Che­fe de Es­ta­do ou­ve ven­ce­do­res

Jornal de Angola - - ÁFRICA -

O Pre­si­den­te são-to­men­se anun­ci­ou on­tem que vai cha­mar a Ac­ção De­mo­crá­ti­ca In­de­pen­den­te (ADI, par­ti­do no po­der), ven­ce­dor das eleições com maioria sim­ples, no res­pei­to da Cons­ti­tui­ção, mas sem precisar se é pa­ra for­mar Go­ver­no ou as­se­gu­rar es­ta­bi­li­da­de par­la­men­tar.

Eva­ris­to Car­va­lho, que fa­la­va à im­pren­sa an­tes da par­ti­da pa­ra a Gui­né Equa­to­ri­al, on­de as­sis­ti­rá aos fes­te­jos do 50º ani­ver­sá­rio da in­de­pen­dên­cia, dis­se ter “a obri­ga­ção de cha­mar o par­ti­do que ven­ceu (as eleições) mes­mo com maioria sim­ples.” O Che­fe de Es­ta­do acres­cen­tou ter já de­fi­ni­do “as di­li­gên­ci­as” que vai efec­tu­ar lo­go após a for­ma­ção do no­vo Par­la­men­to, que po­de­rá pas­sar ou pe­la “re­con­du­ção do ac­tu­al Go­ver­no ou a for­ma­ção de ou­tro”, rei­te­ran­do que vai “se­guir os trâ­mi­tes cons­ti­tu­ci­o­nais le­gais em vi­gor.”

Nes­se sen­ti­do, adi­an­tou que es­pe­ra a pu­bli­ca­ção dos re­sul­ta­dos fi­nais pe­la Co­mis­são de Apu­ra­men­to Ge­ral das eleições ea­cons­ti­tui­ção­da­no­vaAs­sem­bleia Na­ci­o­nal. “A par­tir daí, di­li­gen­ci­ar, na qua­li­da­de de Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, os ex­pe­di­en­tes­que­per­mi­tam,fa­ce aos re­sul­ta­dos fi­nais, a re­con­du­ção ou a for­ma­ção de um ou­tro Go­ver­no”, acres­cen­tou.

Se­gun­do os re­sul­ta­dos pro­vi­só­ri­os das eleições de do­min­go, di­vul­ga­dos na se­gun­da-fei­ra pe­la Co­mis­são Elei­to­ral Na­ci­o­nal (CEN), a ADI ven­ceu as le­gis­la­ti­vas por maioria sim­ples (25 man­da­tos em 55 da As­sem­bleia Na­ci­o­nal), se­guin­do-se o Mo­vi­men­to de Li­ber­ta­ção de São To­mé e Prín­ci­pe - Par­ti­do So­ci­al De­mo­cra­ta (MLSTPPSD), com 23 lu­ga­res; a co­li­ga­ção PCD-UDD-MDFM, com cin­co elei­tos, e ain­da dois de­pu­ta­dos elei­tos co­mo in­de­pen­den­tes pe­lo dis­tri­to de Caué (sul do país).

O pri­mei­ro-mi­nis­tro ces­san­te e lí­der da Ac­ção De­mo­crá­ti­ca In­de­pen­den­te, Pa­tri­ce Tro­vo­a­da, anun­ci­ou que vai pro­cu­rar um en­ten­di­men­to com os de­pu­ta­dos de Caué, o que po­de ga­ran­tir 27 de­pu­ta­dos, me­nos um que os as­sen­tos as­se­gu­ra­dos pe­lo MLSTP e co­li­ga­ção, que fi­ze­ram um acor­do de in­ci­dên­cia par­la­men­tar e com fins go­ver­na­ti­vos.

DR

Eva­ris­to Car­va­lho diz que cum­pre obri­ga­ção cons­ti­tu­ci­o­nal

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.