4,5 mi­lhões de elei­to­res

Jornal de Angola - - PARTADA - RO­DRI­GUES CAMBALA | e VAL­TER GO­MES |Uí­ge

Cer­ca de qua­tro mi­lhões e meio de ci­da­dãos fo­ram ca­das­tra­dos até on­tem, em to­do o país, no pro­ces­so de re­gis­to elei­to­ral que co­me­çou em Agos­to, in­for­mou o se­cre­tá­rio de Es­ta­do pa­ra os As­sun­tos Ins­ti­tu­ci­o­nais e Elei­to­rais, Adão de Al­mei­da, du­ran­te uma vi­si­ta ao mu­ni­cí­pio de Ico­lo e Ben­go, on­de ava­li­ou o fun­ci­o­na­men­to das bri­ga­das, os pro­ble­mas lo­gís­ti­cos e o pa­ga­men­to de sub­sí­di­os. A cam­pa­nha de Re­gis­to Elei­to­ral pa­ra as áre­as de di­fí­cil aces­so, na pro­vín­cia do Uí­ge, foi aber­ta do­min­go, no mu­ni­cí­pio do Ne­ga­ge.

Cer­ca de qua­tro mi­lhões e meio de ci­da­dãos fo­ram ca­das­tra­dos até on­tem, em to­do o país, no pro­ces­so de re­gis­to elei­to­ral que co­me­çou em Agos­to, in­for­mou o se­cre­tá­rio de Es­ta­do pa­ra os As­sun­tos Ins­ti­tu­ci­o­nais e Elei­to­rais, Adão de Al­mei­da.

A de­le­ga­ção do Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio que se des­lo­cou ao mu­ni­cí­pio de Ico­lo e Ben­go ava­li­ou o fun­ci­o­na­men­to das bri­ga­das, os pro­ble­mas lo­gís­ti­cos e o pa­ga­men­to de sub­sí­di­os.

Cen­te­nas de ci­da­dãos man­têm fir­me­za pa­ra cum­prir o de­ver cí­vi­co do re­gis­to elei­to­ral. A ad­mi­nis­tra­ção da co­mu­na de Ca­bi­ri mo­bi­li­zou os mo­ra­do­res de to­das as al­dei­as e san­za­las.

Ma­nu­el Pe­dro aban­do­na con­ten­te o lo­cal de re­gis­to, exi­bin­do o car­tão de elei­tor que aca­ba de re­ce­ber. “Es­tou ale­gre. Che­guei aqui mui­to ce­do e pe­la pri­mei­ra vez vou vo­tar”, diz o jo­vem.

Mu­lhe­res com cri­an­ças ao co­lo e em es­ta­do de ges­ta­ção fi­ze­ram ou­tra fi­la. Ago­ra já são du­as. Não tar­dou, mais uma fi­la dos an­ciãos.

Mar­ce­li­na é uma ido­sa que sem­pre te­ve o car­tão de elei­tor co­mo úni­co do­cu­men­to, mas o que ob­te­ve em 2012 per­deu na la­vra.

A cor­re­ria em Ca­bi­ri tem a ver com a pre­sen­ça de uma de­le­ga­ção do Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio, che­fi­a­da pe­lo se­cre­tá­rio de Es­ta­do pa­ra os As­sun­tos Ins­ti­tu­ci­o­nais e Elei­to­rais, Adão de Al­mei­da, que se­gue de per­to a ac­ti­vi­da­de das bri­ga­das de re­gis­to elei­to­ral.

Cri­an­ças, jo­vens e ve­lhos ma­ni­fes­tam sim­pa­tia pe­la vi­si­ta. Ma­nu­el Pe­dro, 22 anos, diz que não sai sem o car­tão de elei­tor, pa­ra vo­tar nas pró­xi­mas elei­ções. No fi­nal do en­con­tro pro­vin­ci­al de ba­lan­ço do pro­ces­so de re­gis­to elei­to­ral, que de­cor­reu no Cen­tro Cul­tu­ral Dr. Agos­ti­nho Ne­to, o di­rec­tor na­ci­o­nal das Tec­no­lo­gi­as e Apoio aos Pro­ces­sos Elei­to­rais, An­tó­nio Le­mos, dis­se que o re­sul­ta­do tem si­do po­si­ti­vo, não obs­tan­te as di­fi­cul­da­des de ín­do­le lo­gís­ti­ca. Os pro­ble­mas li­ga­dos ao pa­ga­men­to de sub­sí­di­os não são de ca­rác­ter ins­ti­tu­ci­o­nal, pois de­vem-se à fal­ta de ac­tu­a­li­za­ção de con­tas por par­te dos bri­ga­dis­tas.

Apre­sen­ta­dos mei­os aé­re­os

O Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio es­tá a sair das zo­nas ur­ba­nas pa­ra as ru­rais no sen­ti­do de au­men­tar a ca­pa­ci­da­de de res­pos­ta.

Do­min­go, o Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio ini­ci­ou as ope­ra­ções aé­re­as nas zo­nas recôn­di­tas de Ma­lan­je e Uí­ge. A cam­pa­nha de Re­gis­to Elei­to­ral pa­ra as áre­as de di­fí­cil aces­so, na pro­vín­cia do Uí­ge, foi aber­ta do­min­go, no mu­ni­cí­pio de Ne­ga­ge, du­ran­te uma ce­ri­mó­nia pa­ra apre­sen­ta­ção dos mei­os aé­re­os que vão apoi­ar o pro­ces­so, no qua­dro da pre­pa­ra­ção das elei­ções ge­rais de 2017.

O ac­to, que de­cor­reu no ae­ro­por­to do Ne­ga­ge, com a pre­sen­ça dos ad­mi­nis­tra­do­res mu­ni­ci­pais, mem­bros do go­ver­no lo­cal, do re­gis­to, ór­gãos de de­fe­sa e se­gu­ran­ça, au­to­ri­da­des tra­di­ci­o­nais e re­pre­sen­tan­tes de par­ti­dos po­lí­ti­cos, foi pre­si­di­do pe­la vi­ce-go­ver­na­do­ra pa­ra o sec­tor Po­lí­ti­co e So­ci­al, Ma­ria Fer­nan­des da Sil­va e Sil­va. Du­ran­te a ce­ri­mó­nia, fo­ram apre­sen­ta­dos os dois he­li­cóp­te­ros da For­ça Aé­rea Na­ci­o­nal, de mar­ca MI8-171 SH, que con­tam com uma equi­pa de on­ze ele­men­tos, en­tre pi­lo­tos avi­a­do­res e téc­ni­cos.

Os mei­os, com a ca­pa­ci­da­de de 24 lu­ga­res, vão per­ma­ne­cer du­ran­te 15 di­as na pro­vín­cia do Uí­ge, pa­ra apoi­ar as equi­pas de Re­gis­to Elei­to­ral que se des­lo­cam às áre­as de di­fí­cil aces­so, pa­ra per­mi­tir a ac­tu­a­li­za­ção dos da­dos e o re­gis­to dos ci­da­dãos. Ma­ria Fer­nan­des da Sil­va e Sil­va con­si­de­rou a dis­po­ni­bi­li­za­ção dos mei­os um pas­so importante pa­ra o pro­ces­so de Re­gis­to Elei­to­ral, uma vez que vai fa­ci­li­tar aos ci­da­dãos re­si­den­tes nas áre­as de di­fí­cil aces­so re­gis­ta­rem-se e ac­tu­a­li­za­rem os seus da­dos, pa­ra que pos­sam vo­tar nas elei­ções de 2017.

Com es­te pas­so, fri­sou a vi­ce-go­ver­na­do­ra, o Go­ver­no en­vi­da mais es­for­ços pa­ra que nin­guém fi­que de fo­ra du­ran­te es­te pro­ces­so e pa­ra que as bri­ga­das che­guem a to­das as lo­ca­li­da­des de di­fí­cil aces­so.

Sen­si­bi­li­za­ção

Mi­lha­res de ha­bi­tan­tes dos bair­ros Can­dom­be Ve­lho e do Mbem­ba Ngan­go, ar­re­do­res da ci­da­de do Uí­ge, fo­ram sen­si­bi­li­za­dos, sá­ba­do, pe­la JMPLA, so­bre a im­por­tân­cia de ade­ri­rem aos pos­tos de Re­gis­to Elei­to­ral. Du­ran­te a cam­pa­nha en­qua­dra­da no âm­bi­to do pro­gra­ma das co­me­mo­ra­ções do 41º ani­ver­sá­rio da In­de­pen­dên­cia Na­ci­o­nal, o Se­cre­ta­ri­a­do Pro­vin­ci­al da JMPLA mo­bi­li­zou os seus mi­li­tan­tes, que res­pon­de­ram po­si­ti­va­men­te aos ape­los.

No in­te­ri­or do bair­ro Can­dom­be Ve­lho, a cam­pa­nha por­ta-apor­ta ul­tra­pas­sou as ex­pec­ta­ti­vas, pe­la for­ma co­mo os ac­ti­vis­tas fo­ram re­ce­bi­dos pe­los mo­ra­do­res lo­cais. Nos mer­ca­dos e es­ta­be­le­ci­men­tos co­mer­ci­ais, os mi­li­tan­tes da JMPLA dis­tri­buí­ram car­ti­lhas e pan­fle­tos com men­sa­gens so­bre edu­ca­ção cí­vi­ca elei­to­ral.

O se­cre­tá­rio pro­vin­ci­al da JMPLA no Uí­ge, Pe­dro Au­gus­to Con­ga, que co­or­de­nou a ac­ti­vi­da­de, dis­se que a cam­pa­nha, que te­ve co­mo ob­jec­ti­vo es­cla­re­cer a po­pu­la­ção so­bre a im­por­tân­cia do Re­gis­to Elei­to­ral na con­so­li­da­ção da de­mo­cra­cia e da ci­da­da­nia, foi po­si­ti­va. Des­per­tar os jo­vens que com­ple­ta­ram e que ve­nham a com­ple­tar 18 anos até De­zem­bro do ano em cur­so, pa­ra ade­ri­rem ao re­gis­to elei­to­ral e obterem o car­tão de elei­tor, que lhes per­mi­ti­rá exer­cer o seu di­rei­to e de­ver de ci­da­da­nia em 2017, cons­ti­tuiu igual­men­te um dos ob­jec­ti­vos da or­ga­ni­za­ção ju­ve­nil do MPLA. “Du­ran­te a cam­pa­nha, no­ta­mos que mui­tos ci­da­dãos ain­da não ac­tu­a­li­za­ram os seus da­dos elei­to­rais”, dis­se Pe­dro Au­gus­to Con­ga.

EDU­AR­DO PE­DRO

Se­cre­tá­rio de Es­ta­do Adão de Al­mei­da e ad­mi­nis­tra­dor de Ico­lo e Ben­go Adri­a­no de Car­va­lho ape­lam ao re­gis­to em Ca­te­te

EDU­AR­DO PE­DRO

De­le­ga­ção do Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio tra­ba­lhou no mu­ni­cí­pio de Ico­lo e Ben­go e tes­te­mu­nhou a mo­ti­va­ção dos ci­da­dãos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.