Can­ce­la­da quar­ta pro­va do na­ci­o­nal

Jornal de Angola - - DESPORTO - ARMINDO PE­REI­RA

O Gran­de Pré­mio da JMLA, pon­tuá­vel pa­ra a quar­ta jor­na­da do Campeonato An­go­la­no de Velocidades (CAV’2016), em au­to­mo­bi­lis­mo e mo­to­ci­clis­mo, ini­ci­al­men­te agen­da­do pa­ra os di­as 5 e 6 de No­vem­bro, no Au­tó­dro­mo de Lu­an­da, foi can­ce­la­do por di­fi­cul­da­des de or­dem fi­nan­cei­ra.

O fac­to foi re­ve­la­do, quin­ta-fei­ra úl­ti­ma, pe­la Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Des­por­tos Mo­to­ri­za­dos (FADM),por meio de um co­mu­ni­ca­do as­si­na­do pe­la se­cre­tá­ria-ge­ral, Só­nia Pei­xo­to. “O GP JMPLA foi can­ce­la­do de­vi­do a di­fi­cul­da­des de te­sou­ra­ria, re­sul­tan­tes das res­tri­ções fi­nan­cei­ras em cur­so no país”, re­fe­re o do­cu­men­to.

Em ter­mos de re­a­li­za­ções, es­te tem si­do o pi­or ano pa­ra o des­por­to mo­to­ri­za­do em ge­ral, sen­do o CAV o que mais tem so­fri­do com o can­ce­la­men­to de pro­vas, fa­ce ao ac­tu­al mo­men­to de aus­te­ri­da­de fi­nan­cei­ra. No Campeonato An­go­la­no de Ra­li Raid (CARR), bem co­mo nos na­ci­o­nais e pro­vin­ci­ais de Kar­ting e Su­per­mo­to, a so­lu­ção pas­sou pe­la re­du­ção do ca­len­dá­rio, com uma mé­dia de seis pro­vas por épo­ca.

Ac­tu­al­men­te, o Campeonato Pro­vin­ci­al de Mo­to­cross de Lu­an­da “Áfri­ca Power’2016” é o mais lon­go com 10 pro­vas. O nú­me­ro de par­ti­ci­pa­ção em to­das as dis­ci­pli­nas re­du­ziu con­si­de­ra­vel­men­te, de­vi­do às di­fi­cul­da­des na ob­ten­ção de di­vi­sas, pa­ra im­por­tar as pe­ças de re­po­si­ção pa­ra ma­nu­ten­ção das máquinas.

Os pa­tro­cí­ni­os têm si­do ou­tro pro­ble­ma pa­ra os pro­mo­to­res, mas no seio da fa­mí­lia do des­por­to mo­to­ri­za­do, em An­go­la, rei­na o op­ti­mis­mo. En­quan­to is­so, o ac­tu­al mo­men­to obri­ga a que se­jam re­do­bra­dos es­for­ços e não tem si­do di­fe­ren­te, pois, a mai­o­ria o faz por amor à ca­mi­so­la e à pai­xão pe­lo ron­car dos mo­to­res. Pe­dro Cris­ti­na, pro­mo­tor do CARR, é ca­ri­nho­sa­men­te con­si­de­ra­do por mui­tos pi­lo­tos co­mo “o mo­tor do ra­li em An­go­la”, pe­la sua in­tei­ra de­di­ca­ção.

Pa­ra ele, o mais im­por­tan­te “tem si­do o con­ví­vio en­tre os com­pe­ti­do­res, nas mais di­fe­ren­tes pi­ca­das um pou­co por to­do o país. Ho­je, so­mos uma fa­mí­lia, os nos­sos am­bi­en­tes têm si­do de ver­da­dei­ra ca­ma­ra­da­gem”, su­bli­nhou em de­cla­ra­ções ao Jor­nal de An­go­la, em Ju­nho úl­ti­mo. Ro­das & Even­tos (Za­zá Ro­dri­gues), Cayat­te Mo­tors­pot (San­dro Carvalho), Carlos Sowe­to e o seu elen­co, no mo­to­cross, são ou­tros agen­tes que não me­dem es­for­ços em prol do de­sen­vol­vi­men­to da mo­da­li­da­de.

JO­SÉ COLA

Fal­ta de re­cur­sos fi­nan­cei­ros obri­ga a fe­de­ra­ção a en­cur­tar o ca­len­dá­rio de com­pe­ti­ções

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.