Do­ria le­va­ria 10 anos pa­ra cum­prir me­ta em cre­che

Tu­ca­no pro­me­teu 65,5 mil ma­trí­cu­las até mar­ço de 2018. No rit­mo atu­al, não cum­pri­ria pro­mes­sa

Agora - - Editorial -

O pre­fei­to João Do­ria (PSDB) le­va­ria dez anos (ou dois man­da­tos e meio) pa­ra cum­prir a pro­mes­sa de cri­ar 65.500 va­gas em cre­ches, se fos­se man­ti­do o rit­mo atu­al de no­vas ma­trí­cu­las na re­de municipal. Quan­do as­su­miu a pre­fei­tu­ra, o tu­ca­no pro­me­teu ze­rar, até mar­ço de 2018, a fi­la dei­xa­da por Fer­nan­do Had­dad (PT).

Os nú­me­ros de se­tem­bro di­vul­ga­dos pe­la Se­cre­ta­ria Municipal da Edu­ca­ção mos­tram que a me­ta es­tá dis­tan­te. Se­gun­do o le­van­ta­men­to, são 132.365 crianças à es­pe­ra de va­ga, an­te 133.005 apon­ta­das em se­tem­bro do ano pas­sa­do, ain­da du­ran­te a ges­tão do pe­tis­ta, uma va­ri­a­ção de ape­nas 0,5% (são 640 a me­nos).

En­tre­tan­to, con­si­de­ran­do­se também o úl­ti­mo tri­mes­tre da ges­tão de Had­dad, cons­tam co­mo ma­tri­cu­la­dos até se­tem­bro ape­nas 6.406 a mai s (283.556, an­te 289.962) que em re­la­ção ao mes­mo mês do ano pas­sa­do, uma va­ri­a­ção de ape­nas 2,3%. A pre­fei­tu­ra le­va em con­si­de­ra­ção ou­tras 2.017 ma­trí­cu­las “em pro­ces­so”.

Os dois dis­tri­tos que li­de­ra­vam o ran­king de mais ne­ces­si­ta­dos em se­tem­bro de 2016 se­guem nes­sas po­si­ções, po­rém, hou­ve re­du­ção no nú­me­ro de crianças à es­pe­ra: Jar­dim Ân­ge­la (-7,5%) e Gra­jaú (-9,9%).

Du­ran­te a cam­pa­nha elei­to­ral, Do­ria pro­me­teu cri­ar 103 mil va­gas em um ano. De­pois, dis­se que cri­a­ria 65.500 va­gas até mar­ço de 2018, a fi­la re­gis­tra­da no úl­ti­mo mês da ges­tão an­te­ri­or.

Integrante do Fó­rum Municipal de Edu­ca­ção Infantil e pro­fes­so­ra da Uni­cid, Ma­ria Apa­re­ci­da Gu­e­des Mon­ção diz que, se há 132 mil crianças fo­ra das cre­ches, a pre­fei­tu­ra des­cum­pre a Cons­ti­tui­ção. “Não é um fa­vor, mas um de­ver do Es­ta­do ofe­re­cer va­gas”, diz. “De­fen­do que tem que ace­le­rar a oferta, mas não po­de ser sem qualidade. Não se po­de com­pro­me­ter o de­sen­vol­vi­men­to das crianças”, afir­ma.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.