FBI é acu­sa­do de vi­o­lar a Lei

Jornal de Angola - - DESPORTO -

O líder da mi­no­ria de­mo­cra­ta no Se­na­do, Har­ry Reid, acu­sou o di­rec­tor do FBI, Ja­mes Co­mey, de vi­o­lar a lei “Hat­ch”, que im­pe­de os fun­ci­o­ná­ri­os fe­de­rais de exer­ce­rem ac­ti­vi­da­de po­lí­ti­ca e in­ter­fe­ri­rem nos re­sul­ta­dos elei­to­rais.

De acor­do com a es­ta­ção te­le­vi­si­va nor­te-ame­ri­ca­na CNN, a in­for­ma­ção so­bre os no­vos emails de Hil­lary Clin­ton é do co­nhe­ci­men­to do FBI “há se­ma­nas”, mas só ago­ra, a oi­to di­as das elei­ções, foi di­vul­ga­da.

O jor­nal in­glês “The Gu­ar­di­an” re­ve­la as pa­la­vras do se­na­dor de­mo­cra­ta Har­ry Reid, que tem vin­do a pôr em cau­sa a neu­tra­li­da­de do FBI: “As vos­sas ac­ções nos úl­ti­mos me­ses de­mons­tram um tra­ta­men­to de­si­gual e per­tur­ba­dor no tra­ta­men­to de in­for­ma­ção sen­sí­vel, com o que pa­re­ce ser um cla­ro in­tui­to de aju­dar um par­ti­do po­lí­ti­co em de­tri­men­to de ou­tro”, es­cre­veu.

Reid acres­cen­ta que es­cre­veu há me­ses a Ja­mes Co­mey a pe­dir pa­ra que a in­for­ma­ção fos­se par­ti­lha­da e acu­sou o FBI de “ac­ções par­ti­dá­ri­as”.

O FBI ob­te­ve do­min­go um man­da­do pa­ra pros­se­guir a in­ves­ti­ga­ção so­bre os no­vos emails en­con­tra­dos num com­pu­ta­dor do con­gres­sis­ta Anthony D. Wei­ner.

O ex-ge­ne­ral Mi­chel Aoun, de 81 anos, foi on­tem elei­to Pre­si­den­te do Lí­ba­no pe­lo Par­la­men­to, co­lo­can­do fim a um va­zio ins­ti­tu­ci­o­nal de 29 me­ses. O no­vo Pre­si­den­te foi elei­to com 83 vo­tos, nu­ma ses­são em que hou­ve ain­da 36 vo­tos bran­cos e oi­to nu­los, anun­ci­ou o pre­si­den­te da câ­ma­ra dos de­pu­ta­dos, Na­bih Ber­ri. Mi­chel Aoun pres­tou ju­ra­men­to pa­ra as­su­mir o car­go por seis anos, não re­no­vá­veis, no pa­lá­cio pre­si­den­ci­al de Ba­ab­da, de on­de ti­nha si­do ex­pul­so há 26 anos pe­lo exér­ci­to sí­rio.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.