Rús­sia e Ará­bia Sau­di­ta abrem ho­je a fes­ta da bo­la

Na con­di­ção de an­fi­triões, os rus­sos as­su­mem li­gei­ro fa­vo­ri­tis­mo na par­ti­da de es­treia on­de es­pe­ra-se es­tá­dio cheio

Jornal de Angola - - ESPECIAL - Amân­dio Cle­men­te | Mos­co­vo

Mi­lhões de es­pec­ta­do­res do Mun­do in­tei­ro vão tes­te­mu­nhar ho­je, às 16 ho­ras, o jo­go de aber­tu­ra do Cam­pe­o­na­to do Mun­do de fu­te­bol que a Rús­sia aco­lhe até ao dia 15 de Ju­lho. Em cam­po, no ma­jes­to­so Es­tá­dio Luz­ni­ki, em Mos­co­vo, es­ta­rá a se­lec­ção an­fi­triã e a con­gé­ne­re da Ará­bia Sau­di­ta, num de­sa­fio que não é aguar­da­do com gran­de ex­pec­ta­ti­va pe­los aman­tes da mo­da­li­da­de, da­da a qua­li­da­de dos con­ten­do­res, mas es­pe­ra-se que apre­sen­tem um fu­te­bol com­pe­ti­ti­vo.

A Rús­sia, a jo­gar em ca­sa e apoi­a­da pe­los seus adep­tos, apre­sen­ta-se co­mo fa­vori­ta, ape­sar de du­ran­te os jo­gos ami­gá­veis não ter al­can­ça­do re­sul­ta­dos po­si­ti­vos que a mo­ra­li­ze pa­ra al­can­çar a ou­tra fa­se da com­pe­ti­ção.

Com um mé­dio cri­a­ti­vo co­mo Ale­xan­dre Go­lo­vin, do CSKA de Mos­co­vo, no co­man­do da equi­pa, a Rús­sia ba­seia o seu fu­te­bol na ri­gi­dez de­fen­si­va, con­for­me es­pe­lha o ha­bi­tu­al sis­te­ma de cin­co de­fe­sas, três mé­di­os e dois avan­ça­dos. O téc­ni­co Sta­nis­lav Cher­che­sov é apo­lo­gis­ta do jo­go em con­tra­a­ta­que, pre­fe­rin­do dar o meio cam­po aos ad­ver­sá­ri­os, ten­tan­do de­pois apa­nhá­los de sur­pre­sa com in­ves­ti­das rá­pi­das pe­las la­te­rais.

O “on­ze” da Rús­sia é cons­ti­tuí­do pe­lo guar­da­re­des Akin­fi­ev, os de­fe­sas Má­rio Fer­nan­des, bra­si­lei­ro na­tu­ra­li­za­do, Gra­nat, Ig­nashe­vic e Ku­dri­ashov, os mé­di­os Zob­nin, Go­lo­vin e Za­me­dov e no ata­que Mi­ran­chuk e Smo­lov.

Do la­do con­trá­rio o téc­ni­co ar­gen­ti­no na­tu­ra­li­za­do es­pa­nhol Juan Antonio Piz­zi, que te­ve uma cam­pa­nha de qua­li­fi­ca­ção sur­pre­en­den­te, nu­ma dis­pu­ta com o Ja­pão e Co­reia do Sul, apos­ta num fu­te­bol agres­si­vo e de mui­ta pos­se de bo­la, mas vai cer­ta­men­te en­trar cau­te­lo­so nes­ta par­ti­da inau­gu­ral da com­pe­ti­ção.

O trei­na­dor vai jo­gar pro­va­vel­men­te com o se­guin­te on­ze: Al-Mo­sai­lem, Al-Shah­ra­ni, Omar Han­sa­ri, Osa­ma Haw­sa­ri e Al-Har­bi; Otayf, Al-Jas­sam, Al-She­rif, Al-Muwal­lad, Al-Dawa­sa­ri e Al-Sah­lawi.

Os con­ten­do­res en­tram em cam­po com a pre­ten­são de ga­nhar o jo­go e con­quis­tar os três pon­tos, o que se­ria um pas­so mui­to im­por­tan­te pa­ra al­can­çar a se­gun­da fa­se da com­pe­ti­ção. Pa­ra os rus­sos só a vi­tó­ria in­te­res­sa, ao pas­so que pa­ra os sau­di­tas o em­pa­te tam­bém já é um bom re­sul­ta­do. Da­da a qua­li­da­de me­di­a­na das du­as equi­pas, an­te­vê-se uma par­ti­da pau­ta­da pe­lo equi­lí­brio.

Ama­nhã, às 13h00, na sequên­cia da jor­na­da, jogam pa­ra o mes­mo gru­po, Egip­to - Uru­guai. Pa­ra o Gru­po B, às 19h00, com ca­riz de fi­nal an­te­ci­pa­da, de­fron­tam-se Es­pa­nha e Por­tu­gal. Fren­te a fren­te es­ta­rão o ac­tu­al cam­peão eu­ro­peu, Por­tu­gal, e o pe­núl­ti­mo cam­peão do Mun­do, Es­pa­nha.

DR

Mé­dio Ale­xan­dre Go­lo­vin, do CSKA de Mos­co­vo, é a prin­ci­pal re­fe­rên­cia do país or­ga­ni­za­dor

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.