Ge­ne­ral Flynn na Ca­sa Bran­ca

Jornal de Angola - - DESPORTO -

O con­tro­ver­so ex-ge­ne­ral dos ser­vi­ços de in­te­li­gên­cia nor­te-ame­ri­ca­nos, Mi­cha­el Flynn, des­pe­di­do por Ba­rack Oba­ma de­vi­do à di­vul­ga­ção de in­for­ma­ção con­fi­den­ci­al e à sua pro­xi­mi­da­de com a Rús­sia, foi es­co­lhi­do pe­lo fu­tu­ro Pre­si­den­te dos Es­ta­dos Uni­dos, Do­nald Trump, pa­ra seu con­se­lhei­ro na­ci­o­nal de se­gu­ran­ça. A no­tí­cia foi avan­ça­da on­tem pe­la im­pren­sa nor­te-ame­ri­ca­na.

Em 2014, du­ran­te o man­da­to de Oba­ma, os ser­vi­ços de Mi­cha­el Flynn na Agên­cia de In­te­li­gên­cia de De­fe­sa fo­ram dis­pen­sa­dos de­vi­do ao “es­ti­lo” das idei­as que de­fen­dia.

O ex-di­rec­tor dos ser­vi­ços se­cre­tos foi des­pe­di­do na sequên­cia da di­vul­ga­ção de in­for­ma­ções clas­si­fi­ca­das co­mo con­fi­den­ci­ais so­bre as re­des ter­ro­ris­tas a ac­tu­ar no Pa­quis­tão. O ge­ne­ral te­rá si­do in­for­mal­men­te re­pre­en­di­do, mas nun­ca acu­sa­do de ir­re­gu­la­ri­da­des. Além dis­so, Flynn sem­pre te­ve um gran­de fas­cí­nio pe­las idei­as do Pre­si­den­te rus­so, Vla­di­mir Pu­tin, que de­sa­gra­da­vam a Ca­sa Bran­ca. O ano pas­sa­do es­te­ve em Mos­co­vo num even­to ao la­do do lí­der rus­so. A atri­bui­ção do car­go não ne­ces­si­ta de pas­sar pe­lo Se­na­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.