Lú­cia de Car­va­lho dá voz ao “ku­zo­la”

Ar­tis­ta re­si­den­te em Fran­ça ac­tua ho­je no Cen­tro Cul­tu­ral Bra­sil-An­go­la

Jornal de Angola - - PARTADA - ROQUE SIL­VA |

Lú­cia de Car­va­lho es­treia, ho­je, às 19h30, no Cen­tro Cul­tu­ral Bra­sil-An­go­la (CCBA), em Lu­an­da, num con­cer­to mu­si­cal, ba­se­a­do no som da sua voz (can­to) e do tam­bor (per­cus­são).

O es­pec­tá­cu­lo tem o su­por­te mu­si­cal do gui­tar­ris­ta fran­cês Edou­ard Heil­bronn e do per­cus­si­o­nis­ta Ma­ri­to Fur­ta­do, da Ban­da Ma­ra­vi­lha. O es­pec­tá­cu­lo é o pri­mei­ro da can­to­ra e per­cus­si­o­nis­ta no país e foi cri­a­do a par­tir de vi­a­gens fei­tas no ano pas­sa­do em An­go­la, Fran­ça e no Bra­sil, du­ran­te as quais re­co­lheu men­sa­gens so­bre a sua in­fân­cia.

Em de­cla­ra­ções ao Jor­nal de An­go­la, a can­to­ra in­for­mou que o re­per­tó­rio é com­pos­to por te­mas nos­tál­gi­cos, que vão trans­por­tar as pes­so­as ao pas­sa­do. “São mú­si­cas li­vres e vi­a­ja­do­ras, ao som de rit­mos do mun­do e de mú­si­cas mo­der­nas.”

Lú­cia de Car­va­lho dis­se que vi­ve ca­da con­cer­to co­mo um en­con­tro, uma ra­zão que a vi­da cria pa­ra reu­nir e par­ti­lhar bons e maus mo­men­tos por que pas­sou.

A sua aven­tu­ra ar­tís­ti­ca e hu­ma­na, vi­vi­da no ano pas­sa­do e que per­mi­tiu a re­co­lha do re­per­tó­rio do es­pec­tá­cu­lo, foi re­tra­ta­da num do­cu­men­tá­rio cu­jo tí­tu­lo pre­fe­riu não re­ve­lar, um lon­ga-me­tra­gem que vai ser exi­bi­do quar­ta-fei­ra, às 17h30, na Me­di­a­te­ca de Lu­an­da, no âm­bi­to do pro­jec­to “Qu­ar­tas de Ci­ne”, or­ga­ni­za­do pe­la Al­li­an­ce Fran­çai­se de Lu­an­da.

Hu­go Ba­che­let, ci­ne­gra­fis­ta e re­a­li­za­dor fran­cês, acom­pa­nhou Lú­cia de Car­va­lho ao lon­go das su­as vi­a­gens, pa­ra cap­tar e co­lo­car em ima­gem o re­gres­so às ori­gens e a bus­ca da sua iden­ti­da­de cul­tu­ra, pa­ra en­riqeu­cer o per­fil ar­tís­ti­co.

O es­pec­tá­cu­lo é re­a­li­za­do por ini­ci­a­ti­va da Al­li­an­ce Fran­çai­se de Lu­an­da, em par­ce­ria com a Em­bai­xa­da da Fran­ça em An­go­la, a Fun­da­ção Edu­ar­do dos San­tos (Fe­sa), a To­tal E&P An­go­la e as com­pa­nhi­as Air Fran­ce e Di­mas­sa­ba.

O aces­so ao con­cer­to é gratuito, mas os in­te­res­sa­dos de­vem le­var do­na­ti­vos (ali­men­tos não pe­re­cí­veis e pro­du­tos de hi­gi­e­ne pes­so­al) pa­ra do­ar ao Lar Ku­zo­la.

A can­to­ra apre­sen­ta, du­ran­te o es­pec­tá­cu­lo, o pro­jec­to “Ku­zo­la” que de­sen­vol­ve em par­ce­ria com a Al­li­an­ce Fran­çai­se de Lu­an­da e o Cen­tro Cul­tu­ral Bra­sil-An­go­la.

A can­to­ra an­go­la­na e o gui­tar­ris­ta fran­cês Edou­ard Heil­bronn apre­sen­tam o mes­mo con­cer­to sex­ta-fei­ra, no Lu­ban­go, e do­min­go, em Ca­bin­da.

Os con­cer­tos têm co­mo ob­jec­ti­vo a pro­mo­ção da lín­gua e da cul­tu­ra fran­ce­sa e o for­ta­le­ci­men­to cul­tu­ral en­tre An­go­la e Fran­ça.

Re­si­den­te há mais de 20 anos em Fran­ça, Lú­cia de Car­va­lho pas­sou par­te da sua in­fân­cia em Por­tu­gal e tem no seu per­cur­so pro­fis­si­o­nal a pas­sa­gem pe­los gru­pos de dan­ça Bia de As­sis e Som Bra­sil.

Co­la­bo­rou com vá­ri­os ar­tis­tas bra­si­lei­ros re­si­den­tes em Fran­ça, mas foi atra­vés de vá­ri­os pro­jec­tos mu­si­cais li­ga­dos ao blu­es, funk, “world mu­sic” e vá­ri­as ac­tu­a­ções em pal­co que con­fe­riu à can­to­ra uma sé­ria apos­ta ar­tís­ti­ca no pa­no­ra­ma mu­si­cal, ga­nhan­do ca­ris­ma e e afec­to pa­ra de­sen­vol­ver uma for­ma mui­to pe­cu­li­ar de se co­mu­ni­car com o pú­bli­co atra­vés da mú­si­ca.

DR

Fran­co-an­go­la­na dá con­cer­to em Lu­an­da

DR

In­ter­câm­bio cul­tu­ral com Bra­sil e Fran­ça traz de vol­ta a can­to­ra e bai­la­ri­na Lú­cia de Car­va­lho

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.