A “Bom­ba” de Da­má­sio e Ca­la­be­to

Jornal de Angola - - LAZER -

O mais ve­lho Ca­la­be­to ali­ou-se ao jo­vem Ma­ti­as Da­má­sio e o re­sul­ta­do é fe­no­me­nal. Am­bos reu­ni­ram­se em du­e­to na com­po­si­ção de­no­mi­na­da “Bom­ba”. A mú­si­ca no es­ti­lo sem­ba é uma re­ve­rên­cia à be­le­za da mu­lher an­go­la­na e às su­as ar­ti­ma­nhas em ter­mos de re­la­ci­o­na­men­to e de es­pe­cu­la­ção. A ver­da­de é que o re­ben­to mu­si­cal “Bom­ba” tor­nou-se num su­ces­so au­tên­ti­co, co­man­dan­do a au­di­ên­cia nas mais di­ver­sas rá­di­os e ca­sas noc­tur­nas. Na­tu­ral da pro­vín­cia de Ben­gue­la, Ma­ti­as Da­má­sio des­pon­tou pa­ra a mú­si­ca no en­tão con­cur­so “Chu­va de Es­tre­las”, an­tes de gra­var, em 2005, o seu pri­mei­ro ál­bum a so­lo “Vi­tó­ria” e con­quis­tar, em 2007, a 17ª edi­ção do Top dos Mais Qu­e­ri­dos. An­tó­nio Mi­guel Ma­nu­el Fran­cis­co “Ca­la­be­to” nas­ceu em Lu­an­da, aos 03 de Abril de 1945. A sua apa­ri­ção no mun­do da mú­si­ca co­me­çou na Mis­são Evan­gé­li­ca, fa­zen­do par­te do co­ro da re­fe­ri­da igre­ja. Em 1958, fun­da a Tur­ma Rio de Ja­nei­ro. A atri­bui­ção do no­me foi in­flu­en­ci­a­da pe­la vin­da de pes­so­as de to­da a par­te, in­cluin­do o Bra­sil. Dji Ta­fi­nha Dji Ta­fi­nha

KINDALA MA­NU­EL SAL­DA­NHA PE­DRO

EDU­AR­DO PE­DRO E PAU­LO MULAZA

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.