Gru­pos de as­sas­si­nos são res­pon­sa­bi­li­za­dos

Jornal de Angola - - MUNDO -

O Pre­si­den­te do Malawi, Pe­ter Mutha­ri­ka, prometeu na ter­ça-fei­ra pu­nir os gru­pos de au­to­de­fe­sa que re­cen­te­men­te mataram se­te pes­so­as sus­pei­tas de te­rem be­bi­do ou ten­ta­do be­ber san­gue hu­ma­no du­ran­te ac­tos de ma­gia ne­gra.

Desde o mês pas­sa­do, se­te “vam­pi­ros” foram es­pan­ca­dos até à morte por mul­ti­dões em fú­ria du­ran­te vá­ri­os in­ci­den­tes ocor­ri­dos no sul de Blanty­re, se­gun­do a Po­lí­cia lo­cal. A úl­ti­ma ví­ti­ma foi mor­ta se­gun­da-fei­ra no dis­tri­to de Thyo­lo, a re­gião na­tal do pre­si­den­te Pe­ter Mutha­ri­ka, dis­se à agência de notícias Fran­ce Press o por­ta-voz das forças da or­dem, Lloyd Mai­da.

Des­cri­to co­mo men­tal­men­te re­tar­da­do, o ho­mem foi sur­pre­en­di­do quan­do va­ga­bun­de­a­va de noite pe­las al­dei­as. Um gru­po de au­to­de­fe­sa o ma­tou, após tê-lo acu­sa­do de es­tar a pro­cu­ra de “ví­ti­mas”, pre­ci­sou Lloyd Mai­da. O Chefe de Estado ma­ni­fes­tou-se na ter­ça-fei­ra “pro­fun­da­men­te co­mo­vi­do” com o fac­to de al­gu­mas pes­so­as po­de­rem ser mor­tas por “sus­pei­tas de es­tar en­vol­vi­das em in­ci­den­tes de vam­pi­ris­mo” e con­de­nou es­tes “exem­plos per­tur­ba­do­res de justiça po­pu­lar”.

Pe­ter Mutha­ri­ka exor­tou os seus com­pa­tri­o­tas a “man­te­rem-se cal­mos uma vez que o go­ver­no está a tra­ba­lhar pa­ra re­sol­ver es­tes ca­sos e a não fa­zer justiça por mãos pró­pri­as”.

Pa­ra res­tau­rar a cal­ma, as autoridades lo­cais im­pu­se­ram o re­co­lher obri­ga­tó­rio em qua­tro dis­tri­tos do sul do Malawi onde ocor­re­ram tais in­ci­den­tes.

A emis­so­ra da Or­ga­ni­za­ção das Na­ções Uni­das (ONU) no Malawi des­cre­veu a “si­tu­a­ção co­mo ins­tá­vel e vo­lá­til” .

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.