Pro­mo­tor faz ba­lan­ço po­si­ti­vo

Jornal de Angola - - DESPORTO - ARMINDO PE­REI­RA |

O pro­mo­tor da Ro­das & Even­tos e di­rec­tor de pro­va do Cam­pe­o­na­to Pro­vin­ci­al de Karting de Lu­an­da, Za­zá Ro­dri­gues, con­si­de­rou o ano de 2016 o mais pro­du­ti­vo até aqui, ape­sar de ter si­do mar­ca­do por di­fi­cul­da­des fi­nan­cei­ras, que de um mo­do ge­ral mar­ca­ram o des­por­to mo­to­ri­za­do a ní­vel na­ci­o­nal.

Za­zá Ro­dri­gues dis­se sá­ba­do ao Jor­nal de An­go­la, quan­do fa­zia o ba­lan­ço da épo­ca que en­cer­rou na Are­na Mul­ti­par­ques, em Vi­a­na, pal­co da sex­ta e úl­ti­ma pro­va do ca­len­dá­rio, nas clas­ses de ca­de­tes, Max, DD2, KZ e a pro­va de exi­bi­ção das mo­to­ri­za­das Ya­maha YB, nos 125 cc (cen­tí­me­tros cú­bi­cos), que “es­te foi o me­lhor ano em ter­mos de re­a­li­za­ções. Quan­do ar­ran­cou a tem­po­ra­da não ha­via cer­te­za se se­ria ou não pos­sí­vel fa­zer du­as pro­vas, mui­to por for­ça da cri­se fi­nan­cei­ra. Em fun­ção dis­so não te­nho qual­quer dú­vi­da em afir­mar que o ano de 2016 foi o mais pro­du­ti­vo que al­gu­ma vez ti­ve­mos. Foi im­pres­si­o­nan­te”.

O tam­bém vo­gal de di­rec­ção da As­so­ci­a­ção Pro­vin­ci­al de Des­por­tos Mo­to­ri­za­dos de Lu­an­da (APDML) dis­se que só foi pos­sí­vel atin­gir o êxi­to por­que o cam­pe­o­na­to foi sem­pre ge­ri­do com al­gu­ma pre­cau­ção, des­de o seu res­sur­gi­men­to, ali­a­do ao fac­to da fa­mí­lia do karting se ter tor­na­do mais uni­da fa­ce às di­fi­cul­da­des.

O Gran­de Pré­mio In­de­pen­dên­cia fi­cou mar­ca­do pe­lo equi­lí­brio e dis­pu­ta cer­ra­da ao ca­bo das três “man­gas”, nas di­ver­sas clas­ses. Em KZ, Már­cio Ro­la, cor­re­dor do Te­am Asa Ro­ta­ti­va, é o mais no­vo cam­peão da ca­te­go­ria, en­quan­to João Mar­tins (100 Li­mi­tes) des­tro­nou Ana Ma­fal­da, nos Max. Da­nil­son Tei­xei­ra re­pe­tiu a pro­e­za do na­ci­o­nal e er­gueu o se­gun­do tro­féu de cam­peão da tem­po­ra­da.

Pa­ra 2017, a clas­se KZ vai co­nhe­cer um au­men­to con­si­de­rá­vel de pi­lo­tos, cer­ca de se­te, o que vai ele­var o nú­me­ro pa­ra 14 con­cor­ren­tes, se­gun­do ain­da Za­zá Ro­dri­gues. O mes­mo vai acon­te­cer nos DD2, com a as­cen­são dos cor­re­do­res pro­ve­ni­en­tes da Max. “Quan­to aos Max, o ce­ná­rio não é mui­to fa­vo­rá­vel.

Es­te ano não foi dos me­lho­res, fa­ce à que­da do nú­me­ro de par­ti­ci­pan­tes, mas es­ta­mos já a pen­sar nu­ma es­tra­té­gia pa­ra re­ver­ter o ac­tu­al qu­a­dro. Es­se vai ser o nos­so cavalo de ba­ta­lha pa­ra os pró­xi­mos me­ses, an­tes do arranque da tem­po­ra­da”, re­ve­lou.

Nas mo­to­ri­za­das, Jo­sé Pe­rei­ra “Zé 7”, afec­to ao Te­am So­bri­nho, ba­teu a con­cor­rên­cia, re­le­gan­do Ju­nil­son de Je­sus “Baby Ro­das” e Ro­dri­go Jo­sé “Pi­rí”, pa­ra o se­gun­do e ter­cei­ro lu­gar, res­pec­ti­va­men­te.

JO­SÉ CO­LA

Pi­lo­tos e di­ri­gen­tes fo­ram mais so­li­dá­ri­os na edi­ção do pro­vin­ci­al en­cer­ra­da no úl­ti­mo sá­ba­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.