti­da. Nes­te cam­pe­o­na­to, o guar­da-re­des me­nos ba­ti­do foi Stel­vio Ju­an­ga Pe­dro e o me­lhor mar­ca­dor foi Artur Pa­co, am­bos da RNT.

A RNT sa­grou-se ain­da a equi­pa “fair-play”, en­quan­to que o me­lhor jo­ga­dor des­te cam­pe­o­na­to foi Os­val­do Iná­cio, da Co­prat.

Na clas­si­fi­ca­ção, a RNT ocu­pou a pri­mei­ra po­si­ção, se­gui­da pe­la Co­prat e RNA, to­das de Lu­an­da.

Na com­pe­ti­ção fe­mi­ni­na, o Exér­ci­to con­quis­tou o tí­tu­lo, ao ven­cer o Cha­pes­se­ca do Hu­am­bo, por 4-2. Es­ta equi­pa ob­te­ve tam­bém o pré­mio de “fair-play”. A ter­cei­ra po­si­ção foi ocu­pa­da pe­lo PC Po­li­va­len­tes de Ben­gue­la. Ze­fe­ri­na Cau­pe, do Cha­pes­se­ca do Hu­am­bo, fi­cou com o pré­mio de me­lhor jo­ga­do­ra, e a sua co­le­ga de equi­pa, Eu­le­té­ria Pin­to, com o de guar­da-re­des me­nos ba­ti­da.

JO­SÉ SOARES

Três agre­mi­a­ções da ca­pi­tal do país ocu­pa­ram o pó­dio da pro­va dis­pu­ta­da em Mo­ça­me­des

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.