O de­sa­ba­fo de Jo­a­na Li­na

Jornal de Angola - - Destaque - Lu­ci­a­no Ro­cha

em Lu­an­da de­sa­ba­fou, re­cen­te­men­te, em pú­bli­co, ao re­fe­rir-se aos pro­ble­mas da pro­vín­cia que “es­tá a ser mui­to di­fí­cil” re­sol­vê-los, mas, co­mo lhe com­pe­te, pro­me­teu em­pe­nho pa­ra irem dei­xan­do de ser.

Jo­a­na Li­na, que fa­la­va nu­ma ini­ci­a­ti­va pro­mo­vi­da pe­lo MPLA, do qual é mi­li­tan­te, di­ri­gia-se mai­o­ri­ta­ri­a­men­te, co­mo é ób­vio, a cor­re­li­gi­o­ná­ri­os, mas o de­sa­ba­fo é, de cer­te­za, re­fle­xo do que ou­ve co­mo go­ver­na­do­ra pro­vin­ci­al da par­te de al­guns dos que mais so­frem as con­sequên­ci­as da pos­tu­ra dos que lhes an­te­ce­de­ram nos car­gos que ago­ra exer­ce.

O de­sa­ba­fo - sem la­mú­ri­as - de Jo­a­na Li­na não ti­nha ra­zão de ser se Lu­an­da ti­ves­se ti­do a aten­ção que me­re­cia e não te­ve ao lon­go dos úl­ti­mos tem­pos. Na me­lhor das hi­pó­te­ses, ig­no­ra­ram-na, dei­xa­ram-na “ao deus da­rá”, per­mi­tin­do que pe­que­nas fe­ri­das pas­sas­sem a enor­mes chagas que mais so­bres­sa­em nes­ta fa­se, na qual o com­ba­te à Covd-19 re­quer ar­mas que ela já te­ve e não tem.

As ár­vo­res que lhe tem si­do ti­ra­das , as que so­bram e não são tra­ta­das, as la­go­as da chu­va que se re­pe­tem anos após ano, as li­xei­ras a céu aber­to, os con­ten­to­res de li­xo sem tam­pas, num con­vi­te a cães e ga­tos va­di­os, ra­tos e ba­ra­tas, aos que ne­les pro­cu­ram la­tas e plás­ti­cos co­mo ga­nha-pão, pi­or, àque­les que os vas­cu­lham pa­ra en­con­trar al­go pa­ra ma­ta­rem a fo­me. Es­tes são ape­nas al­guns dos ce­ná­ri­os de Lu­an­da nos quais nas­cem do­en­ças, co­mo a Co­vi-19 e o pa­lu­dis­mo. E as chu­vas, cum­prin­do um ci­clo nor­mal, não tar­dam.

O lu­an­den­se co­mum en­ten­de o de­sa­ba­fo de Jo­a­na Li­na, mas es­pe­ra que, ape­sar de ser “mui­to di­fí­cil” so­lu­ci­o­nar pro­ble­mas amon­to­a­dos ao lon­go de dé­ca­das, con­si­ga, pa­ra já, ate­nuá-los pa­ra que o le­ga­do a dei­xar a quem lhe su­ce­der não se­ja tão mau co­mo aque­le que re­ce­beu.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.