Dér­bi lu­an­den­se po­de dar cam­peão

PENÚLTIMA JOR­NA­DA 1º de Agos­to e Pe­tro de Lu­an­da per­se­guem vi­tó­ri­as fren­te ao ASA e Ben­fi­ca

Jornal de Angola - - PARTADA - AN­TÓ­NIO DE BRI­TO |

A dis­pu­ta da 29ª jor­na­da e penúltima do Campeonato Na­ci­o­nal de Fu­te­bol da I Di­vi­são, Gi­ra­bo­la Zap, po­de de­fi­nir ho­je ou re­me­ter pa­ra a pró­xi­ma a de­ci­são do tí­tu­lo de cam­peão na­ci­o­nal, bem co­mo a ter­cei­ra equi­pa a ser des­pro­mo­vi­da. 1º de Agos­to é lí­der.

A dis­pu­ta da 29ª jor­na­da e penúltima do Campeonato Na­ci­o­nal de Fu­te­bol da I Di­vi­são, Gi­ra­bo­la Zap, po­de de­fi­nir ho­je ou re­me­ter pa­ra a pró­xi­ma a de­ci­são do tí­tu­lo de cam­peão na­ci­o­nal, bem co­mo a ter­cei­ra equi­pa a ser des­pro­mo­vi­da, de­pois do 1º de Maio de Ben­gue­la e do Por­ce­la­na do Cu­an­za Nor­te.

O 1º de Agos­to, lí­der da pro­va, e o se­gun­do co­lo­ca­do, Pe­tro de Lu­an­da, com 63 e 60 pon­tos, res­pec­ti­va­men­te, tra­vam uma lu­ta re­nhi­da pe­la con­quis­ta do tão co­bi­ça­do tro­féu. O “sprint” pe­la ma­nu­ten­ção é ou­tro dos ce­ná­ri­os que di­vi­de as opi­niões dos aman­tes da mo­da­li­da­de, en­vol­ven­do Des­por­ti­vo da Huí­la, 4 de Abril, ASA e Aca­dé­mi­ca do Lo­bi­to.

À se­me­lhan­ça da ron­da an­te­ri­or, os oi­to de­sa­fi­os ini­ci­am em si­mul­tâ­neo, às 15h30, pa­ra não be­lis­car a ver­da­de des­por­ti­va. Os dér­bis da ca­pi­tal, 1º de Agos­to-ASA e Ben­fi­ca -Pe­tro ca­pi­ta­li­zam as aten­ções da jor­na­da.

No Es­tá­dio Na­ci­o­nal 11 de No­vem­bro, o 1º de Agos­to re­ce­be o ASA, com o cla­ro ob­jec­ti­vo de ven­cer o de­sa­fio, de for­ma a re­for­çar a li­de­ran­ça iso­la­da do campeonato, ru­mo à con­quis­ta do dé­ci­mo tí­tu­lo, que lhe es­ca­pa há dez anos. Nes­ta fa­se cru­ci­al da com­pe­ti­ção, os ru­bro-ne­gros es­tão proi­bi­dos de ce­der qual­quer pon­to, sob pe­na de com­pro­me­te­rem os seus pro­pó­si­tos na pre­sen­te épo­ca fu­te­bo­lís­ti­ca, já que o Pe­tro de Lu­an­da aper­ta o cer­co.

Fren­te aos “avi­a­do­res”, os “mi­li­ta­res” do Rio Se­co são cla­ra­men­te fa­vo­ri­tos, a jul­gar pe­las pre­ten­sões na com­pe­ti­ção. A con­ti­nui­da­da do ASA no es­ca­lão prin­ci­pal po­de es­tar tre­mi­da, por­quan­to, en­fren­ta um 1º de Agos­to su­per mo­ti­va­do, após a go­le­a­da (6-1) in­frin­gi­da ao In­ter­clu­be.

Ben­fi­quis­tas e pe­tro­lí­fe­ros dis­pu­tam um dos jo­gos mais aguar­da­dos da jor­na­da, no Es­tá­dio Mu­ni­ci­pal dos Co­quei­ros, em que a for­ma­ção pe­tro­lí­fe­ra é obri­ga­da a ga­nhar, ca­so quei­ra con­ti­nu­ar a dis­pu­ta do campeonato com o 1º de Agos­to. As “águi­as” co­man­da­das por Ze­ca Ama­ral en­tram pa­ra o du­e­lo com os tri­co­lo­res do Ei­xo Viá­rio me­nos pres­si­o­na­das. Fei­tas as con­tas, se o 1º de Agos­to ven­cer ao ASA, e o Pe­tro de Lu­an­da em­pa­tar ou per­der fren­te ao Ben­fi­ca, a equi­pa de Dra­gan Jo­vic ar­ru­ma a ques­tão do tí­tu­lo. Se am­bas as equi­pas ven­ce­rem, “bri­gam” pe­lo campeonato na úl­ti­ma jor­na­da.

Na fu­ga à des­pro­mo­ção, a Aca­dé­mi­ca do Lo­bi­to jo­ga di­an­te do Ka­bus­corp do Pa­lan­ca o tu­do ou na­da, pa­ra con­ti­nu­ar na “fi­na-flor” do fu­te­bol an­go­la­no. Aos es­tu­dan­tes, só os três pon­tos in­te­res­sam, mas mes­mo que os con­si­gam, fi­cam de­pen­den­tes dos re­sul­ta­dos das res­tan­tes equi­pas, que dis­pu­tam a ma­nu­ten­ção. De­pois da des­ci­da do 1º de Maio, Ben­gue­la mo­bi­li­zou-se no apoio à Aca­dé­mi­ca, pa­ra que a pro­vín­cia se man­te­nha na pri­mei­ra di­vi­são.

O 4 de Abril me­de for­ças com o In­ter­clu­be, no Es­tá­dio Mu­ni­ci­pal de Me­non­gue, num jo­go di­fí­cil pa­ra a equi­pa de João Ma­cha­do, que es­tá pres­si­o­na­da a ven­cer pa­ra se man­ter no Gi­ra­bo­la. Os po­lí­ci­as es­tão com o or­gu­lho fe­ri­do e pre­ten­dem re­gres­sar às vi­tó­ri­as na pro­va, após os de­sai­res com o Ben­fi­ca e o 1º de Agos­to. De­pois da der­ro­ta em ca­sa fren­te ao Pro­gres­so da Lun­da Sul, por 0 -1, o Des­por­ti­vo da Huí­la lu­ta pe­la vi­da. Os mi­li­ta­res da Re­gião Sul têm pa­ra já uma des­lo­ca­ção di­fí­cil ao re­du­to do Re­cre­a­ti­vo da Caá­la. Ivo Tra­ça e pu­pi­los pro­me­tem lu­tar até à exaus­tão pa­ra ga­ran­ti­rem os três pon­tos.

O Re­cre­a­ti­vo do Li­bo­lo tem uma ta­re­fa fa­ci­li­ta­da di­an­te do Por­ce­la­na, tal co­mo o Pro­gres­so da Lun­da Sul fren­te ao 1º de Maio de Ben­gue­la. Equi­li­bra­do po­de ser o jo­go en­tre o Pro­gres­so Sam­bi­zan­ga e o Sa­gra­da Es­pe­ran­ça. Sem­pre que se de­fron­tam, tra­vam du­e­los re­nhi­dos e de des­fe­chos im­pre­vi­sí­veis. Sam­bi­las e di­a­man­tí­fe­ros pro­cu­ram a vi­tó­ria pa­ra me­lho­rar a clas­si­fi­ca­ção.

JO­SÉ COLA

Pe­tro de Lu­an­da jo­ga ho­je com o Ben­fi­ca

JO­SÉ SO­A­RES

Tri­co­lo­res são obri­ga­dos a ven­cer a for­ma­ção das águi­as pa­ra con­ti­nu­ar a pers­pec­ti­var a con­quis­ta do campeonato na­ci­o­nal na úl­ti­ma jor­na­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.