San­ta Ri­ta de Cás­sia per­de trei­na­dor

Jornal de Angola - - DESPORTO - AN­TÓ­NIO DE BRI­TO |

A di­rec­ção do San­ta Ri­ta de Cás­sia do Uí­ge e o téc­ni­co Pau­lo Saraiva não che­ga­ram a ne­nhum acor­do pa­ra a re­no­va­ção do con­tra­to de tra­ba­lho, de­pois de o trei­na­dor de 48 anos de ida­de ter ga­ran­ti­do a pre­sen­ça iné­di­ta da equi­pa no Cam­pe­o­na­to Na­ci­o­nal de Fu­te­bol da I Di­vi­são, Gi­ra­bo­la’Zap.

De­ten­tor do tí­tu­lo da II Di­vi­são e ven­ce­dor da Sé­rie A do Zo­nal de Apu­ra­men­to, Pau­lo Saraiva es­te­ve à fren­te da equi­pa téc­ni­ca do San­ta Ri­ta por um pe­río­do de cin­co me­ses. O vín­cu­lo la­bo­ral ex­pi­rou em Ou­tu­bro.

Em de­cla­ra­ções ao Jor­nal de An­go­la, Pau­lo Saraiva la­men­tou o su­ce­di­do, por­que pre­ten­dia dar con­ti­nui­da­de ao seu pro­gra­ma de tra­ba­lho, que cul­mi­nou na su­bi­da da equi­pa: “In­fe­liz­men­te, não che­gá­mos a acor­do. O fu­te­bol tem des­sas coi­sas. Gos­ta­ria de con­ti­nu­ar. Es­pe­ro que a equi­pa fa­ça uma boa cam­pa­nha no Gi­ra­bo­la e ga­ran­ta a ma­nu­ten­ção”, de­se­jou o trei­na­dor.

Além do San­ta Ri­ta, Pau­lo Saraiva le­vou em 2015 o Do­mant do Ben­go ao Gi­ra­bo­la. O ti­mo­nei­ro angolano pas­sou ain­da pe­lo Atlé­ti­co do Na­mi­be (2013) e 1º de Maio de Ben­gue­la (2014). “Nes­ta al­tu­ra, sou um téc­ni­co li­vre. Es­tou pron­to pa­ra qual­quer com­pro­mis­so.”

O seu ad­jun­to, Má­rio Da­di, vai ori­en­tar in­te­ri­na­men­te o San­ta Ri­ta até que a di­rec­ção pre­si­di­da por Nso­la­ni Pe­dro con­tra­te a no­va equi­pa téc­ni­ca. O pró­xi­mo trei­na­dor da for­ma­ção do Uí­ge de­ve vir da Re­pú­bli­ca De­mo­crá­ti­ca do Con­go, tal co­mo os re­for­ços, dentro do ob­jec­ti­vo de per­ma­nên­cia da equi­pa no es­ca­lão prin­ci­pal. Na pró­xi­ma se­gun­da-fei­ra, o San­ta Ri­ta abre as ofi­ci­nas com a re­a­li­za­ção dos tes­tes mé­di­cos, na ci­da­de do Uí­ge, an­tes da pre­pa­ra­ção de cam­po, vi­san­do os com­pro­mis­sos da tem­po­ra­da fu­te­bo­lís­ti­ca de 2017, de­sig­na­da­men­te Ta­ça de An­go­la e Gi­ra­bo­la’Zap. Na jor­na­da inau­gu­ral, re­ce­be o Re­cre­a­ti­vo do Li­bo­lo. “É uma equi­pa a res­pei­tar e can­di­da­ta em tí­tu­lo. Não es­pe­ra­mos por fa­ci­li­da­des. Te­mos de nos pre­pa­rar bem, no in­tui­to de con­se­guir­mos um re­sul­ta­do po­si­ti­vo, por­que jo­ga­mos em ca­sa”, dis­se o téc­ni­co in­te­ri­no, ao Jor­nal de An­go­la. Na sua pri­mei­ra participação em pro­vas re­a­li­za­das pe­la Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Fu­te­bol (FAF) o San­ta Ri­ta de Cás­sia FC so­mou du­as vi­tó­ri­as e igual nú­me­ro de der­ro­tas e em­pa­tes, ten­do mar­ca­do cin­co go­los e so­fri­do três. Fun­da­do a 29 de Agos­to de 2015, usa o ro­sa co­mo cor prin­ci­pal e ver­de e bran­co co­mo al­ter­na­ti­vas. A for­ma­ção do Uí­ge ven­ceu ain­da o Cam­pe­o­na­to Pro­vin­ci­al.

JO­SÉ SO­A­RES

Trei­na­dor for­ma­do no fu­te­bol in­glês ga­nha es­pa­ço de des­ta­que na clas­se co­mo obrei­ro de su­bi­das pa­ra o Cam­pe­o­na­to Na­ci­o­nal da I Di­vi­são

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.