Des­ta­ca­da a in­fluên­cia de Ne­to para Áfri­ca

Jornal de Angola - - POLÍTICA -

A in­fluên­cia do pri­mei­ro Pre­si­den­te de An­go­la para a lu­ta de li­ber­ta­ção con­tra os re­gi­mes co­lo­ni­ais que pre­do­mi­na­vam em Áfri­ca, prin­ci­pal­men­te na re­gião aus­tral, foi des­ta­ca­da, quin­ta-fei­ra, na ci­da­de do Uí­ge, du­ran­te uma pa­les­tra com o te­ma “A con­tri­bui­ção do Dr. An­tó­nio Agos­ti­nho Ne­to na li­ber­ta­ção de An­go­la e de Áfri­ca, em par­ti­cu­lar a re­gião aus­tral, bem co­mo os es­for­ços para a con­quis­ta da paz em to­do ter­ri­tó­rio na­ci­o­nal”.

A vi­ce-go­ver­na­do­ra para o sec­tor Po­lí­ti­co e So­ci­al, Ma­ria Fer­nan­des da Sil­va, avan­çou que An­tó­nio Agos­ti­nho Ne­to foi um Es­ta­dis­ta e na­ci­o­na­lis­ta de re­co­nhe­ci­men­to in­ter­na­ci­o­nal que, com o es­pí­ri­to de so­li­da­ri­e­da­de, con­tri­buiu para a cau­sa dos po­vos que ne­ces­si­ta­vam de li­ber­da­de e de­sen­ca­de­ou in­ten­sas ac­ções di­plo­má­ti­cas que per­mi­ti­ram a afir­ma­ção das Re­pú­bli­cas da Na­mí­bia, Zim­babwe e Áfri­ca do Sul co­mo na­ções li­vres da opres­são co­lo­ni­al.

O pri­mei­ro Pre­si­den­te de An­go­la, su­bli­nhou, foi tam­bém um dos prin­ci­pais im­pul­si­o­na­do­res para a cri­a­ção da Or­ga­ni­za­ção de Uni­da­de Afri­ca­na (OUA), que tem co­mo ob­jec­ti­vo a de­fe­sa da su­pre­ma­cia da “ne­gri­tu­de” e do “afri­ca­nis­mo” no con­tex­to in­ter­na­ci­o­nal.

Ma­ria Fer­nan­des da Sil­va dis­se que “ao lem­brar­mos de Agos­ti­nho Ne­to, es­ta­mos a va­lo­ri­zar os nos­sos he­róis na­ci­o­nais e di­zer que fo­ram eles que de­ram as su­as vi­das para que ho­je es­te­ja­mos a des­fru­tar dos bons mo­men­tos de paz.” Ape­lou aos jo­vens para se­gui­rem o exem­plo de Agos­ti­nho Ne­to.

RAFEL TATI | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO | CA­BIN­DA Efec­ti­vos das FAA par­ti­ci­pa­ram nu­ma pa­les­tra so­bre Ne­to

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.