Ex-can­di­da­ta à Ca­sa Bran­ca pe­de a re­con­ta­gem de vo­tos

Jornal de Angola - - MUNDO -

A ex-can­di­da­ta à Ca­sa Bran­ca pe­lo Par­ti­do Ver­de, Jill Stein, con­se­guiu reu­nir os 1,1 mi­lhões de dó­la­res ne­ces­sá­ri­os pa­ra pe­dir a re­con­ta­gem de vo­tos no es­ta­do de Wis­con­sin, nor­te dos Es­ta­dos Uni­dos, anun­ci­ou na quar­ta-fei­ra a sua equi­pa de cam­pa­nha.

Os re­sul­ta­dos de Wis­con­sin, con­si­de­ra­do um dos es­ta­dos-cha­ve du­ran­te a elei­ção pre­si­den­ci­al de 8 de No­vem­bro, aju­da­ram na sur­pre­en­den­te vi­tó­ria do re­pu­bli­ca­no Do­nald Trump, di­an­te da de­mo­cra­ta Hil­lary Clin­ton.

A equi­pa de cam­pa­nha de Stein fa­la em “ano­ma­li­as” que jus­ti­fi­cam uma re­con­ta­gem de vo­tos em Wis­con­sin, as­sim co­mo tam­bém na Pen­sil­vâ­nia e Mi­chi­gan, es­ta­dos em que Do­nald Trump ven­ceu por pou­cos vo­tos.

Em Wis­con­sin, é a pri­mei­ra vez, des­de a elei­ção de Ro­nald Re­a­gan em 1984, que os elei­to­res se in­cli­na­ram, na sua mai­o­ria, na es­co­lha de um can­di­da­to re­pu­bli­ca­no.

“De­ve-se in­ves­ti­gar os re­sul­ta­dos ines­pe­ra­dos des­ta elei­ção e as ano­ma­li­as re­gis­ta­das an­tes que ela se­ja va­li­da­da”, es­cre­veu a ex-can­di­da­ta eco­ló­gi­ca no seu si­te. “Es­ta­mos con­ten­tes por ter­mos ar­re­ca­da­do o di­nhei­ro ne­ces­sá­rio pa­ra uma re­con­ta­gem de vo­tos em Wis­con­sin”, acres­cen­tou a equi­pa de cam­pa­nha de Jill Stein.

Es­sa re­con­ta­gem po­de re­lan­çar a po­lé­mi­ca so­bre a le­gi­ti­mi­da­de da elei­ção pre­si­den­ci­al, sis­te­ma in­di­rec­to com ape­nas uma vol­ta, ape­sar de Hil­lary Clin­ton ter re­co­nhe­ci­do a der­ro­ta após uma cam­pa­nha par­ti­cu­lar­men­te ten­sa.

Pa­ra con­se­guir a re­con­ta­gem de vo­tos tam­bém na Pen­sil­vâ­nia, são ne­ces­sá­ri­os 500 mil dó­la­res, an­tes do dia 28 de No­vem­bro, e 600 mil pa­ra Mi­chi­gan, an­tes do dia 30.

A equi­pa de cam­pa­nha de Jill Stein já ar­re­ca­dou 2,7 mi­lhões e as­pi­ra aos 4,5 mi­lhões.

Hil­lary Clin­ton con­quis­tou dois mi­lhões de vo­tos a mais do que Trump a ní­vel na­ci­o­nal, se­gun­do os cál­cu­los do Co­ok Po­li­ti­cal Re­port, mas es­sa van­ta­gem de 1,5 pon­tos não muda em na­da o re­sul­ta­do da elei­ção já que o can­di­da­to re­pu­bli­ca­no con­se­guiu o apoio da mai­o­ria dos gran­des elei­to­res, por­ta de en­tra­da pa­ra a Ca­sa.

DR

Jill Stein do Par­ti­do Ver­de exi­ge trans­pa­rên­cia nos re­sul­ta­dos das elei­ções pre­si­den­ci­ais

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.