Gru­po re­bel­de ga­ran­te avan­ços nas con­ver­sa­ções

Jornal de Angola - - MUNDO -

As FARC es­tão pró­xi­mas de che­gar a um en­ten­di­men­to com o Go­ver­no da Colôm­bia pa­ra sal­var o acor­do de paz que foi re­jei­ta­do em re­fe­ren­do no dia 2 de Ou­tu­bro, afir­mou on­tem em Cu­ba o lí­der má­xi­mo dos re­bel­des, Ti­mo­león Ji­mé­nez.

As par­tes es­tão reu­ni­das em Ha­va­na a dis­cu­tir as pro­pos­tas dos ajus­tes de­fen­di­dos por al­guns sec­to­res que vo­ta­ram con­tra o acor­do pa­ra aca­bar com meio sé­cu­lo de con­fli­to ar­ma­do. “Es­ta­mos pró­xi­mos de de­fi­nir o acor­do com as pre­o­cu­pa­ções das pes­so­as co­muns: abs­ten­ci­o­nis­tas do Não e do Sim”, es­cre­veu Ti­mo­léon Ji­mé­nez, tam­bém co­nhe­ci­do co­mo “Ti­mo­chen­ko”, no Twit­ter.

O Go­ver­no e os re­bel­des ana­li­sam des­de Sá­ba­do fór­mu­las pa­ra sal­var o acor­do ne­go­ci­a­do du­ran­te qua­se qua­tro anos, em Ha­va­na, e fir­ma­do no dia 26 de Se­tem­bro por “Ti­mo­chen­ko” e pe­lo Pre­si­den­te co­lom­bi­a­no, Ju­an Ma­nu­el San­tos.

As de­le­ga­ções de paz não re­ve­la­ram as ini­ci­a­ti­vas que es­tão em dis­cus­são, mas re­a­fir­ma­ram a sua in­ten­ção de re­a­li­zar mo­di­fi­ca­ções pa­ra po­der im­ple­men­tar os com­pro­mis­sos fir­ma­dos, co­mo exi­gi­ram po­lí­ti­cos na opo­si­ção. “Es­ta­mos no ter­cei­ro dia de reu­niões pa­ra dis­cu­tir pro­pos­tas cons­tru­ti­vas. Avan­ça­mos com âni­mo pa­ra che­gar a um acor­do”, as­si­na­la­ram tam­bém no Twit­ter as equi­pas ne­go­ci­a­do­ras.

O acor­do que foi re­jei­ta­do nas ur­nas, pre­vê na es­sên­cia que as For­ças Ar­ma­das Re­vo­lu­ci­o­ná­ri­as da Colôm­bia (FARC) en­tre­guem as ar­mas após 52 anos de con­fli­to e se tor­nem um par­ti­do po­lí­ti­co.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.