FIFA con­tra­ria proposta pa­ra con­tro­los con­jun­tos

Jornal de Angola - - DESPORTO -

O pre­si­den­te do Co­mi­té Mé­di­co da FIFA, Mi­chel D'Ho­oghe, ma­ni­fes­tou a sua opo­si­ção à proposta con­jun­ta do Co­mi­té Olím­pi­co In­ter­na­ci­o­nal (COI) e da Agên­cia Mun­di­al An­ti­do­ping (AMA) pa­ra ca­na­li­zar a ges­tão de to­dos os con­tro­los no se­gun­do or­ga­nis­mo.

Ci­ta­do pe­la agên­cia AFP, D'Do­oghe dis­se res­pei­tar as pro­pos­tas do COI e da AMA, “mas jus­ti­fi­cam-se pa­ra fe­de­ra­ções mais pe­que­nas”, rei­te­ran­do que a FIFA não en­tre­ga­rá a ges­tão dos con­tro­los à Agên­cia Mun­di­al An­ti­do­ping.

No pró­xi­mo do­min­go, a AMA apre­sen­ta­rá uma sé­rie de re­for­mas na po­lí­ti­ca de con­tro­los an­ti­do­ping. A mais polémica, por su­ges­tão do COI, é a de pas­sar a ge­rir, por in­ter­mé­dio de um or­ga­nis­mo cri­a­do por si, a ges­tão dos con­tro­los pa­ra to­das as fe­de­ra­ções in­ter­na­ci­o­nais.

Além da dis­cus­são des­ta proposta, o pre­si­den­te da AMA, o bri­tâ­ni­co Craig Re­e­die, sem opo­si­tor, de­ve­rá ser re­e­lei­to pa­ra um no­vo man­da­to de três anos.

O COI, que já fi­nan­cia me­ta­de do or­ça­men­to anu­al da AMA, es­ti­ma­do em 27 mi­lhões de dó­la­res (cer­ca de 25,2 mi­lhões de eu­ros), es­tá dis­po­ní­vel em re­for­çar a ver­ba pa­ra que se­ja im­ple­men­ta­do es­te no­vo sis­te­ma, mas es­sa op­ção não é con­sen­su­al. A AMA de­ve­rá su­ge­rir as fe­de­ra­ções que atri­bu­am as ver­bas dos seus or­ça­men­tos des­ti­na­das aos con­tro­los à fu­tu­ra en­ti­da­de, mas se gran­des fe­de­ra­ções co­mo a FIFA ou a Fe­de­ra­ção In­ter­na­ci­o­nal de Ci­clis­mo (UCI) op­ta­rem por não in­te­grar a no­va po­lí­ti­ca an­ti­do­ping, os fun­dos não de­ve­rão ser su­fi­ci­en­tes.

Ci­ta­do pe­la AFP, o pre­si­den­te de uma fe­de­ra­ção in­ter­na­ci­o­nal, que pe­diu ano­ni­ma­to, dis­se que es­ta proposta “é mais po­lí­ti­ca que prá­ti­ca”, en­quan­to o lí­der da Fe­de­ra­ção In­ter­na­ci­o­nal de Ti­ro com Ar­co, Tom Di­e­len, con­si­de­ra que a me­di­da “tem um im­pac­to re­si­du­al nas mo­da­li­da­des mais pe­que­nas”, pois o seu or­ga­nis­mo já tem “um sis­te­ma de con­tro­lo im­plan­ta­do”.

Con­fron­ta­do com es­tas po­si­ções con­trá­ri­as, o di­rec­tor-ge­ral da AMA, Oli­vi­er Nig­gli, fri­sou que “com­pe­te ao COI con­ven­cer as fe­de­ra­ções, co­mo tam­bém lhe com­pe­ti­rá fi­nan­ciá-lo”.

Ape­sar das fric­ções en­tre os dois la­dos, agra­va­das com o es­cân­da­lo de do­ping ge­ne­ra­li­za­do na Rús­sia, que le­vou à ex­clu­são dos pra­ti­can­tes de atle­tis­mo dos Jo­gos Olím­pi­cos Rio'2016, o COI já ma­ni­fes­tou o apoio à re­e­lei­ção de Craig Re­e­die.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.