MI­NIS­TRA INAUGURA EMPREENDIMENTO EM CA­CU­A­CO Aber­ta fá­bri­ca pa­ra pro­ces­sar pes­ca­do

Jornal de Angola - - DESPORTO - AN­DRÉ DOS ANJOS |

A mi­nis­tra das Pes­cas, Vi­tó­ria de Bar­ros Ne­to, inau­gu­rou on­tem, no mu­ni­cí­pio de Ca­cu­a­co, uma fá­bri­ca de pro­ces­sa­men­to de pes­ca­do, com ca­pa­ci­da­de pa­ra 15 to­ne­la­das por dia, em ce­ri­mó­nia tes­te­mu­nha­da pe­lo go­ver­na­dor pro­vin­ci­al de Lu­an­da, Hi­gi­no Car­nei­ro.

A uni­da­de fa­bril, lo­ca­li­za­da na rua dos Pes­ca­do­res, es­tá do­ta­da de equi­pa­men­tos que per­mi­tem, além da con­ge­la­ção, a lim­pe­za e o cor­te de pei­xe em fi­le­tes e pos­tas, atra­vés de du­as li­nhas de pro­ces­sa­men­to.

A uni­da­de é uma in­fra-es­tru­tu­ra mo­der­na, que vem en­ri­que­cer o par­que in­dus­tri­al do sec­tor das pes­cas, no que to­ca ao pro­ces­sa­men­to, trans­for­ma­ção, dis­tri­bui­ção e co­mer­ci­a­li­za­ção de pes­ca­do no país, afir­mou Vi­tó­ria de Bar­ros Ne­to, pa­ra quem a in­fra-es­tru­tu­ra “veio con­tri­buir pa­ra a re­du­ção das per­das pós-cap­tu­ra”, que re­sul­tam da fal­ta de con­di­ções hi­gié­ni­cas ou sa­ni­tá­ri­as pa­ra a con­ser­va­ção.

O in­ves­ti­men­to, de acor­do com a mi­nis­tra das Pes­cas, en­qua­dra-se per­fei­ta­men­te no Pla­no Na­ci­o­nal de De­sen­vol­vi­men­to 2013-2017 e no Pro­gra­ma Di­ri­gi­do de Pro­du­ção de Pes­ca­do e Crus­tá­ceo, apro­va­do es­te ano pe­lo Exe­cu­ti­vo, com o ob­jec­ti­vo de au­men­tar a ofer­ta de pes­ca­do no mer­ca­do in­ter­no, po­ten­ci­ar as ex­por­ta­ções e cri­ar no­vos pos­tos de tra­ba­lho. A fá­bri­ca cha­ma-se Sol­mar e é um in­ves­ti­men­to da em­pre­sa com o mes­mo no­me, que ope­ra no país há 20 anos, no seg­men­to de re­a­li­za­ção e ex­plo­ra­ções de em­pre­en­di­men­tos pis­ca­tó­ri­os. No lo­cal on­de foi er­gui­da, o gru­po em­pre­sa­ri­al ti­nha uma uni­da­de de con­ge­la­ção e con­ser­va­ção de pes­ca­do. Or­ça­da em cer­ca de 26 mi­lhões de dó­la­res, a in­fra-es­tru­tu­ra fi­nan­ci­a­da pe­lo Ban­co An­go­la­no de In­ves­ti­men­tos (BAI) foi cons­truí­da a meio da cri­se fi­nan­cei­ra que o país atra­ves­sa, o que alar­gou pa­ra qua­tro o pra­zo de dois anos ini­ci­al­men­te pre­vis­to pa­ra a con­clu­são das obras. A ad­mi­nis­tra­do­ra da Sol­mar, Eli­za­be­te Di­as dos San­tos, sa­tis­fei­ta com a inau­gu­ra­ção da fá­bri­ca, dis­se que o mais im­por­tan­te não é o tem­po que du­rou a obra, mas sim a sua con­cre­ti­za­ção.

“Aca­bar a obra é um mar­co, inau­gu­rá-la é um even­to, mas man­tê-la ope­ra­ci­o­nal di­a­ri­a­men­te é um de­sa­fio de to­dos nós”, dis­se a ad­mi­nis­tra­do­ra da Sol­mar, di­ri­gin­do-se aos seus co­la­bo­ra­do­res.

Eli­za­be­te Di­as dos San­tos as­se­gu­rou que a equi­pa que di­ri­ge vai dar o seu me­lhor pa­ra fa­zer com que o empreendimento con­tri­bua pa­ra a re­du­ção da fo­me, da ta­xa de de­sem­pre­go e pa­ra a di­ver­si­fi­ca­ção da eco­no­mia.

Por seu tur­no, Hi­gi­no Car­nei­ro enal­te­ceu o “es­pí­ri­to em­pre­en­de­dor” da ad­mi­nis­tra­ção da Sol­mar, a quem agra­de­ceu por ter es­co­lhi­do a pro­vín­cia de Lu­an­da pa­ra a ins­ta­la­ção de um empreendimento que “cer­ta­men­te vai con­tri­buir pa­ra o au­men­to da ofer­ta e qua­li­da­de do pes­ca­do na ca­pi­tal do país e não só”.

Além da Mi­nis­tra das Pes­cas e do go­ver­na­dor de Lu­an­da, tes­te­mu­nha­ram a ce­ri­mó­nia de inau­gu­ra­ção da fá­bri­ca mem­bros da Ad­mi­nis­tra­ção Mu­ni­ci­pal de Ca­cu­a­co, re­pre­sen­tan­tes das au­to­ri­da­des tra­di­ci­o­nais e ecle­siás­ti­cas.

O Parlamento no­ru­e­guês apro­vou, na se­gun­da-fei­ra, o des­ta­ca­men­to tem­po­rá­rio de 330 sol­da­dos nor­te-ame­ri­ca­nos no país. A de­ci­são tem con­tor­nos his­tó­ri­cos já que o país es­can­di­na­vo não aco­lhe tro­pas es­tran­gei­ras no seu ter­ri­tó­rio des­de 1949. O dis­po­si­ti­vo vai fi­car es­ta­ci­o­na­do em Va­er­nes, in­for­mou o Mi­nis­té­rio no­ru­e­guês da Defesa, e tem co­mo ob­jec­ti­vo a par­ti­ci­pa­ção em exer­cí­ci­os mi­li­ta­res em Ja­nei­ro.

DOMINGOS CADÊNCIA

Pes­ca­do pro­ces­sa­do na Sol­mar pron­to a ser en­ca­mi­nha­do ao cir­cui­to co­mer­ci­al

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.