REPRESENTANTE AN­GO­LA­NA CESSA MANDATO Ana Di­as Lou­ren­ço dei­xa o Ban­co Mun­di­al

Jornal de Angola - - DESPORTO -

A representante de An­go­la, Áfri­ca do Sul e Ni­gé­ria no Ban­co Mun­di­al (BM), Ana Di­as Lou­ren­ço, ces­sou, no dia 25 des­te mês, o seu mandato de di­rec­to­ra exe­cu­ti­va do “Bo­ard”.

A des­pe­di­da de Ana Di­as Lou­ren­ço, ex-mi­nis­tra do Pla­ne­a­men­to do Go­ver­no de An­go­la, te­ve lu­gar du­ran­te uma reu­nião for­mal do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção do Ban­co Mun­di­al, ori­en­ta­da pe­lo pre­si­den­te do gru­po, Jim Yong Kim, que enal­te­ceu o de­sem­pe­nho e a con­tri­bui­ção da an­go­la­na du­ran­te o seu mandato de qua­tro anos.

A ex-mi­nis­tra foi du­ran­te dois anos ad­jun­ta do di­rec­tor exe­cu­ti­vo de uma das mais im­por­tan­tes cons­ti­tuên­ci­as afri­ca­nas do Ban­co Mun­di­al. Em Ou­tu­bro de 2014, Ana Di­as Lou­ren­ço pas­sou à con­di­ção de di­rec­to­ra exe­cu­ti­va. A elei­ção ao car­go de di­rec­to­ra exe­cu­ti­va de­cor­reu por al­tu­ra das reu­niões anu­ais do BM e do Fun­do Mo­ne­tá­rio In­ter­na­ci­o­nal (FMI), de Ou­tu­bro de 2014, em Washing­ton.

Uma no­ta de im­pren­sa men­ci­o­na que a pro­mo­ção de Ana Di­as Lou­ren­ço, além de con­fir­mar a con­di­ção de mem­bro do Bo­ard do Ban­co Mun­di­al, no qual já ti­nha as­sen­to co­mo ad­jun­ta, tor­nou-a na pri­mei­ra fi­gu­ra de An­go­la no re­la­ci­o­na­men­to que o BM man­tém com os três paí­ses (An­go­la, Ni­gé­ria e Áfri­ca do Sul), que com­põem a 25ª Cons­ti­tuên­cia (gru­po de paí­ses de uma de­ter­mi­na­da re­gião do mun­do que reú­nem pe­ri­tos pa­ra dis­cu­tir as­sun­tos re­la­ci­o­na­dos com o de­sen­vol­vi­men­to e es­ta­bi­li­da­de so­ci­o­e­co­nó­mi­ca e fi­nan­cei­ra).

Ana Di­as Lou­ren­ço as­su­miu as­sim o car­go de di­rec­to­ra exe­cu­ti­va, subs­ti­tuin­do Man­sur Muh­tar, an­ti­go mi­nis­tro das Fi­nan­ças da Ni­gé­ria, que, tam­bém, ren­deu Re­no­si De­ni­se Mo­ka­te, da Áfri­ca do Sul.

A cri­a­ção de uma Cons­ti­tuên­cia for­ma­da pe­la Ni­gé­ria, Áfri­ca do Sul e An­go­la nas­ceu da ne­ces­si­da­de de dar-se mais voz aos paí­ses afri­ca­nos no “Bo­ard” do Ban­co Mun­di­al, que reu­ni­am o mí­ni­mo de vo­tos ne­ces­sá­ri­os pa­ra for­mar uma cons­ti­tuên­cia.

Fun­da­da em No­vem­bro de 2010, pa­ra dar res­pos­ta ao cres­ci­men­to e ao pe­so eco­nó­mi­co des­tes três paí­ses, es­ta Cons­ti­tuên­cia te­ve em Re­no­si Mo­ka­te a sua pri­mei­ra di­rec­to­ra exe­cu­ti­va. Até àque­la da­ta, es­tes três paí­ses fa­zi­am par­te de uma Cons­ti­tuên­cia com­pos­ta por 22 paí­ses da Áfri­ca Sub­sa­a­ri­a­na.

Des­de 2014, a ex-mi­nis­tra do Pla­ne­a­men­to do Go­ver­no de An­go­la re­pre­sen­tou o país, ad­vo­gan­do pe­las cau­sas da Áfri­ca Sub­sa­a­ri­a­na e de An­go­la, em par­ti­cu­lar, ac­tu­an­do co­mo ele­men­to de con­tac­to com a or­ga­ni­za­ção de “Bret­ton Wo­ods”. Ana Di­as Lou­ren­ço te­ve co­mo ad­jun­to, du­ran­te os dois anos do seu mandato, um qua­dro in­di­ca­do pe­la Áfri­ca do Sul. A as­sump­ção for­mal ao car­go ocor­reu a 1 de No­vem­bro de 2014 e o ter­mo do mandato es­ta­va mar­ca­do pa­ra o dia 31 de Ou­tu­bro des­te ano.

O cons­tan­te der­ra­me de óleo de pei­xe pro­vo­ca­do por ca­miões que trans­por­tam o pro­du­to pa­ra co­mer­ci­a­li­za­ção es­tá a pe­ri­gar a cir­cu­la­ção ro­do­viá­ria no Mor­ro dos Car­nei­ros, a cin­co qui­ló­me­tros da se­de da Baía Far­ta, pro­vín­cia de Ben­gue­la. Em de­cla­ra­ções à An­gop, de­pois do ca­po­ta­men­to de uma vi­a­tu­ra Toyota Hiace, ocor­ri­do na­que­le tro­ço na úl­ti­ma ter­ça­fei­ra, o co­man­dan­te mu­ni­ci­pal da Po­lí­cia Na­ci­o­nal, in­ten­den­te An­tó­nio Bran­co, dis­se que aque­le era o ter­cei­ro aci­den­te no lo­cal em ape­nas se­te di­as.

A Fran­ça põe se­gun­da-fei­ra fim à Ope­ra­ção San­ga­ris na Re­pú­bli­ca Cen­tro Afri­ca­na (RCA). Pa­ris de­ve, po­rém, con­ser­var uma for­ça de re­ac­ção rá­pi­da nes­ta sua an­ti­ga co­ló­nia. São cer­ca de 350 mi­li­ta­res fran­ce­ses com dro­nes de ob­ser­va­ção que se vão man­ter na RCA, in­cluin­do uma cen­te­na no seio das for­ças da ONU. A Ope­ra­ção San­ga­ris co­me­çou em De­zem­bro de 2013, e che­gou a ter mais de dois mil ho­mens.

JAIMAGENS

An­ti­ga mi­nis­tra do Pla­ne­a­men­to cessa mandato de di­rec­to­ra exe­cu­ti­va do BM

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.