Ban­cos na­ci­o­nais per­dem cor­res­pon­den­tes

Re­du­ção afec­ta ca­pa­ci­da­de de pa­gar aqui­si­ções e re­mes­sas ao es­tran­gei­ro

Jornal de Angola - - ECONOMIA - YARA SIMÃO |

O sis­te­ma fi­nan­cei­ro an­go­la­no re­gis­ta, nos úl­ti­mos dois anos, uma re­du­ção das Re­la­ções de Cor­res­pon­dên­cia Ban­cá­ria (RCB) di­rec­tas, o que di­mi­nui a ca­pa­ci­da­de de exe­cu­tar pa­ga­men­tos pa­ra a im­por­ta­ção e en­vio de re­mes­sas, re­co­nhe­ceu on­tem, em Lu­an­da, o go­ver­na­dor do Ban­co Na­ci­o­nal de An­go­la (BNA).

Val­ter Fi­li­pe, que fa­la­va na aber­tu­ra de uma me­sa-re­don­da so­bre as “Re­la­ções de Cor­res­pon­dên­cia Ban­cá­ria”, atri­buiu o fac­to à ele­va­ção das exi­gên­ci­as dos ban­cos cor­res­pon­den­tes quan­to ao cum­pri­men­to da nor­mas adop­ta­das pe­los re­gu­la­do­res in­ter­na­ci­o­nais em ma­té­ria de su­per­vi­são, ris­cos de bran­que­a­men­to de ca­pi­tais e fi­nan­ci­a­men­to do ter­ro­ris­mo e aos cus­tos in­cor­ri­dos nos pro­ce­di­men­tos de di­li­gên­cia de cli­en­tes.

O en­cer­ra­men­to das cor­res­pon­dên­ci­as ban­cá­ri­as, apon­tou o go­ver­na­dor, as­so­ci­a­do à re­du­ção do pre­ço do pe­tró­leo, afec­ta a ca­pa­ci­da­de dos ban­cos exe­cu­ta­rem pa­ga­men­tos pa­ra a im­por­ta­ção de bens ali­men­ta­res, me­di­ca­men­tos, ma­té­ri­as­pri­mas, re­mes­sas pa­ra es­tu­dan­tes e as­sis­tên­cia mé­di­ca no es­tran­gei­ro, aju­da fa­mi­li­ar, pa­ga­men­tos ao sec­tor di­plo­má­ti­co, bem co­mo a cli­en­tes com con­tra­tos in­ter­na­ci­o­nais ce­le­bra­dos em dó­la­res.

O go­ver­na­dor re­ve­lou o cur­so de ope­ra­ções pa­ra tor­nar o sis­te­ma fi­nan­cei­ro mais só­li­do e ro­bus­to e re­du­zir o im­pac­to do en­cer­ra­men­to das Re­la­ções de Cor­res­pon­dên­cia Ban­cá­ria, re­to­mar as an­ti­gas e res­ta­be­le­cer no­vas re­la­ções de cor­res­pon­dên­cia. O pro­ces­so en­vol­ve as par­tes in­te­res­sa­das na­ci­o­nais e in­ter­na­ci­o­nais, co­mo o Mi­nis­té­rio das Fi­nan­ças, a Uni­da­de de In­for­ma­ção Fi­nan­cei­ra, ban­cos co­mer­ci­ais, Fun­do Mo­ne­tá­rio In­ter­na­ci­o­nal (FMI) e Ban­co Mun­di­al.

Aplau­sos do FMI

São re­a­li­za­dos en­con­tros pa­ra nor­ma­li­zar a si­tu­a­ção, co­mo os que es­tão em cur­so jun­to de re­gu­la­do­res e ins­ti­tui­ções co­mo a Re­ser­va Fe­de­ral (FED - ban­co cen­tral) e os De­par­ta­men­tos de Es­ta­do, Te­sou­ro e da Jus­ti­ça dos Es­ta­dos Uni­dos, o Ban­co da Áfri­ca do Sul e o Ban­co de Por­tu­gal, com o ob­jec­ti­vo de ob­ter as­sis­tên­cia téc­ni­ca e for­ma­ção dos ope­ra­do­res do sis­te­ma fi­nan­cei­ro na­ci­o­nal. O che­fe da missão do FMI que des­de há uma se­ma­na re­a­li­za as con­sul­tas do Ar­ti­go IV - pa­ra ava­li­a­ção do de­sem­pe­nho eco­nó­mi­co - dis­se no en­cer­ra­men­to que o en­con­tro de­mons­tra a im­por­tân­cia que as au­to­ri­da­des an­go­la­nas dão à ma­nu­ten­ção de re­la­ções cor­res­pon­den­tes en­tre ban­cos in­ter­na­ci­o­nais e an­go­la­nos.

Ri­car­do Vel­lo­so con­si­de­rou que a au­sên­cia de re­la­ções de cor­res­pon­dên­cia ban­cá­ria é um gran­de de­sa­fio que tem de ser en­fren­ta­do, por­que os ban­cos que ope­ram em An­go­la têm de fa­zê-lo com ban­cos in­ter­na­ci­o­nais, pe­lo que é ne­ces­sá­rio me­lho­rar o sis­te­ma de su­per­vi­são e re­gu­la­ção, par­ti­cu­lar­men­te na área de con­tro­lo de bran­que­a­men­to de ca­pi­tais, pa­ra que es­tes úl­ti­mos es­te­jam se­gu­ros de que, nas su­as re­la­ções com os con­gé­ne­res an­go­la­nos, vão es­tar pro­te­gi­dos.

A reu­nião dis­cu­tiu te­mas co­mo “O po­ten­ci­al im­pac­to da re­ti­ra­da das Re­la­ções de Cor­res­pon­dên­cia Ban­cá­ria na eco­no­mia an­go­la­na”, “Os de­ter­mi­nan­tes das Re­la­ções de Cor­res­pon­dên­cia Ban­cá­ria” e “So­lu­ções a adop­tar pa­ra ul­tra­pas­sar a ac­tu­al si­tu­a­ção”.

Par­ti­ci­pa­ram na me­sa re­don­da mem­bros dos con­se­lhos de ad­mi­nis­tra­ção, di­rec­to­res, ges­to­res e al­tos fun­ci­o­ná­ri­os da ban­ca co­mer­ci­al am­go­la­na, as­sim co­mo re­pre­sen­tan­tes da missão o Fun­do Mo­ne­tá­rio In­ter­na­ci­o­nal.

CONTREIRAS PIPA

Go­ver­na­dor do Ban­co Na­ci­o­nal de An­go­la Val­ter Fi­li­pe re­co­nhe­ce a ne­ces­si­da­de de ob­ser­va­ção das nor­mas de con­for­mi­da­de le­gal

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.