Ci­da­de do Ki­lam­ba plan­ta ho­je aci­ma de 200 ár­vo­res

Uma cam­pa­nha pa­ra a cri­a­ção de mais es­pa­ços ver­des e ga­ran­tir vi­da mais sau­dá­vel à po­pu­la­ção co­me­ça no mu­ni­cí­pio de Be­las

Jornal de Angola - - SOCIEDADE - Edi­val­do Cris­tó­vão

Mais de 200 ár­vo­res são plan­ta­das ho­je, en­tre os quar­tei­rões F e Q, da Ci­da­de do Ki­lam­ba, mu­ni­cí­pio de Be­las, em Lu­an­da, no âm­bi­to de uma cam­pa­nha do Mi­nis­té­rio do Am­bi­en­te, com o le­ma “In­te­gra­ção e va­lo­ri­za­ção dos es­pa­ços ver­des em am­bi­en­te ur­ba­no pa­ra o al­can­ce da sus­ten­ta­bi­li­da­de”.

A ini­ci­a­ti­va foi anun­ci­a­da on­tem pe­lo se­cre­tá­rio de Es­ta­do do Am­bi­en­te, Joaquim Ma­nu­el, na aber­tu­ra do pri­mei­ro se­mi­ná­rio so­bre es­pa­ços ver­des, re­a­li­za­do na Ci­da­de do Ki­lam­ba, pe­lo Ins­ti­tu­to Na­ci­o­nal de Ges­tão Am­bi­en­tal, tu­te­la­do pe­lo Mi­nis­té­rio do Am­bi­en­te.

Joaquim Ma­nu­el ex­pli­cou que o ob­jec­ti­vo da cam­pa­nha é a cri­a­ção de mais es­pa­ços ver­des e ga­ran­tir uma vi­da mais sau­dá­vel a to­da a po­pu­la­ção da pro­vín­cia de Lu­an­da.

O Mi­nis­té­rio do Am­bi­en­te re­a­li­zou o en­con­tro com o ob­jec­ti­vo de co­lher con­tri­bui­ções e ex­pe­ri­ên­ci­as de prá­ti­cas am­bi­en­tais, pa­ra que se­jam cri­a­das po­lí­ti­cas de pro­mo­ção de ac­ções de pre­ser­va­ção do am­bi­en­te.

O se­mi­ná­rio ter­mi­na ho­je e de­ba­te te­mas co­mo “Es­pa­ços ver­des co­mo fer­ra­men­ta pa­ra a edu­ca­ção am­bi­en­tal”, “A in­te­gra­ção dos es­pa­ços ver­des no or­de­na­men­to do ter­ri­tó­rio”, “A ges­tão de es­pa­ços ver­des na ci­da­de de Lu­an­da”, “Os im­pac­tos so­ci­o­am­bi­en­tais dos es­pa­ços ver­des na qua­li­da­de de vi­da dos ci­da­dãos”, “O fo­men­to de hor­tas ur­ba­nas e co­mu­ni­tá­ri­as pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to sus­ten­tá­vel” e “Jar­dins verticais e a sua in­fluên­cia no mi­cro­cli­ma ur­ba­no”.

O en­con­tro vai cha­mar a aten­ção e a cons­ci­ên­cia dos ci­da­dãos no sen­ti­do de da­rem, ca­da vez mais, im­por­tân­cia aos es­pa­ços ver­des. “A pre­ser­va­ção dos es­pa­ços ver­des só é pos­sí­vel com o em­pe­nho e en­vol­vên­cia de to­dos, atra­vés de ac­ções, co­mo a plan­ta­ção e re­ga de ár­vo­res”, de­cla­rou o se­cre­tá­rio de Es­ta­do do Am­bi­en­te.

No se­mi­ná­rio, de acor­do com Joaquim Ma­nu­el, vão sair ma­té­ri­as de in­te­gra­ção e va­lo­ri­za­ção dos es­pa­ços ver­des, con­si­de­ra­dos "o pul­mão in­dis­pen­sá­vel" à pro­du­ção do oxi­gé­nio ne­ces­sá­rio, mi­ti­gan­do, des­te mo­do, os efei­tos das emis­sões de ga­ses tó­xi­cos, oriun­dos de in­dús­tri­as e de au­to­mó­veis.

“Es­pe­ra­mos que es­te en­con­tro não se mul­ti­pli­que ape­nas em nú­me­ro, mas em ac­ções con­cre­tas em to­das as pro­vín­ci­as, pa­ra que, a cur­to e mé­dio pra­zos, os es­pa­ços ver­des ur­ba­nos se­jam, efec­ti­va­men­te, uma re­a­li­da­de em to­do o país”, acen­tu­ou Joaquim Ma­nu­el.

O se­cre­tá­rio de Es­ta­do lem­brou que a Lei de Ba­ses do Am­bi­en­te con­sig­nou o prin­cí­pio de que to­dos os ci­da­dãos têm o di­rei­to de vi­ver num am­bi­en­te sa­dio e dos be­ne­fí­ci­os da uti­li­za­ção ra­ci­o­nal dos re­cur­sos na­tu­rais do país.

A Cons­ti­tui­ção, re­fe­riu, pre­cei­tua que to­dos têm o di­rei­to de vi­ver num am­bi­en­te sa­dio e não po­luí­do, bem co­mo o de­ver de o de­fen­der e pre­ser­var. “Es­ta­mos con­ven­ci­dos de que es­te se­mi­ná­rio vai pro­du­zir con­clu­sões, re­co­men­da­ções e li­nhas es­tra­té­gi­cas que, ob­vi­a­men­te, vão per­mi­tir ao Mi­nis­té­rio do Am­bi­en­te e às di­fe­ren­tes ins­ti­tui­ções de­sen­vol­ve­rem ac­ções am­bi­en­tais sem des­cui­dar da com­po­nen­te es­pa­ços ver­des”, acres­cen­tou o se­cre­tá­rio de Es­ta­do do Am­bi­en­te.

A ce­ri­mó­nia de aber­tu­ra do se­mi­ná­rio so­bre es­pa­ços ver­des foi pre­sen­ci­a­da pe­los se­cre­tá­ri­os de Es­ta­do dos Trans­por­tes, As­sis­tên­cia So­ci­al, Fa­mí­lia e Pro­mo­ção da Mu­lher e par­cei­ros do am­bi­en­te.

Ges­tão am­bi­en­tal

O Ins­ti­tu­to Na­ci­o­nal de Ges­tão Am­bi­en­tal (INGA) é um ór­gão cri­a­do por de­cre­to pre­si­den­ci­al pa­ra as­se­gu­rar em to­do o país a in­ves­ti­ga­ção, pro­mo­ção, for­ma­ção, dis­se­mi­na­ção e divulgação da po­lí­ti­ca de ges­tão am­bi­en­tal e apoi­ar as as­so­ci­a­ções de de­fe­sa do am­bi­en­te.

Do rol de atri­bui­ções do INGA cons­tam ac­ções de sen­si­bi­li­za­ção, edu­ca­ção dos ci­da­dãos, pro­mo­ção da es­tra­té­gia na­ci­o­nal e as­se­gu­ra­men­to da in­te­gra­ção de ma­té­ri­as re­le­van­tes pa­ra o sis­te­ma de en­si­no.

O ins­ti­tu­to de­fen­de tam­bém a ca­pa­ci­ta­ção e edu­ca­ção am­bi­en­tal das cri­an­ças e jo­vens, pa­ra uma me­lhor divulgação das bo­as prá­ti­cas am­bi­en­tais.

O INGA acom­pa­nha pro­jec­tos li­cen­ci­a­dos, na fa­se de cons­tru­ção e de ope­ra­ção, ape­lan­do ao cum­pri­men­to das me­di­das de mi­ti­ga­ção.

O ins­ti­tu­to re­a­li­za tam­bém cam­pa­nhas de sen­si­bi­li­za­ção por­ta-a-por­ta, em mer­ca­dos, em­pre­sas e ins­ti­tui­ções am­bi­en­tais e pa­les­tras em es­co­las, cen­tros in­fan­tis e igre­jas.

JOÃO GO­MES | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

Por­me­nor da ce­ri­mó­nia de aber­tu­ra on­tem do se­mi­ná­rio so­bre es­pa­ços ver­des em Lu­an­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.