Re­for­ma da Pre­vi­dên­cia tam­bém atin­gi­rá clas­se po­lí­ti­ca, diz Te­mer

Correio da Bahia - - Economia -

EN­TRE­VIS­TA À CBN O pre­si­den­te Mi­chel Te­mer afir­mou que a re­for­ma da Pre­vi­dên­cia atin­gi­rá to­dos os se­to­res de for­ma equâ­ni­me, in­clu­si­ve a clas­se po­lí­ti­ca. Atu­al­men­te, os par­la­men­ta­res têm um re­gi­me pró­prio de Pre­vi­dên­cia, por exem­plo. O pre­si­den­te não sou­be di­zer, no en­tan­to, co­mo se­rá o fun­ci­o­na­men­to, pois só re­ce­beu um es­bo­ço bre­ve so­bre o as­sun­to.

Ele ain­da es­cla­re­ceu que a re­for­ma tam­bém se­rá en­vi­a­da ao Con­gres­so na for­ma de Pro­je­to de Emen­da à Cons­ti­tui­ção. “Re­ce­bi um pri­mei­ro es­bo­ço da re­for­ma e olha­rei mais aten­ta­men­te após a vi­a­gem à Ín­dia e ao Ja­pão, mas vai ser ge­ral, vai atin­gir a to­dos, evi­den­te­men­te va­mos fa­zer uma coi­sa equâ­ni­me, não vai ter dis­tin­ção de se­to­res. Por exem­plo, não vai ter di­fe­ren­ça en­tre a Pre­vi­dên­cia ge­ral e a de fun­ci­o­ná­ri­os pú­bli­cos. Es­se é um pon­to que já es­tá de­fi­ni­do”, dis­se, em en­tre­vis­ta à rá­dio CBN, on­tem. No ca­so dos mi­li­ta­res, que tam­bém têm um re­gi­me es­pe­ci­al de Pre­vi­dên­cia, o pre­si­den­te re­for­çou que ain­da não sa­be co­mo vai fun­ci­o­nar, mas lem­brou que a ca­te­go­ria sem­pre te­ve tra­ta­men­to di­fe­ren­ci­a­do em fun­ção das pe­cu­li­a­ri­da­des da car­rei­ra. O pre­si­den­te Te­mer re­co­nhe­ceu, ain­da, que a dis­cus­são so­bre as mu­dan­ças na apo­sen­ta­do­ria se­rá mais “po­le­mi­za­da”, mas dis­se que o go­ver­no fa­rá ain­da mais reu­niões do que fez pa­ra de­ba­ter a PEC do Te­to, por­que tem cons­ci­ên­cia de que, se na­da for fei­to, “da­qui a al­guns anos não vai ha­ver di­nhei­ro pa­ra pa­gar a apo­sen­ta­do­ria”. O pre­si­den­te ain­da dis­se que es­pe­ra a re­sis­tên­cia de al­guns se­to­res da so­ci­e­da­de so­bre as mu­dan­ças na Pre­vi­dên­cia, mas dis­se que o go­ver­no vai en­fren­tá-la. E re­for­çou que vai con­ver­sar com as cen­trais sin­di­cais, em­pre­sá­ri­os e par­la­men­ta­res so­bre o as­sun­to. “Qual­quer acrés­ci­mo na Pre­vi­dên­cia vai ter re­sis­tên­cia, mas faz par­te e va­mos en­fren­tar. Meu le­ma é o diá­lo­go”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.