Ga­nhos e per­das dos do­més­ti­cos

Correio da Bahia - - Brasil -

Pa­ra o pre­si­den­te do Ins­ti­tu­to Do­més­ti­ca Le­gal, Ma­rio Avelino, o que im­pul­si­o­nou a for­ma­li­za­ção dos do­més­ti­cos foi a lei que ga­ran­tiu a am­pli­a­ção de di­rei­tos à ca­te­go­ria e não o eSo­ci­al em si. Ele aler­ta so­bre o gran­de nú­me­ro de tra­ba­lha­do­res ain­da na in­for­ma­li­da­de. Se­gun­do o IBGE, há 3,8 mi­lhões de em­pre­ga­dos do­més­ti­cos no Bra­sil, dos quais ape­nas 1,36 mi­lhão têm car­tei­ra as­si­na­da, con­for­me os da­dos do eSo­ci­al. “Is­so sig­ni­fi­ca que a ca­da três tra­ba­lha­do­res do­més­ti­cos, dois es­tão na in­for­ma­li­da­de”, pon­tua Avelino.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.