D’Agos­to faz fes­ta

GI­RA­BO­LA ZAP “FE­CHA COR­TI­NAS”

Jornal de Angola - - PARTADA - AN­TÓ­NIO DE BRI­TO|

O Petro de Lu­an­da con­ser­vou, on­tem, o se­gun­do lu­gar no cam­pe­o­na­to ao der­ro­tar o 1º de Agos­to, por 10, na par­ti­da de en­cer­ra­men­to do Gi­ra­bo­la Zap. A for­ma­ção pe­tro­lí­fe­ra en­trou me­lhor na par­ti­da, com um fu­te­bol en­vol­ven­te e bo­ni­to, não dei­xan­do o 1º de Agos­to pen­sar o jo­go, nem sair pa­ra o con­tra-ata­que. O úni­co go­lo do jo­go foi apon­ta­do pe­lo bra­si­lei­ro Ti­a­go Azu­lão aos 33 mi­nu­tos. Os mi­li­ta­res re­ce­be­ram as fai­xas de cam­peão.

O Petro de Lu­an­da con­ser­vou, on­tem, o se­gun­do lu­gar no cam­pe­o­na­to ao ven­cer no clás­si­co dos clás­si­cos o 1º de Agos­to, por 1-0, no Es­tá­dio Na­ci­o­nal 11 No­vem­bro, em par­ti­da re­fe­ren­te à 30ª e úl­ti­ma jor­na­da do na­ci­o­nal de fu­te­bol da pri­mei­ra di­vi­são, Gi­ra­bo­la Zap, pro­va que mo­vi­men­tou no­ve pro­vín­ci­as du­ran­te dez me­ses.

A for­ma­ção pe­tro­lí­fe­ra en­trou me­lhor na par­ti­da, com um fu­te­bol en­vol­ven­te e bo­ni­to, não dei­xan­do o 1º de Agos­to pen­sar o jo­go, nem sair pa­ra o con­tra-ata­que. Ac­tu­an­do pe­las fai­xas e a pro­cu­rar cru­za­men­tos cons­tan­tes, a de­fen­si­va dos vi­si­tan­tes te­ve mui­to tra­ba­lho pa­ra pa­rar o ím­pe­to ofen­si­vo dos vi­si­ta­dos.

Pres­si­o­na­dos a ven­cer pa­ra con­ser­var o se­gun­do lu­gar da pro­va, os tri­co­lo­res do Ei­xo Viá­rio lu­ta­vam pe­la vi­da pa­ra ga­ran­tir os três pon­tos no clás­si­co com os mi­li­ta­res do Rio Se­co. Ro­ber­to Bi­an­chi op­tou pe­lo sis­te­ma tác­ti­co (4-5-1), não mui­to co­mum no Petro, em de­tri­men­to do ha­bi­tu­al (4-4-2), que re­sul­tou no em­pa­te sem go­los di­an­te do Ben­fi­ca de Lu­an­da.

No 1º de Agos­to, o téc­ni­co Dra­gan Jo­vic man­te­ve-se fi­el ao tra­di­ci­o­nal (4-4-2), que le­vou a equi­pa à con­quis­ta do dé­ci­mo tí­tu­lo do Gi­ra­bo­la. Pa­ra tra­var o as­cen­den­te dos pe­tro­lí­fe­ros, os ru­bros e ne­gros con­tro­la­ram o jo­go e pas­sa­ram ata­car mais ve­zes a ba­li­za de Gerson. Aos 17 e 18 mi­nu­tos, Gel­son e Ary Pa­pel des­per­di­ça­ram si­tu­a­ções cla­ras de go­lo. Num jo­go de pa­ra­da e res­pos­ta, Petro de Lu­an­da e 1º de Agos­to dig­ni­fi­ca­ram es­pec­tá­cu­lo.

Aos 30 mi­nu­tos, Ibu­kun com o guar­da-re­des Gerson ba­ti­do não fez o go­lo inau­gu­ral. Vol­vi­dos três mi­nu­tos, a equi­pa de Ro­ber­to Bi­an­chi adi­an­tou-se no mar­ca­dor atra­vés de Ti­a­go Azou­lão, na con­clu­são de um pon­ta­pé de can­to. Os cen­trais mi­li­ta­res dis­traí­ram-se na mar­ca­ção ao avan­ça­do bra­si­lei­ro, que ca­be­ce­ou sem opo­si­ção.

A se­gun­da par­te co­me­ça com o Petro mais afoi­to, mas o ful­gor ini­ci­al du­rou ape­nas cin­co mi­nu­tos, até que o 1º de Agos­to vol­tou a con­tro­lar a par­ti­da. A bo­la vol­tou a cir­cu­lar na mai­o­ria das ve­zes no meio cam­po dos pe­tro­lí­fe­ros. Em des­van­ta­gem no mar­ca­dor, o 1º de Agos­to pro­cu­rou a to­do o cus­to o ten­to da igual­da­de. Dra­gan Jo­vic apos­tou em Ge­ral­do, Ro­ma­ri­que e Go­go­ró pa­ra os lu­ga­res de Pai­zo,Ju­mis­se e Buá. De mo­do a de­fen­der o re­sul­ta­do, Ro­ber­to Bi­an­chi lan­çou Ma­teus, Fa­brí­cio e Dió­ge­nes, ocu­pan­do as va­gas de Job,Ti­a­go Azou­lão e Ma­bi­ná.

As­sis­tiu-se a uma par­ti­da emo­ti­va e “elec­tri­zan­te”, com vi­tó­ria in­dis­cu­tí­vel do Petro. Gel­son e Ary Pa­pel efec­tu­a­ram o úl­ti­mo jo­go com a ca­mi­so­la do 1º de Agos­to. O me­lhor mar­ca­dor do Gi­ra­bo­la, com 23 ten­tos apon­ta­dos, vai trans­fe­rir-se pa­ra o Spor­ting Clu­be de Por­tu­gal, ao pas­so que o se­gun­do ar­ti­lhei­ro de­ve ru­mar pa­ra a Tu­ní­sia ou re­for­çar o Arou­ca de Por­tu­gal, ori­en­ta­do pe­lo lu­so an­go­la­no Li­to Vi­di­gal.

No fi­nal do jo­go, o 1º de Agos­to re­ce­beu o tro­féu e as fai­xas de cam­peão na­ci­o­nal da tem­po­ra­da fu­te­bo­lís­ti­ca de 2016.

À se­me­lhan­ça do ano pas­sa­do, o ASA ga­ran­tiu a per­ma­nên­cia no cam­pe­o­na­to, ao ven­cer o 4 de Abril, por 2-0, re­le­gan­do a equi­pa de João Ma­cha­do pa­ra a II Di­vi­são. AA­ca­dé­mi­ca do Lo­bi­to tam­bém con­fir­mou a ma­nu­ten­ção, ao ven­cer o In­ter­clu­be, por 2-1, em ple­no es­tá­dio 22 de Ju­nho. No Es­tá­dio do Fer­ro­via, o Des­por­ti­vo da Huí­la re­ce­beu e der­ro­tou o Re­cre­a­ti­vo do Li­bo­lo, por 21, dei­xan­do o bi­cam­peão na ter­cei­ra po­si­ção. O Pro­gres­so Sam­bi­zan­ga per­deu fren­te ao Ben­fi­ca de Lu­an­da, por 2-3, no Es­tá­dio Na­ci­o­nal da Ci­da­de­la. O Sa­gra­da ven­ceu o Por­ce­la­na, por 3-0, en­quan­to o 1º de Maio des­pe­diu-se com vi­tó­ria (3-2) fren­te ao Re­cre­a­ti­vo da Caá­la. Sex­ta-fei­ra, na aber­tu­ra da ron­da, o Ka­bus­corp per­deu (0-2) di­an­te do Pro­gres­so da Lun­da Sul.

KINDALA MA­NU­EL

Avan­ça­do Gel­son foi o ar­ti­lhei­ro da pro­va

KINDALA MA­NU­EL

Petro de Lu­an­da der­ro­ta ar­qui-ri­val (1-0) num clás­si­co sem in­fluên­cia na de­ci­são do tí­tu­lo de cam­peão que fi­cou com o 1º de Agos­to

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.