Ace­le­rar a con­ces­são de vis­tos

Jornal de Angola - - PARTADA - JOÃO DI­AS|

O di­rec­tor da Uni­da­de Téc­ni­ca pa­ra o In­ves­ti­men­to Pri­va­do (UTIP), Nor­ber­to Gar­cia, de­fen­deu on­tem a des­bu­ro­cra­ti­za­ção do pro­ces­so de con­ces­são de vis­tos aos in­ves­ti­do­res e a cri­a­ção e ins­ta­la­ção de em­pre­sas no país, em fa­ce da ne­ces­si­da­de de ro­bus­te­cer e dar qua­li­da­de ao in­ves­ti­men­to es­tran­gei­ro e na­ci­o­nal.

Ao lon­go de 12 me­ses de ac­ti­vi­da­de, a UTIP ce­le­brou con­tra­tos ava­li­a­dos em mais de no­ve mil mi­lhões de dó­la­res. A se­rem con­cre­ti­za­dos, os pro­jec­tos abrem pers­pec­ti­vas pa­ra a cri­a­ção de cin­co mil pos­tos de tra­ba­lho. Na con­fe­rên­cia de Im­pren­sa re­a­li­za­da pe­lo Ga­bi­ne­te de Re­vi­ta­li­za­ção da Co­mu­ni­ca­ção Ins­ti­tu­ci­o­nal e Mar­ke­ting da Ad­mi­nis­tra­ção (GRECIMA), Nor­ber­to Gar­cia fa­la nu­ma no­va abor­da­gem do in­ves­ti­men­to ex­ter­no, pri­vi­le­gi­an­do a co­mu­ni­ca­ção com o in­ves­ti­dor pa­ra que exer­ça a sua ac­ti­vi­da­de sem di­fi­cul­da­des.

Nor­ber­to Gar­cia des­ta­cou o pa­pel a de­sem­pe­nhar pe­la no­va Lei do In­ves­ti­men­to Pri­va­do, dos in­cen­ti­vos e as­si­na­lá­veis be­ne­fí­ci­os fis­cais ao in­ves­ti­men­to. O ob­jec­ti­vo, dis­se, é pro­du­zir em es­ca­la no país e co­me­çar, pau­la­ti­na­men­te, a re­du­zir os ní­veis de im­por­ta­ção e mais do que is­so, re­du­zir as as­si­me­tri­as re­gi­o­nais no pro­ces­so de in­ves­ti­men­to.

O res­pon­sá­vel afir­mou que a po­lí­ti­ca de in­ves­ti­men­to pri­va­do no país pre­ten­de in­cen­ti­var a di­ver­si­fi­ca­ção da eco­no­mia na­ci­o­nal, com in­ci­dên­cia pa­ra a pro­mo­ção da pro­du­ção in­ter­na pa­ra que se evi­te im­por­ta­ções. Di­an­te dis­so, dis­se ha­ver da par­te da UTIP fle­xi­bi­li­da­de pa­ra tra­ba­lhar 24 ho­ras ao dia, ca­so se­ja ne­ces­sá­rio, nu­ma al­tu­ra em que as in­ten­ções de in­ves­ti­men­to são mai­o­ri­ta­ri­a­men­te es­tran­gei­ras e que o “doing bu­si­ness” con­ti­nua a me­lho­rar, além de o mer­ca­do es­tar a in­ver­ter a ten­dên­cia do gros­so de in­ves­ti­men­to em Lu­an­da.

“Ho­je já cres­ce o in­ves­ti­men­to no in­te­ri­or do país. Que­re­mos pro­du­zir em es­ca­la e de­pois im­por­tar ape­nas o ne­ces­sá­rio. Mas tam­bém que­re­mos ex­por­tar”, dis­se, lem­bran­do que os re­cur­sos e con­di­ções na­tu­rais que o país dis­põe são tam­bém um cha­ma­riz ao in­ves­ti­men­to. “O país tem es­sas con­di­ções na­tu­rais que são uma pré-con­di­ção pa­ra que a no­va po­lí­ti­ca de in­ves­ti­men­to pri­va­do no sec­tor da pro­du­ção in­ter­na ca­mi­nhe de mo­do sus­ten­tá­vel”, su­bli­nhou. Nes­te mo­men­to, in­for­mou, exis­tem 680 pro­jec­tos na­ci­o­nais pa­ra in­ves­ti­men­to nos mais di­ver­sos sec­to­res em to­do o país.

Me­lho­ria nas con­di­ções

Nor­ber­to Gar­cia re­co­nhe­ceu me­lho­ri­as nas con­di­ções pa­ra o in­ves­ti­men­to no país e a jus­ti­fi­cá-lo es­tá a Lei de In­ves­ti­men­to Pri­va­do que no seu en­ten­der é a que me­lhor se ade­qua aos pro­pó­si­tos do país nes­ta fa­se de di­ver­si­fi­ca­ção eco­nó­mi­ca, além de dis­por de in­cen­ti­vos e be­ne­fí­ci­os fis­cais e dar op­ções ao re­pa­tri­a­men­to de lu­cros e di­vi­den­dos re­sul­tan­tes da ac­ti­vi­da­de de in­ves­ti­men­to.

“O que que­re­mos é a exis­tên­cia de re­gras jus­tas e equi­li­bra­das”, dis­se Nor­ber­to Gar­cia que es­pe­ra me­lho­ri­as na dis­tri­bui­ção de ener­gia e água pa­ra que o in­ves­ti­men­to se­ja tam­bém abran­gen­te e fá­cil nas re­giões on­de as con­di­ções são mais ad­ver­sas.

To­dos es­tes in­cen­ti­vos e be­ne­fí­ci­os, dis­se, es­tão sus­cep­tí­veis à ne­go­ci­a­ção e po­dem ir de um a dez anos em ter­mos de con­ces­são, prin­ci­pal­men­te a isen­ção do im­pos­to in­dus­tri­al e do im­pos­to so­bre apli­ca­ção de ca­pi­tais e o de Si­sa. “O in­ves­ti­dor, quan­do olha pa­ra a nos­sa lei de in­ves­ti­men­to e pa­ra o nos­so mer­ca­do, no­ta que ten­de­mos a tra­ba­lhar pa­ra que ele en­con­tre con­for­to, se­gu­ran­ça e me­nos di­fi­cul­da­des”, su­bli­nhou Nor­ber­to Gar­cia.

DOMBELE BERNARDO

Di­rec­tor da Uni­da­de Téc­ni­ca pa­ra o In­ves­ti­men­to Pri­va­do quer me­nos bu­ro­cra­cia na con­ces­são de vis­tos ao in­ves­ti­dor

DOMBELE BERNARDO

Nor­ber­to Gar­cia du­ran­te a con­fe­rên­cia

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.