Hil­de­bran­do de Me­lo faz in­cur­são na es­cul­tu­ra

Jornal de Angola - - CULTURA -

“A his­tó­ria é um ob­jec­to” é o tí­tu­lo da pri­mei­ra ex­po­si­ção de es­cul­tu­ra do ar­tis­ta plás­ti­co Hil­de­bran­do de Me­lo a ser inau­gu­ra­da no pró­xi­mo dia 24 no Ca­mões - Cen­tro Cul­tu­ral Por­tu­guês, em Lu­an­da, e fi­ca pa­ten­te até 15 de De­zem­bro.

Nes­ta sua pri­mei­ra in­cur­são na tri­di­men­si­o­na­li­da­de, Hil­de­bran­do de Me­lo apre­sen­ta um con­jun­to de 16 obras de es­cul­tu­ra, em me­tal e for­mas sol­da­das, re­sul­ta­do de um pro­lon­ga­do pe­río­do de ex­pe­ri­men­ta­ção em es­tú­dio. Se­gun­do a crí­ti­ca de ar­te e ga­le­ris­ta Va­le­rie Ka­bov, em­bo­ra a abor­da­gem ca­rac­te­rís­ti­ca de Hil­de­bran­do de Me­lo às for­mas se­ja ime­di­a­ta­men­te re­co­nhe­cí­vel nes­ta en­car­na­ção a três di­men­sões, há al­go de no­vo que per­pas­sa.

“Es­tas cons­tru­ções es­tra­nhas, mas de­ci­di­da­men­te com for­mas de cri­a­tu­ras, cons­ti­tu­em, de uma ma­nei­ra ou de ou­tra, con­fir­ma­ções fun­da­ci­o­nais das idei­as que, de al­gu­ma for­ma, pai­ra­vam so­bre as obras bi­di­men­si­o­nais do ar­tis­ta (… ). Nes­tas obras e na ex­po­si­ção, a His­tó­ria, e o im­pac­to que tem so­bre a to­ta­li­da­de da exis­tên­cia hu­ma­na, ga­nha cor­po. A His­tó­ria não é um te­ma ou o te­ma des­ta ex­po­si­ção. O te­ma da ex­po­si­ção é o nos­so sen­ti­do de hu­ma­ni­da­de e a His­tó­ria é um ob­jec­to no qual a nos­sa hu­ma­ni­da­de se en­con­tra gra­va­da”, lê-se num tex­to de apre­sen­ta­ção.

Hil­de­bran­do de Me­lo nas­ceu no Hu­am­bo, no mu­ni­cí­pio do Bai­lun­do, em 1978. Fez os seus es­tu­dos em Por­tu­gal. É au­to­di­dac­ta. Com­ple­tou o cur­so de Pin­tu­ra na As­so­ci­a­ção das La­mei­ras, em V.N. de Fa­ma­li­cão. Par­ti­ci­pou em se­mi­ná­ri­os com cu­ra­do­res in­ter­na­ci­o­nais em múl­ti­plos paí­ses, de­sig­na­da­men­te, Áfri­ca do Sul, EUA e Ale­ma­nha.

No seu per­cur­so ar­tís­ti­co, con­ta com mais de du­as de­ze­nas de ex­po­si­ções (in­di­vi­du­ais e co­lec­ti­vas) apre­sen­ta­das em vá­ri­os paí­ses, de­sig­na­da­men­te An­go­la, Por­tu­gal, EUA e Ale­ma­nha. Foi ven­ce­dor do Pré­mio En­sar­te 2004 na ca­te­go­ria Ju­ven­tu­de e re­ce­beu a Men­ção Hon­ro­sa do mes­mo cer­ta­me em 2014. É de­ten­tor do ga­lar­dão do con­cur­so So­na De­se­nhos na Areia da em­pre­sa pe­tro­lí­fe­ra no­ru­e­gue­sa Nosk Hy­dro.

DR

Ar­tis­ta plás­ti­co Hil­de­bran­do de Me­lo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.