Jornal de Angola

Si­mão Mu­an­da pro­jec­ta tri­bu­to a An­tó­nio Ro­ma­no

- Sil­va Ca­cu­ti Boxing · Martial Arts · Sports · Angola

A ins­ti­tu­ci­o­na­li­za­ção de um tor­neio anu­al de­no­mi­na­do “An­tó­nio Ro­ma­no” pa­ra ho­me­na­ge­ar aque­le di­na­mi­za­dor da mo­da­li­da­de, en­tre fi­nais da dé­ca­da de 1970 e prin­cí­pi­os de 80, é uma das ac­ções que cons­tam no pro­gra­ma de ac­ção de Si­mão Mu­an­da, can­di­da­to à pre­si­dên­cia da Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Bo­xe (Faboxe).

O an­ti­go cam­peão da Zo­na VI con­fir­mou, em con­fe­rên­cia de im­pren­sa, na quar­ta-fei­ra, in­ten­ção de con­cor­rer.

“Vou con­cor­rer pa­ra res­pon­der aos as­so­ci­a­dos e ami­gos da mo­da­li­da­de, que de­se­jam que o bo­xe acon­te­ça e me pe­dem pa­ra fa­zer al­gu­ma coi­sa. O bo­xe es­tá num am­bi­en­te em que te­mos que pen­sar em res­ga­te. Is­to in­clui as pro­vín­ci­as on­de já foi ex­pres­si­vo e re­lan­çar aí on­de não atin­giu os ní­veis de­se­ja­dos”, dis­se.

Sob o le­ma “Res­ga­tar, re­or­ga­ni­zar, re­vi­ta­li­zar pa­ra me­lhor di­na­mi­zar” a can­di­da­tu­ra, de­fen­deu, “é um pro­jec­to de to­dos os aman­tes da mo­da­li­da­de, que vi­sa con­gre­gar”.

A con­fe­rên­cia de im­pren­sa foi acom­pa­nha­da por An­tó­nio Ro­ma­no, Pam­bo Fer­nan­des e Cas­te­lo João, en­tre ou­tras fi­gu­ras de vá­ri­as ge­ra­ções da mo­da­li­da­de.

“Não sei se ha­ve­rá ou­tra lis­ta. Se acon­te­cer, se­gu­ra­men­te não se­rá com­pos­ta por pes­so­as da mo­da­li­da­de, por­que es­te pro­jec­to con­gre­ga to­da a fa­mí­lia e é uma can­di­da­tu­ra da fa­mí­lia do bo­xe”, re­for­çou.

Mu­an­da ne­gou-se a des­ta­par os se­gre­dos do pro­gra­ma de ac­ção. “Ain­da não é o mo­men­to”, dis­se. Ci­tou ape­nas a ho­me­na­gem a An­tó­nio Ro­ma­no co­mo um ges­to que re­sul­ta da in­ten­ção de au­men­tar o nú­me­ro de pro­vas ofi­ci­ais da Fe­de­ra­ção. Ac­tu­al­men­te o ca­len­dá­rio da Faboxe re­gis­ta ape­nas a Ta­ça de An­go­la e o Cam­pe­o­na­to Na­ci­o­nal.

“Te­mos um cam­peão na­ci­o­nal com cer­ca de oi­to me­da­lhas de ou­ro, is­to de­mons­tra a fal­ta de com­pe­ti­ti­vi­da­de, por­que nou­tros tem­pos tí­nha­mos cam­peão com três e as res­tan­tes eram dis­tri­buí­das por ou­tras equi­pas”, cri­ti­cou.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola