Pa­quis­tão e Ín­dia em pé de guer­ra

TEN­SÃO SO­BRE CAXEMIRA Du­as po­tên­ci­as nu­cle­a­res da Ásia es­tão em pé de guer­ra

Jornal de Angola - - PARTADA -

O che­fe do Es­ta­do-Maior da For­ça Aé­rea pa­quis­ta­ne­sa ad­ver­tiu a Ín­dia que as dis­pu­tas re­la­ti­vas à Caxemira po­dem evo­luir pa­ra um con­fli­to a lar­ga es­ca­la e acon­se­lhou No­va De­li a con­ter-se.

O avi­so do ma­re­chal Sohail Aman sur­giu em re­ac­ção a um in­ci­den­te, na pas­sa­da quar­ta-fei­ra, na fron­tei­ra en­tre os dois paí­ses na re­gião dos Hi­ma­lai­as, em que, de acor­do com as au­to­ri­da­des pa­quis­ta­ne­sas, as for­ças in­di­a­nas te­rão aber­to fo­go, ma­tan­do 12 ci­vis e três mi­li­ta­res pa­quis­ta­ne­ses.

A ame­a­ça do che­fe mi­li­tar foi ain­da mais lon­ge, dei­xan­do cla­ro que, se as for­ças in­di­a­nas en­ve­re­da­rem pe­la es­ca­la­da da cri­se, as tro­pas pa­quis­ta­ne­sas “sa­bem mui­to bem o que fa­zer”, afir­mou Sohail Aman, ci­ta­do pe­la agên­cia As­so­ci­a­ted Press.

Em vi­si­ta a Is­la­ma­bad, o mi­nis­tro bri­tâ­ni­co dos Ne­gó­ci­os Es­tran­gei­ros, Bo­ris John­son, reu­niu, quin­ta-fei­ra, com o seu ho­mó­lo­go pa­quis­ta­nês, Sar­taj Aziz, e ma­ni­fes­tou no fi­nal do encontro pre­o­cu­pa­ção com a es­ca­la­da da cri­se so­bre a re­gião de Caxemira, ape­lan­do a am­bos os Es­ta­dos que “man­te­nham o diá­lo­go po­si­ti­vo.”

A re­gião de Caxemira, nos Hi­ma­lai­as, di­vi­di­da pe­los dois paí­ses e re­cla­ma­da por in­tei­ro por am­bos, cu­ja po­pu­la­ção é de lar­ga mai­o­ria mu­çul­ma­na, já es­te­ve na ori­gem de du­as das três guer­ras en­tre a Ín­dia e o Pa­quis­tão, du­as po­tên­ci­as nu­cle­a­res.

No in­ci­den­te da pas­sa­da quar­ta­fei­ra, a ar­ti­lha­ria do Exér­ci­to in­di­a­no fez fo­go so­bre vá­ri­as al­dei­as ao lon­go da cha­ma­da Li­nha de Con­tro­lo, ma­tan­do 12 ci­vis. Três sol­da­dos pa­quis­ta­ne­ses fo­ram pos­te­ri­or­men­te da­dos co­mo ví­ti­mas mor­tais de con­fron­tos en­tre os dois la­dos.

A ocor­rên­cia acon­te­ceu um dia de­pois de o cor­po mu­ti­la­do de um sol­da­do in­di­a­no ter si­do en­con­tra­do em Caxemira. As for­ças mi­li­ta­res in­di­a­nas não in­di­ca­ram se o sol­da­do ti­nha si­do mor­to por tro­pas pa­quis­ta­ne­sas ou por rebeldes mu­çul­ma­nos, que com­ba­tem con­tra o do­mí­nio in­di­a­no des­de 1989.

Na quin­ta-fei­ra, o pri­mei­ro-mi­nis­tro pa­quis­ta­nês, Nawaz Sha­rif, pro­mo­veu uma reu­nião de al­to ní­vel pa­ra ava­li­ar a si­tu­a­ção na re­gião. “Nun­ca aban­do­na­re­mos as nos­sas ori­gens em Caxemira nem a sua lu­ta pe­la li­ber­da­de”, afir­mou no fi­nal do encontro, de acor­do com um co­mu­ni­ca­do do Go­ver­no pa­quis­ta­nês, ci­ta­do pe­la AP.

AFP

Es­ca­la­da da cri­se de­vi­do a um in­ci­den­te mi­li­tar na re­gião dis­pu­ta­da de Caxemira pro­vo­ca gran­des ma­ni­fes­ta­ções ao lon­go da fron­tei­ra co­mum

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.