Es­co­la e cen­tro de saú­de em cons­tru­ção em Su­e­ja

Jornal de Angola - - SOCIEDADE - MADALENA JO­SÉ |

A al­deia de Su­e­ja, na pro­vín­cia da Lun­da Sul, vai ter, até ao pró­xi­mo ano, uma es­co­la do pri­mei­ro e se­gun­do ci­clos com 12 sa­las e um cen­tro de saú­de, cu­jas obras são fi­nan­ci­a­das pe­la Em­pre­sa Na­ci­o­nal de Di­a­man­tes (En­di­a­ma).

O lan­ça­men­to da pri­mei­ra pe­dra pa­ra a cons­tru­ção dos dois equi­pa­men­tos so­ci­ais foi fei­to quin­ta-fei­ra pe­la go­ver­na­do­ra Cân­di­da Nar­ci­so, que dis­se es­tar pre­vis­ta tam­bém a cons­tru­ção de mo­ra­di­as pa­ra téc­ni­cos de saú­de que vão tra­ba­lhar no cen­tro de saú­de. O pre­si­den­te do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção da En­di­a­ma, Car­los Sum­bu­la, in­for­mou, na ce­ri­mó­nia de lan­ça­men­to da pri­mei­ra pe­dra, que a em­pre­sa pú­bli­ca, no âm­bi­to da sua po­lí­ti­ca de res­pon­sa­bi­li­da­de so­ci­al, fi­nan­cia a cons­tru­ção das du­as in­fra-es­tru­tu­ras a pe­di­do do rei da Lun­da Chokwe, Mwa­chis­sen­gue wa Tem­bo, fei­to por al­tu­ra da sua des­lo­ca­ção a Lu­an­da, em que so­li­ci­tou a cons­tru­ção de uma es­co­la e de um pos­to mé­di­co na al­deia de Su­e­ja, nu­ma au­di­ên­cia que lhe foi con­ce­di­da pe­lo Pre­si­den­te Jo­sé Edu­ar­do dos San­tos.

Car­los Sum­bu­la acen­tu­ou que, com a cons­tru­ção da es­co­la e do cen­tro de saú­de, vai fi­car di­mi­nuí­da a dis­tân­cia que a po­pu­la­ção per­cor­ria até à ci­da­de de Sau­ri­mo. “Nós, En­di­a­ma, va­mos cons­truir e ape­tre­char as dois imó­veis”, ga­ran­tiu Car­los Sum­bu­la.

A al­deia de Su­e­ja, lo­ca­li­za­da a 20 qui­ló­me­tros da ci­da­de de Sau­ri­mo, é ha­bi­ta­da por mais de 500 fa­mí­li­as. A lo­ca­li­da­de tem um pos­to mé­di­co e um jan­go, on­de se en­si­na cri­an­ças da pré à quar­ta clas­se. O re­ge­dor Lu­cas João, que con­tro­la 34 al­dei­as, sen­do uma de­las a de Su­e­ja, dis­se ser uma mais-va­lia a cons­tru­ção de uma es­co­la por ha­ver mui­tos jo­vens que pre­ten­dem dar con­ti­nui­da­de à vi­da aca­dé­mi­ca na al­deia. Os alu­nos que tran­si­tam pa­ra a quin­ta clas­se pas­sam a es­tu­dar nas al­dei­as mais pró­xi­mas, que dis­tam de se­te a 10 qui­ló­me­tros, e os que apro­vam pa­ra a no­na têm co­mo so­lu­ção es­tu­dar na ci­da­de de Sau­ri­mo, on­de che­gam de­pois de per­cor­re­rem 20 qui­ló­me­tros a pé.

ED­SON FABRÍZIO

Go­ver­na­do­ra dá iní­cio à cons­tru­ção da es­co­la

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.