ADEP­TOS E TURISTAS IN­VA­DEM MOS­CO­VO

Jornal de Angola - - ESPECIAL - Amân­dio Cle­men­te | Mos­co­vo

Adep­tos do fu­te­bol do mun­do in­tei­ro in­va­dem a ca­pi­tal da Rús­sia, Mos­co­vo. Pro­ve­ni­en­tes de vá­ri­os con­ti­nen­tes, a ci­da­de es­tá em efer­ves­cên­cia, prin­ci­pal­men­te o ae­ro­por­to in­ter­na­ci­o­nal Me­de­ve­do­vo, lo­cal de de­sem­bar­que quer das se­lec­ções par­ti­ci­pan­tes na com­pe­ti­ção, co­mo dos turistas e adep­tos que che­gam pa­ra as­sis­tir os jo­gos.

Adep­tos de to­dos os qua­dran­tes cal­cor­rei­am o ae­ro­por­to e a ci­da­de de Mos­co­vo. Mui­tos es­tão ape­nas em trân­si­to pa­ra as ci­da­des on­de as su­as se­lec­ções vão dis­pu­tar os jo­gos. O avião que me le­vou a Mos­co­vo a par­tir de Lis­boa é um exem­plo dis­to. Ou­vi­am-se vá­ri­as lín­guas, o es­pa­nhol e o por­tu­guês eram as mais fa­la­das, mas en­tre os pas­sa­gei­ros ha­via tam­bém ára­bes e afri­ca­nos, co­mo tu­ni­si­nos e mar­ro­qui­nos. Ape­sar de An­go­la não es­tar pre­sen­te na com­pe­ti­ção, no voo ha­via cer­ca de uma de­ze­na de an­go­la­nos, on­de me in­cluo, com a sua for­ma ca­rac­te­rís­ti­ca de ser, es­ban­jan­do ale­gria e mui­to hu­mor. Mas, os adep­tos da Amé­ri­ca La­ti­na da­vam go­le­a­da nu­mé­ri­ca. Bra­si­lei­ros, me­xi­ca­nos, ar­gen­ti­nos e até pe­ru­a­nos es­ta­vam em mai­o­ria e aba­fa­vam as con­ver­sas. É cla­ro que tam­bém es­ta­vam lá os por­tu­gue­ses, que so­nham com a gló­ria nes­te cam­pe­o­na­to do Mun­do. En­fim, Mos­co­vo trans­for­mou-se num pon­to de par­ti­da pa­ra ou­tras re­giões da Rús­sia, tal co­mo o meu com­pa­nhei­ro de fi­la no avião. O Je­sus, pe­ru­a­no que saiu dos Es­ta­dos Uni­dos, acom­pa­nha­do pe­la, es­po­sa, pa­ra acom­pa­nhar a se­lec­ção do seu país e co­nhe­cer um pou­co des­te gran­de país do les­te eu­ro­peu.

DR

Es­te se­rá um dos ce­ná­ri­os fre­quen­tes du­ran­te a pro­va

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.