Ma­ta­la in­ten­si­fi­ca pro­du­ção de ar­roz

Jornal de Angola - - ECONOMIA - ARÃO MAR­TINS |

Um pro­gra­ma de pro­du­ção de ar­roz em gran­de es­ca­la es­tá, des­de o prin­cí­pio do ano, a ser de­sen­vol­vi­do pe­la Di­rec­ção Pro­vin­ci­al da Agri­cul­tu­ra e De­sen­vol­vi­men­to Ru­ral, com a co­o­pe­ra­ção chi­ne­sa, no mu­ni­cí­pio da Ma­ta­la, pro­vín­cia da Huí­la.

O ad­mi­nis­tra­dor mu­ni­ci­pal da Ma­ta­la, Ma­nu­el Paiva Vi­cen­te, que pres­tou a in­for­ma­ção ao Jor­nal de An­go­la, dis­se que a ac­ção faz par­te dos três me­ga pro­jec­tos ela­bo­ra­dos pe­las au­to­ri­da­des, no qua­dro do pro­gra­ma de pro­du­ção, em gran­de es­ca­la de ce­re­ais na re­gião. Mi­guel Paiva Vi­cen­te es­cla­re­ceu que, no qua­dro do pro­gra­ma de di­ver­si­fi­ca­ção da eco­no­mia, fo­ram ela­bo­ra­dos três gran­des pro­jec­tos.

O pri­mei­ro, re­fe­riu, vi­sa o cul­ti­vo de ar­roz, nu­ma área su­pe­ri­or a 514 hec­ta­res, cu­jos pri­mei­ros re­sul­ta­dos são al­can­ça­dos já em 2017. Paiva Vi­cen­te dis­se que, no mes­mo pro­gra­ma, foi ela­bo­ra­do um que con­tem­pla 4 mil hec­ta­res pa­ra a pro­du­ção de mi­lho e ta­ba­co em gran­de es­ca­la, na lo­ca­li­da­de de Bam­ba, no Mi­cos­se, mu­ni­cí­pio da Ma­ta­la. Com a efec­ti­va­ção dos ga­nhos, sa­li­en­tou Ma­nu­el Paiva Vi­cen­te, são cri­a­dos mais de mil em­pre­gos di­rec­tos, a jo­vens lo­cais, um con­tri­bu­to va­li­o­so no pro­gra­ma de com­ba­te à fo­me e à po­bre­za.

“No qua­dro do pro­gra­ma de di­ver­si­fi­ca­ção da eco­no­mia, es­tão em cur­so três gran­des pro­jec­tos. O pri­mei­ro é de pro­du­ção de ar­roz nu­ma área de 514 hec­ta­res, que jul­ga­mos que, an­tes de 2017, já se co­me­ça a pro­du­zir. En­tre­gá­mos ain­da 4 mil hec­ta­res pa­ra a pro­du­ção de mi­lho e ta­ba­co. Es­ta­mos à es­pe­ra de mais em­pre­sá­ri­os, pa­ra po­der­mos negociar ou­tros pro­jec­tos in­clu­si­vos, que vi­sam au­men­tar a pro­du­ção de ce­re­ais no mu­ni­cí­pio”, dis­se.

O ad­mi­nis­tra­dor mu­ni­ci­pal da Ma­ta­la des­ta­cou a im­por­tân­cia que o mu­ni­cí­pio tem no de­sen­vol­vi­men­to eco­nó­mi­co da pro­vín­cia. Es­cla­re­ceu que o mu­ni­cí­pio da Ma­ta­la tem po­ten­ci­al agro-pe­cuá­rio. Mi­guel Paiva Vi­cen­te afir­mou que a cir­cuns­cri­ção é atra­ves­sa­da pe­lo se­gun­do mai­or rio de An­go­la, que é o Cu­ne­ne, que ba­nha o sul e o nor­te do mu­ni­cí­pio, atra­vés do qual foi cons­truí­do o ca­nal ir­ri­ga­do, com 43 qui­ló­me­tros, que tem aju­da­do no de­sen­vol­vi­men­to da lo­ca­li­da­de. “É atra­vés des­te ca­nal, que é pos­sí­vel fa­zer gran­des pro­du­ções, fun­da­men­tal­men­te a ba­ta­ta re­na e as hor­to­fru­tí­co­las e os ce­re­ais”, dis­se.

O res­pon­sá­vel es­cla­re­ceu que o Go­ver­no es­tá a apro­vei­tar o po­ten­ci­al que o mu­ni­cí­pio pos­sui, pa­ra con­cre­ti­zar com êxi­to o pro­gra­ma de com­ba­te à fo­me e à po­bre­za.

O ad­mi­nis­tra­dor mu­ni­ci­pal da Ma­ta­la dis­se que a re­gião dis­põe de um pó­lo de de­sen­vol­vi­men­to cons­ti­tuí­do por in­dús­tri­as e ou­tras va­lên­ci­as, tais co­mo si­los de ar­ma­ze­na­men­to de pro­du­tos do cam­po. O ga­nho, sa­li­en­tou, é uma mais-va­lia pa­ra as ac­ções que vi­sam di­ver­si­fi­car tam­bém a eco­no­mia.

ARIMATÉIA BAPTISTA

Pro­jec­to con­tem­pla o cul­ti­vo in­ten­si­vo com re­sul­ta­dos a se­rem al­can­ça­dos no pró­xi­mo ano

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.