No­vos pro­jec­tos a fa­vor da po­pu­la­ção em cur­so na Huí­la e Cu­ne­ne

O aces­so dos ci­da­dãos aos re­cur­sos vol­ta­dos pa­ra o com­ba­te à po­bre­za vei­cu­la­dos pe­los pro­gra­mas pú­bli­cos e das or­ga­ni­za­ções não go­ver­na­men­tais é o for­te da ADRA

Jornal de Angola - - DESTAQUE -

A qua­li­da­de de vida de boa par­te das fa­mí­li­as que vi­vem nas áre­as abran­gi­das pe­los pro­jec­tos da Ac­ção pa­ra o De­sen­vol­vi­men­to Ru­ral e Am­bi­en­tal (ADRA), na pro­vín­cia da Huí­la e Cu­ne­ne, está a me­lho­rar sig­ni­fi­ca­ti­va­men­te.

Mais de qua­tro mil fa­mí­li­as das pro­vín­ci­as da Huí­la e Cu­ne­ne vi­ram, nos úl­ti­mos tem­pos, me­lho­ra­da a sua qua­li­da­de de vida, com a im­ple­men­ta­ção, de for­ma efec­ti­va, de ac­ções vi­ra­das ao pro­ces­so de de­sen­vol­vi­men­to eco­nó­mi­co e pro­du­ti­vo das co­mu­ni­da­des, efec­ti­va­dos pe­la Di­rec­ção da Ac­ção pa­ra o De­sen­vol­vi­men­to Ru­ral e Ambiente (ADRA), an­te­na Huí­la e Cu­ne­ne.

O De­sen­vol­vi­men­to Ru­ral e Ambiente (ADRA), an­te­na Huí­la e Cu­ne­ne, dis­se Si­mi­o­ne Jus­ti­no Tchi­ku­lo, di­rec­tor que a or­ga­ni­za­ção está a de­sen­vol­ver se­te no­vos pro­jec­tos, que têm co­mo pen­dor a cri­a­ção de me­lho­res con­di­ções de vida das co­mu­ni­da­des e con­tri­buir de for­ma po­si­ti­va, no pro­gra­ma de com­ba­te à fo­me e à po­bre­za.

Os se­tes pro­jec­tos em cur­so, dis­se Jus­ti­no Tchi­ku­lo, estão a ser im­ple­men­ta­dos nos mu­ni­cí­pi­os de Ca­cu­la, Ca­lu­quem­be, Hum­pa­ta e Gam­bos, na pro­vín­cia da Huí­la e nos mu­ni­cí­pi­os da Caha­ma e Om­band­ja, na pro­vín­cia do Cu­ne­ne.

O res­pon­sá­vel des­cre­veu o pro­jec­to “Di­rei­to a Terra pa­ra Mu­lhe­res”, que co­me­çou em Ja­nei­ro de 2017, com tér­mi­no pre­vis­to pa­ra De­zem­bro de 2018. A ac­ção, acres­cen­tou, está a ser im­ple­men­ta­do nos mu­ni­cí­pi­os da Hum­pa­ta e Gam­bos e os seus sec­to­res de tra­ba­lho são a com­po­nen­te gé­ne­ro e re­for­ço de ca­pa­ci­da­de pro­du­ti­va das co­mu­ni­da­des, que tem co­mo do­a­dor a EMAUS, da Sué­cia e a So­li­da­ri­e­da­de Prá­ti­ca, do mes­mo país. Be­ne­fi­ci­am do pro­jec­to, 600 fa­mí­li­as, num total de três mil pes­so­as.

Si­mi­o­ne Jus­ti­no Tchi­cu­lo dis­se que o pro­jec­to Oku­li­san­ga tem co­mo sec­to­res de tra­ba­lho, a se­gu­ran­ça ali­men­tar, ci­da­da­nia, par­ti­ci­pa­ção cí­vi­ca, ló­bi e a ad­vo­ca­cia. O pro­jec­to “Oku­li­san­ga” ini­ci­ou em De­zem­bro de 2017 e ter­mi­na em Novembro de 2019 e está a ser im­ple­men­ta­do nos mu­ni­cí­pi­os de Om­band­ja e Caha­ma, pro­vín­cia do Cu­ne­ne, e tem ain­da ex­ten­são a pro­vín­cia de Ben­gue­la, com um orçamento de cer­ca de 22.880 dó­la­res, num fi­nan­ci­a­men­to da União Eu­ro­peia.

A ADRA, an­te­na Huí­la e Cu­ne­ne, re­fe­riu, são be­ne­fi­ciá­ri­os 1500 cam­po­ne­ses, in­cluin­do 30 téc­ni­cos da Es­ta­ções de De­sen­vol­vi­men­to Agrá­rio (EDA), qua­dros dos ser­vi­ços de ve­te­ri­ná­ria e cer­ca de 50 qua­dros das Ad­mi­nis­tra­ções Mu­ni­ci­pais, por se­rem os par­cei­ros ins­ti­tu­ci­o­nais ao ní­vel des­tes mu­ni­cí­pi­os.

“Eko­li­so” é ou­tro pro­jec­to em cur­so pe­la ADRA, que tem co­mo fo­co de in­ter­ven­ção, apoio aos au­to­res não es­ta­tais e autoridades lo­cais em de­sen­vol­vi­men­to.

Fa­zem par­te des­te pro­jec­to, a com­po­nen­te li­ga­da ao re­for­ço de ca­pa­ci­da­des or­ga­ni­za­ti­vas e pro­du­ti­vas das as­so­ci­a­ções e co­o­pe­ra­ti­vas de cam­po­ne­ses. Si­mi­o­ne Jus­ti­no afir­mou que o pro­jec­to Eko­li­so, im­ple­men­ta­do no mu­ni­cí­pio de Ca­lu­quem­be, co­me­çou em Mar­ço de 2015 e tem co­mo pre­vi­são de ter­mi­nar a 28 de Fe­ve­rei­ro de 2019.

“É um pro­jec­to fi­nan­ci­a­do pe­la União Eu­ro­peia, pa­ra es­se pe­río­do de qua­tro anos e tem tam­bém uma ex­ten­são a pro­vín­cia do Hu­am­bo, con­cre­ta­men­te no mu­ni­cí­pio da Caá­la, Hu­am­bo. O pro­jec­to é co­or­de­na­do e ge­ri­do a par­tir da an­te­na Huí­la, mas tem es­ta ex­ten­são. A ADRA tem in­ter­ven­ção na pro­vín­cia do Hu­am­bo, atra­vés da an­te­na Hu­am­bo. Pa­ra as du­as pro­vín­ci­as, Huí­la e Hu­am­bo, tem pa­ra qua­tro anos, um orçamento de 900 mil euros", dis­se Si­mi­o­ne Jus­ti­no.

Em cur­so está ain­da o pro­jec­to de re­for­ço de ca­pa­ci­da­de or­ga­ni­za­ti­va e pro­du­ti­va das mu­lhe­res no mu­ni­cí­pio de Om­bad­ja, no Cu­ne­ne, que é fi­nan­ci­a­do pelo PNUD e tem co­mo sec­tor de in­ter­ven­ção, a Se­gu­ran­ça Ali­men­tar e Nu­tri­ci­o­nal, bem co­mo Re­for­ço de Ca­pa­ci­da­de Or­ga­ni­za­ti­va des­sas mu­lhe­res agre­ga­das em as­so­ci­a­ções de co­o­pe­ra­ti­vas de cam­po­ne­ses. Or­ça­do em 60 mil dó­la­res, o pro­jec­to tem a pre­vi­são de ter­mi­nar ain­da es­te mês de Ou­tu­bro e tem co­mo be­ne­fi­ciá­ri­os di­rec­tos 375 fa­mí­li­as. Em fa­se de im­ple­men­ta­ção está ain­da o pro­jec­to “Ku­mo­si II”, que vem na sequên­cia do mes­mo pro­jec­to na sua fa­se I, que foi im­ple­men­ta­do no mu­ni­cí­pio da Ca­cu­la, que ter­mi­nou em 2015.

Em Ju­lho de 2016 ar­ran­cou o Ku­mo­si II, cu­ja fa­se de ex­ten­são vai até Ju­nho de 2019, com um orçamento pa­ra es­ses anos to­dos, com orçamento ava­li­a­do em cer­ca de 700 mil dó­la­res. “Mas pa­ra es­te pe­río­do em cur­so, exis­te o orçamento de 170 mil”, dis­se Si­mi­o­ne Jus­ti­no Tchi­ku­lo, que in­for­mou que o pro­jec­to tem co­mo fi­nan­ci­a­dor “Pão pa­ra o Mun­do”, uma or­ga­ni­za­ção Pro­tes­tan­te da Ale­ma­nha e está a ser im­ple­men­ta­do no mu­ni­cí­pio da Ca­cu­la e são be­ne­fi­ciá­ri­os 485 cam­po­ne­ses.

A ADRA tem ain­da em cur­so o Pro­jec­to de Re­si­li­ên­cia às Mu­dan­ças Cli­má­ti­cas, que está a ser im­ple­men­ta­do no mu­ni­cí­pio dos Gam­bos, pro­vín­cia da Huí­la, que ini­ci­ou

É um pro­jec­to que não te­ve um orçamento bem es­ta­be­le­ci­do desde o prin­cí­pio, porque de 6 a 6 me­ses, nós ne­go­ci­a­mos, mas, se­gun­do as es­ti­ma­ti­vas fei­tas, che­gou a de 300 mil dó­la­res

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.