Jor­ge Lo­ren­zo ven­ce fol­ga­do

Jornal de Angola - - DESPORTO -

Jor­ge Lo­ren­zo des­pe­diu-se da Ya­maha em gran­de es­ti­lo. De­pois de que­brar o re­cor­de do cir­cui­to de Va­lên­cia no trei­no de qua­li­fi­ca­ção de sá­ba­do e ga­ran­tir a po­le-po­si­ti­on, o pi­lo­to es­pa­nhol li­de­rou a pro­va de on­tem de pon­ta a pon­ta e não en­con­trou di­fi­cul­da­des pa­ra che­gar à vi­tó­ria.

Cam­peão an­te­ci­pa­do da tem­po­ra­da, Marc Már­quez cru­zou a li­nha de che­ga­da em se­gun­do, man­ten­do a po­si­ção da gre­lha de par­ti­da. An­drea Ian­no­ne sur­pre­en­deu e ter­mi­nou em ter­cei­ro, à fren­te de Va­len­ti­no Ros­si. Ma­ve­rick Viña­les com­ple­tou o gru­po dos cin­co pri­mei­ros co­lo­ca­dos no GP de Va­lên­cia.

Com uma par­ti­da pri­mo­ro­sa, Lo­ren­zo man­te­ve o pri­mei­ro lu­gar des­de o iní­cio. Ian­no­ne con­se­guiu sal­tar pa­ra a se­gun­da po­si­ção e Viña­les su­biu pa­ra ter­cei­ro, dei­xan­do Ros­si e Már­quez pa­ra trás.

Mais rá­pi­do do que to­dos, Lo­ren­zo não era ame­a­ça­do. Por ou­tro la­do, for­mou-se uma dis­pu­ta pe­la se­gun­da po­si­ção, en­vol­ven­do Ian­no­ne, Viña­les, Ros­si e Már­quez. Fal­tan­do 26 vol­tas pa­ra o fi­nal, Ros­si ul­tra­pas­sou o pi­lo­to da Suzuki. Em se­gui­da, foi a vez de Már­quez su­pe­rar o com­pa­tri­o­ta.

Após ul­tra­pas­sar Viña­les, Ros­si foi pa­ra ci­ma de Ian­no­ne, en­quan­to Már­quez apa­re­cia lo­go atrás. An­drea Do­vi­zi­o­so, mais atrás, ten­ta­va en­cos­tar nos pri­mei­ros co­lo­ca­dos. Con­for­tá­vel na fren­te, Lo­ren­zo alar­ga­va a van­ta­gem na li­de­ran­ça.

De tan­to in­sis­tir, Ros­si su­pe­rou Ian­no­ne quan­do fal­ta­vam 20 vol­tas pa­ra o fi­nal, mas não con­se­guiu sus­ten­tar a van­ta­gem por mui­to tem­po. Seis vol­tas de­pois, o pi­lo­to da Du­ca­ti de­vol­veu a ma­no­bra. Na sequên­cia, foi a vez de Már­quez ul­tra­pas­sar o “Dou­tor”.

Com Lo­ren­zo im­pa­rá­vel, a dis­pu­ta pe­los dois lu­ga­res res­tan­tes no pó­dio in­ten­si­fi­cou-se na par­te fi­nal da cor­ri­da. Már­quez ven­ceu Ian­no­ne e as­su­miu a se­gun­da po­si­ção, en­quan­to Ros­si pa­re­cia ter per­di­do ren­di­men­to, per­mi­tin­do a apro­xi­ma­ção de Viña­les. O ita­li­a­no da Ya­maha, no en­tan­to, con­se­guiu re­cu­pe­rar e che­gou a ul­tra­pas­sar o com­pa­tri­o­ta da Du­ca­ti, que deu o tro­co ins­tan­tes de­pois.

Es­ta­be­le­ci­do na se­gun­da po­si­ção, Már­quez au­men­tou o rit­mo na ca­ça a Lo­ren­zo, mas o pi­lo­to da Ya­maha cam­peão mun­di­al de 2015, ad­mi­nis­trou a van­ta­gem pa­ra che­gar à vi­tó­ria. Na lu­ta pe­la úl­ti­ma po­si­ção no pó­dio, Ian­no­ne su­pe­rou Ros­si, que fi­cou com o quar­to lu­gar.

Ra­fa­el Na­dal vai re­gres­sar à com­pe­ti­ção já em De­zem­bro, ain­da que an­te­ri­or­men­te te­nha anun­ci­a­do que só vol­ta­ria em 2017, de­vi­do a uma le­são no pul­so es­quer­do. Foi o pró­prio te­nis­ta es­pa­nhol que o anun­ci­ou nas re­des so­ci­ais, di­zen­do que vol­ta aos ‘courts’ no tor­neio de exi­bi­ção em Abu Dha­bi, de 29 a 31 de De­zem­bro. Um tor­neio de bo­as me­mó­ri­as, já que o ven­ceu em três oca­siões.

Nes­ta edi­ção, tam­bém es­ta­rão pre­sen­tes Andy Mur­ray, Jo-Wil­dri­ed Tson­ga, Da­vid Gof­fin e To­mas Berdy­ch. Por ou­tro la­do, o seu ad­ver­sá­rio no court, e ami­go fo­ra de­le, Ro­ger Fe­de­rer foi con­vi­da­do de hon­ra na inau­gu­ra­ção da Aca­de­mia de Ra­fa Na­dal e até ad­mi­tiu a pos­si­bi­li­da­de de co­lo­car lá os fi­lhos.

“En­vi­a­rei os meus fi­lhos pa­ra aqui se qui­se­rem jo­gar té­nis”, ga­ran­tiu, en­tre elo­gi­os di­ri­gi­dos di­rec­ta­men­te ao es­pa­nhol. “És um exem­plo pa­ra mim. Quan­do vol­ta­vas de le­são fa­zi­as tu­do pa­re­cer mui­to fá­cil”, co­me­çou por di­zer.

Na­dal, por seu la­do, não es­con­deu a fe­li­ci­da­de de po­der con­tar com a pre­sen­ça do ri­val na inau­gu­ra­ção: “Sig­ni­fi­ca mui­to que es­te­jas aqui, Ro­ger. Par­ti­lhá­mos gran­des mo­men­tos no court e con­se­gui­mos man­ter uma gran­de re­la­ção. De­ve­mos es­tar or­gu­lho­sos dis­so”.

Ape­sar de ter ago­ra uma Aca­de­mia, Na­dal afas­tou o ce­ná­rio de re­for­ma, di­zen­do que ain­da tem mui­tos anos pe­la fren­te en­quan­to atle­ta pro­fis­si­o­nal e con­si­de­rou que o seu fu­tu­ro pas­sa pe­la sua aca­de­mia. O pro­jec­to, inau­gu­ra­do ofi­ci­al­men­te há uma se­ma­na, con­ta com 26 courts de té­nis, um cam­po de fu­te­bol de 7 e re­si­dên­ci­as pa­ra os es­tu­dan­tes. Na ce­ri­mó­nia es­ti­ve­ram pre­sen­tes Fran­ci­na Ar­men­gol, pre­si­den­te do Go­ver­no das Ilhas Ba­le­a­res, Ch­ris Ker­mon­de, lí­der da As­so­ci­a­ção de Té­nis Pro­fis­si­o­nal (ATP), Mi­guel Díaz, pre­si­den­te da Re­al Fe­de­ra­ção es­pa­nho­la da mo­da­li­da­de, pa­ra além de em­pre­sá­ri­os e fi­gu­ras da po­lí­ti­ca do país.

A ri­va­li­da­de en­tre Ro­ger Fe­de­rer e Ra­fa­el Na­dal é das mai­o­res da his­tó­ria do té­nis mun­di­al. Os jo­ga­do­res con­fron­ta­ram-se em 34 oca­siões e o es­pa­nhol le­va uma lar­ga van­ta­gem: 23 vi­tó­ri­as con­tra 11 de Fe­de­rer.

AFP

Ra­fa­el Na­dal con­vi­veu com ami­go Fe­de­rer

AFP

Ya­maha vê par­tir ex-cam­peão pa­ra a Du­ca­ti

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.