Mo­vi­men­to de cri­an­ças em aná­li­se

Jornal de Angola - - PUBLICIDADE - KAMUANGA JÚ­LIA | Sau­ri­mo

O mo­vi­men­to de cri­an­ças no cor­re­dor Les­te vai ser me­lhor con­tro­la­do, nos pró­xi­mos tem­pos, de­pois da apro­va­ção das es­tra­té­gi­as do encontro re­gi­o­nal, que de­cor­re, des­de quin­ta-fei­ra, na ci­da­de de Sau­ri­mo, en­tre re­pre­sen­tan­tes das di­rec­ções pro­vin­ci­ais da As­sis­tên­cia e Rein­ser­ção So­ci­al.

No encontro, pro­mo­vi­do pe­lo Go­ver­no Pro­vin­ci­al da Lun­da Sul, em que par­ti­ci­pam, além dos an­fi­triões, res­pon­sá­veis do Mo­xi­co, Ma­lan­je e da Lun­da Nor­te, es­tá a ser ana­li­sa­da a si­tu­a­ção li­ga­da à con­ten­ção de mo­vi­men­tos dos me­no­res.

Além dos di­rec­to­res pro­vin­ci­ais da As­sis­tên­cia e Rein­ser­ção So­ci­al no encontro par­ti­ci­pam tam­bém au­to­ri­da­des tra­di­ci­o­nais e re­li­gi­o­sas, que bus­cam me­lho­rar os pro­ce­di­men­tos ad­mi­nis­tra­ti­vos e po­li­ci­ais a ní­vel da re­gião Les­te, pa­ra aca­bar com a mo­vi­men­ta­ção e pro­li­fe­ra­ção de­sor­de­na­da de cri­an­ças e ado­les­cen­tes nas es­tra­das da re­gião.

Os da­dos apre­sen­ta­dos pe­la di­rec­to­ra pro­vin­ci­al da Lun­da Sul da As­sis­tên­cia e Rein­ser­ção So­ci­al, Ma­ria Se­gun­da, apon­tam que, en­tre 2014 e 2015, o sec­tor re­gis­tou cen­te­nas de ca­sos de cri­an­ças, dos dez aos 17 anos, a cir­cu­la­rem pe­las ru­as. Elas eram pro­ve­ni­en­tes dos mu­ni­cí­pi­os de Lu­ca­pa, Mu­xin­da, Xá Mi­que­len­gue e Ca­fun­fo (Lun­da Nor­te). A di­rec­to­ra su­bli­nhou que o Pro­gra­ma de Lo­ca­li­za­ção e Reu­ni­fi­ca­ção Fa­mi­li­ar per­mi­tiu a rein­te­gra­ção de 512 cri­an­ças no seio dos seus fa­mi­li­a­res, na sua mai­o­ria, oriun­das das ou­tras três pro­vín­ci­as.

Pa­ra re­du­zir ca­sos de cri­an­ças na rua, a di­rec­ção pro­vin­ci­al cri­ou uma sa­la de au­la, dor­mi­tó­rio e co­zi­nha, pa­ra ga­ran­tir um acom­pa­nha­men­to efi­caz des­te gru­po.

A go­ver­na­do­ra da Lun­da Sul, Cân­di­da Nar­ci­so, de­fen­deu a ne­ces­si­da­de de as fa­mí­li­as trans­mi­ti­rem às cri­an­ças, des­de pe­que­nas, os va­lo­res mo­rais e éti­cos, pa­ra que te­nham re­fe­rên­ci­as, men­tes sãs e for­tes e pos­sam li­dar com as di­fe­ren­tes si­tu­a­ções que pos­sam sur­gir no dia-a-dia.

Cân­di­da Nar­ci­so ape­lou a to­dos os in­ter­ve­ni­en­tes pa­ra uni­rem si­ner­gi­as pa­ra en­con­trar me­ca­nis­mos que vi­sem a re­du­ção des­te mal que con­ti­nua afec­tar a so­ci­e­da­de.

Rein­te­gra­ção em Ma­lan­je

Em Ma­lan­je, a di­rec­to­ra pro­vin­ci­al da As­sis­tên­cia e Rein­ser­ção So­ci­al, Isa­bel Ro­que, su­bli­nhou que, de Ja­nei­ro a No­vem­bro des­te ano, a ins­ti­tui­ção aco­lheu um to­tal de 40 cri­an­ças, 27 das quais fo­ram rein­te­gra­das no seio fa­mi­li­ar.

Isa­bel Ro­que acres­cen­tou que um dos fac­to­res prin­ci­pais do fe­nó­me­no iden­ti­fi­ca­do tem a ver com as­pec­tos fí­si­cos e men­tais, pro­ble­mas so­ci­o­e­co­nó­mi­cos das fa­mí­li­as, co­mo a se­pa­ra­ção dos pais, fu­ga à pa­ter­ni­da­de, per­da de um dos mem­bros da fa­mí­lia e ne­gli­gên­cia. Isa­bel Ro­que apon­tou que a di­rec­ção cum­pre uma das eta­pas do pro­gra­ma de re­e­du­ca­ção fa­mi­li­ar, pa­ra per­mi­tir a iden­ti­fi­ca­ção, ga­ran­tia do re­gis­to ci­vil, ad­vo­ca­cia, ve­ri­fi­ca­ção e acom­pa­nha­men­to, em co­la­bo­ra­ção com o Ins­ti­tu­to Na­ci­o­nal da Cri­an­ça (INAC), Po­lí­cia Na­ci­o­nal, ór­gãos de co­mu­ni­ca­ção so­ci­al e igre­jas, en­tre ou­tras as­so­ci­a­ções.

Ca­sos de vi­o­lên­cia

Na Lun­da Nor­te, o di­rec­tor pro­vin­ci­al da As­sis­tên­cia e Rein­ser­ção So­ci­al, Wil­son Pa­lan­ca, des­ta­cou que a pro­vín­cia con­tro­la 237 me­no­res ex­plo­ra­dos di­a­ri­a­men­te por pro­ge­ni­to­res, de­sen­vol­ven­do tra­ba­lhos nos mer­ca­dos, fa­bri­co de ado­bes e ven­da de pro­du­tos di­ver­sos nas ru­as.

Wil­son Pa­lan­ca re­al­çou que 87 ca­sos de cri­an­ças aban­do­na­das fo­ram re­gis­ta­dos, en­tre Ja­nei­ro e Ou­tu­bro des­te ano, além de 178 de fu­ga à pa­ter­ni­da­de, 214 in­cum­pri­men­to de me­sa­da, 3.882 ór­fãos, 12 ca­sos de vi­o­lên­cia se­xu­al de me­no­res e se­te de cri­an­ças acu­sa­das de fei­ti­ça­ria. Pa­ra se re­ver­ter o qua­dro, a As­sis­tên­cia e Rein­ser­ção So­ci­al acon­se­lha as fa­mí­li­as a de­nun­ci­ar os pre­va­ri­ca­do­res.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.