Ac­ção so­ci­al im­ple­men­ta­da em mu­ni­cí­pi­os do Moxico

Jornal de Angola - - POLÍTICA - Li­no Vi­ei­ra| Lu­e­na

da Ac­ção So­ci­al, Fa­mí­lia e Pro­mo­ção da Mu­lher fez, no Lu­e­na, Moxico, o lan­ça­men­to da pri­mei­ra fa­se do Pro­jec­to de Mu­ni­ci­pa­li­za­ção da Ac­ção So­ci­al, pa­ra me­lho­rar as con­di­ções so­ci­ais das fa­mí­li­as vulneráveis.

Em de­cla­ra­ção à im­pren­sa, Vi­tó­ria de Bar­ros dis­se que a cri­a­ção de Cen­tros de Apoio So­ci­al In­te­gra­dos (CASI) nas co­mu­ni­da­des tem co­mo ob­jec­ti­vo me­lho­rar a con­di­ção das fa­mí­li­as vulneráveis. “Va­mos cri­ar cen­tros de re­fe­rên­cia nas co­mu­ni­da­des, que vão per­mi­tir vi­su­a­li­zar as con­di­ções das fa­mí­li­as que se en­con­tram em si­tu­a­ção de vul­ne­ra­bi­li­da­de”, dis­se a mi­nis­tra, pa­ra acres­cen­tar que as pes­so­as com ne­ces­si­da­des es­pe­ram por uma in­ter­ven­ção so­ci­al de for­ma in­te­gra­da e sec­to­ri­al, pa­ra ve­rem as su­as ne­ces­si­da­des su­pri­das.

Se­gun­do Vi­tó­ria de Bar­ros, a ac­ção so­ci­al é um no­vo pa­ra­dig­ma de in­ter­ven­ção so­ci­al que pas­sa pe­lo le­van­ta­men­to das con­di­ções de vi­da no seio de cri­an­ças, ido­sos, pes­so­as com de­fi­ci­ên­cia pa­ra, de uma for­ma mui­to mais di­rec­ta, be­ne­fi­ci­a­rem de apoio nu­tri­ci­o­nal, saú­de, edu­ca­ção, en­tre ou­tros. O Moxico é uma das três pro­vín­ci­as que faz par­te do pro­jec­to-pi­lo­to da ac­ção so­ci­al, do qual cons­tam tam­bém as pro­vín­ci­as do Bié e Uí­ge.

Vi­tó­ria de Bar­ros foi re­ce­bi­da pe­lo go­ver­na­dor Gonçalves Mu­an­dum­ba e reu­niu-se com os mem­bros do Go­ver­no da pro­vín­cia, vi­si­tou o Cen­tro In­fan­til Sam­bu­ki­la, o Lar da Ter­cei­ra Ida­de Rai­nha Nha­ka­to­lo e des­lo­cou-se ao mu­ni­cí­pio do Ca­ma­non­gue, a 52 qui­ló­me­tros do Lu­e­na, on­de inau­gu­rou o Cen­tro de Ac­ção So­ci­al. Os pri­mei­ros Cen­tros de Ac­ção So­ci­al In­te­gra­dos pa­ra Ido­sos fo­ram inau­gu­ra­dos na se­ma­na pas­sa­da, na pro­vín­cia do Uí­ge.

Os cen­tros es­tão equi­pa­dos com mei­os in­for­má­ti­cos pa­ra o re­gis­to de nas­ci­men­to, as­sis­tên­cia mé­di­ca e me­di­ca­men­to­sa, aco­lhi­men­to pa­ra pes­so­as aban­do­na­das, ido­sos e cri­an­ças em ris­co. Os Cen­tros de Ac­ção So­ci­al vão ter ba­ses de da­dos pa­ra o con­tro­lo, lo­ca­li­za­ção e aten­di­men­to per­so­na­li­za­do e mais pró­xi­mo de fa­mí­li­as em si­tu­a­ção de vul­ne­ra­bi­li­da­de. No Uí­ge, o Cen­tro So­ci­al es­tá no bair­ro Can­dom­be Ve­lho.

PAU­LO MULAZA | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

Mi­nis­tra Vi­tó­ria de Bar­ros ga­ran­te apoi­os pa­ra aju­dar fa­mí­li­as

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.