Jus­ti­ça proí­be va­que­ja­da que iria acon­te­cer em Praia do For­te

Correio da Bahia - - Bahia -

MAUS-TRA­TOS A Jus­ti­ça proi­biu on­tem uma va­que­ja­da mar­ca­da pa­ra acon­te­cer de 13 a 16 de ou­tu­bro no Par­que Nos­sa Se­nho­ra de Fá­ti­ma, em Praia do For­te, no Li­to­ral Nor­te. A de­ter­mi­na­ção aten­de a pe­di­do fei­to em ação ci­vil pú­bli­ca ajui­za­da an­te­on­tem pe­lo Mi­nis­té­rio Pú­bli­co es­ta­du­al (MP-BA). A ação par­tiu da pro­mo­to­ra de Jus­ti­ça Ní­via Car­va­lho Ro­dri­gues e se ba­seia na de­ci­são do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF), que con­si­de­rou a va­que­ja­da co­mo cri­me am­bi­en­tal de maus-tra­tos e de­cla­rou in­cons­ti­tu­ci­o­nal a lei es­ta­du­al do Ce­a­rá que re­gu­la­men­ta­va a prá­ti­ca. “Não foi ape­nas uma lei es­ta­du­al que foi de­cla­ra­da in­cons­ti­tu­ci­o­nal, mas o STF foi mais adi­an­te e re­co­nhe­ceu as prá­ti­cas ine­ren­tes à va­que­ja­da co­mo con­du­tas pe­nais tí­pi­cas, de mo­do que as ações pra­ti­ca­das na va­que­ja­da não po­dem con­fi­gu­rar maus-tra­tos e cri­mes am­bi­en­tais ape­nas no es­ta­do do Ce­a­rá”, afir­ma a pro­mo­to­ra, mes­mo des­ta­can­do que a de­ci­são não tem efei­tos vin­cu­lan­tes. O cri­me de maus-tra­tos a ani­mais é pre­vis­to por lei. Na ação, é ci­ta­do que não é ra­ro em pro­vas de va­que­ja­das o ani­mal ter a co­lu­na ou cos­te­las fra­tu­ra­das. O juiz Ad­mar Fer­rei­ra Sou­sa aca­tou in­te­gral­men­te o pe­di­do do MP, afir­man­do que “em bom mo­men­to, o STF se pro­nun­ci­ou quan­to à ile­ga­li­da­de da prá­ti­ca de va­que­ja­da”. Ele tam­bém proi­biu qual­quer va­que­ja­da nos mu­ni­cí­pi­os da co­mar­ca de Ma­ta de São João, sob pe­na de mul­ta de R$ 135 mil, va­lor da pre­mi­a­ção, além de mul­ta diá­ria de R$ 50 mil. Em con­ta­to com nú­me­ro da or­ga­ni­za­ção da va­que­ja­da, o COR­REIO foi in­for­ma­do que o even­to já es­ta­va can­ce­la­do des­de on­tem, por con­ta da de­ci­são do STF. Hou­ve pro­tes­tos em di­ver­sos pon­tos da Bahia on­tem por con­ta da de­ci­são do STF. Em Fei­ra de San­ta­na, a As­so­ci­a­ção Bai­a­na de Va­que­ja­da (ABV) or­ga­ni­zou uma car­re­ta que saiu da BR-116 Sul e ocu­pou uma das fai­xas da BR-324, che­gan­do até a al­tu­ra do Par­que de Ex­po­si­ções.

A pre­vi­são ini­ci­al era de fa­zer um blo­queio to­tal do trá­fe­go, mas os or­ga­ni­za­do­res de­ci­di­ram fa­zer uma car­re­a­ta. Mais de mil pes­so­as e cer­ca de 200 veí­cu­los par­ti­ci­pa­ram da car­re­a­ta, que foi o mai­or ato pró-va­que­ja­da no es­ta­do ho­je. Em Ju­a­zei­ro, hou­ve ma­ni­fes­ta­ção pe­la ma­nhã na La­goa do Ca­lú, se­guin­do até a pon­te Pre­si­den­te Var­gas, on­de acon­te­ceu um en­con­tro com va­quei­ros de Per­nam­bu­co. Cer­ca de 500 pes­so­as par­ti­ci­pa­ram da ação. Na ci­da­de de Bar­rei­ras, mais de 100 ma­ni­fes­tan­tes par­ti­ci­pa­ram de um pro­tes­to que blo­que­ou o Anel Ro­do­viá­rio da BR-242.

Já em Con­quis­ta, a ma­ni­fes­ta­ção acon­te­ceu na BR-116, pró­xi­mo à saí­da pa­ra Cân­di­do Sa­les. Ou­tros mu­ni­cí­pi­os pro­me­tem re­a­li­zar mais pro­tes­tos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.