Mar­cha si­len­ci­o­sa nas ru­as de Lu­an­da

EM ME­MÓ­RIA DAS VÍ­TI­MAS DO TRÂN­SI­TO Lar­go do Sowe­to na Vi­la Ali­ce aco­lhe des­de on­tem uma Fei­ra do Aci­den­te

Jornal de Angola - - SOCIEDADE -

Uma mar­cha si­len­ci­o­sa de sen­si­bi­li­za­ção da po­pu­la­ção pa­ra a se­gu­ran­ça e pre­ven­ção ro­do­viá­ria tem lu­gar ama­nhã, em Lu­an­da, ten­do co­mo lo­cal de par­ti­da, às 10 ho­ras, o Lar­go das He­roí­nas e che­ga­da no Lar­go do Sowe­to, on­de de­cor­re, des­de on­tem, uma Fei­ra do Aci­den­te.

As du­as ac­ti­vi­da­des en­qua­dram­se no Dia Mun­di­al em Me­mó­ria das Ví­ti­mas de Aci­den­tes de Vi­a­ção, da­ta ins­ti­tuí­da em Ou­tu­bro de 2005 pe­la As­sem­bleia-Ge­ral das Na­ções Uni­das e co­me­mo­ra­da no ter­cei­ro do­min­go de No­vem­bro.

A Fei­ra do Aci­den­te ca­rac­te­ri­za­se pe­la mon­ta­gem de uma ex­po­si­ção de fo­to­grá­fi­ca, que re­tra­ta a si­nis­tra­li­da­de ro­do­viá­ria, e pe­la apre­sen­ta­ção de vi­a­tu­ras que es­ti­ve­ram en­vol­vi­das em aci­den­tes de vi­a­ção na pro­vín­cia de Lu­an­da.

Por oca­sião da efe­mé­ri­de, foi aber­ta em to­do o país, de 14 a 20 des­te mês, pe­lo Co­man­do Ge­ral da Po­lí­cia Na­ci­o­nal, a Se­ma­na de Re­fle­xão em Me­mó­ria das Ví­ti­mas de Aci­den­tes de Vi­a­ção.

Um do­cu­men­to do Ga­bi­ne­te de Co­mu­ni­ca­ção Ins­ti­tu­ci­o­nal e Im­pren­sa do Co­man­do Ge­ral da Po­lí­cia Na­ci­o­nal re­fe­re que, de Ja­nei­ro a Se­tem­bro, fo­ram re­gis­ta­dos 8.500 aci­den­tes de vi­a­ção, que pro­vo­ca­ram mais de 8.000 fe­ri­dos e mais de 2.000 mor­tos.

De­vi­do à re­a­li­za­ção da fei­ra, a Ad­mi­nis­tra­ção do dis­tri­to ur­ba­no do Ran­gel in­ter­di­tou, a par­tir das 7 ho­ras de on­tem, o trân­si­to au­to­mó­vel no Lar­go do Sowe­to, lo­ca­li­za­do jun­to ao Ins­ti­tu­to Mé­dio In­dus­tri­al de Lu­an­da (IMIL). No Mun­do, mor­rem anu­al­men­te mais de um mi­lhão de pes­so­as e en­tre 20 e 50 mi­lhões fi­cam com se­que­las. De acor­do com o por­tal ofi­ci­al so­bre o Dia Mun­di­al em Me­mó­ria das Ví­ti­mas de Trân­si­to, as seis mai­o­res cau­sas de mor­tes por aci­den­tes ro­do­viá­ri­os re­sul­tam de ex­ces­so de ve­lo­ci­da­de, con­du­ção sob efei­to de ál­co­ol, não uti­li­za­ção de cin­to de se­gu­ran­ça, não uti­li­za­ção de equi­pa­men­to de se­gu­ran­ça pa­ra as cri­an­ças, co­mo a ca­dei­ri­nha e o as­sen­to de ele­va­ção, não uti­li­za­ção de ca­pa­ce­te pe­los mo­to­ci­clis­tas e uso do te­le­mó­vel du­ran­te a con­du­ção.

As Na­ções Uni­das es­ta­be­le­ce­ram o pe­río­do de 2011 a 2020 co­mo a Dé­ca­da Mun­di­al de Ac­ções pa­ra a Se­gu­ran­ça no Trân­si­to, na qu­al os go­ver­nos se com­pro­me­tem a to­mar no­vas me­di­das pa­ra pre­ve­nir aci­den­tes no trân­si­to, com o ob­jec­ti­vo de di­mi­nuí-los até 50 por cen­to. O le­ma da dé­ca­da é “Jun­tos, nós po­de­mos sal­var mi­lhões de vi­das”.

Pre­ven­ção nas es­tra­das

A As­so­ci­a­ção de Aju­da de De­sen­vol­vi­men­to de Po­vo pa­ra Po­vo (ADPP) re­a­li­za ho­je, em Lu­an­da, em alu­são ao Dia Mun­di­al das Ví­ti­mas das Es­tra­das, que se as­si­na­la ama­nhã, uma ac­ti­vi­da­de de sen­si­bi­li­za­ção aos au­to­mo­bi­lis­tas, peões e po­pu­la­ção em ge­ral so­bre os ris­cos da im­pru­dên­cia no trân­si­to.

Se­gun­do um co­mu­ni­ca­do de im­pren­sa, a ac­ti­vi­da­de, que te­rá lu­gar na es­co­la 5.033, lo­ca­li­za­da no bair­ro Zan­go I, vai com­por­tar uma ex­po­si­ção de de­se­nhos fei­tos pe­los es­tu­dan­tes das 50 es­co­las en­vol­vi­das no pro­jec­to de si­nis­tra­li­da­de ro­do­viá­ria, le­va­do a ca­bo pe­la ADPP, com fi­nan­ci­a­men­to da Ca­bin­da Gulf Oil Com­pany.

O pro­jec­to con­ta com o apoio ins­ti­tu­ci­o­nal do Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção, da Di­rec­ção Na­ci­o­nal de Vi­a­ção e Trân­si­to (DNVT), das ad­mi­nis­tra­ções mu­ni­ci­pais de Be­las e de Vi­a­na e do gru­po téc­ni­co do Con­se­lho Na­ci­o­nal de Or­de­na­men­to do Trân­si­to, co­or­de­na­do pe­lo Mi­nis­té­rio da Saú­de.

O mes­mo es­tá a ser im­ple­men­ta­do em 50 es­co­las nos mu­ni­cí­pi­os de Be­las e de Vi­a­na. Du­ran­te o ano em cur­so, foi re­a­li­za­do o trei­na­men­to de pa­tru­lhas nas 50 es­co­las e cam­pa­nhas de sen­si­bi­li­za­ção em di­fe­ren­tes co­mu­ni­da­des so­bre a pre­ven­ção de aci­den­tes, in­cluin­do a dis­tri­bui­ção de fo­lhe­tos e de bro­chu­ras com men­sa­gens so­bre a paz nas es­tra­das, co­lo­ca­ção de pla­cas de vi­si­bi­li­da­de das es­co­las e ses­sões de trei­na­men­to so­bre a pre­ven­ção de aci­den­tes.

O pro­jec­to de si­nis­tra­li­da­de ro­do­viá­ria tem co­mo com­po­nen­tes a for­ma­ção dos pro­fes­so­res em ser­vi­ço, bem co­mo a organização de clu­bes de se­gu­ran­ça ro­do­viá­ria nas es­co­las, com o en­vol­vi­men­to das co­mu­ni­da­des.

Ou­tra das com­po­nen­tes do pro­jec­to é a in­te­gra­ção de pla­nos di­dác­ti­cos so­bre se­gu­ran­ça ro­do­viá­ria no pro­gra­ma de for­ma­ção das “Es­co­las de Pro­fes­so­res do Fu­tu­ro”.

NUNO FLASH

A Fei­ra do Aci­den­te é um retrato fi­el do ín­di­ce de si­nis­tra­li­da­de ro­do­viá­ria no país cu­jo fe­nó­me­no so­ci­al é mo­ti­vo de pre­o­cu­pa­ção das au­to­ri­da­des

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.