No ser­tão bai­a­no so­pram os me­lho­res ven­tos do mun­do

Correio da Bahia - - Mundo -

Lí­der em no­vos pro­je­tos pa­ra a pro­du­ção de ener­gia eó­li­ca no Bra­sil, a Bahia de­ve con­ti­nu­ar a os­ten­tar po­si­ção de des­ta­que nos pró­xi­mos anos, gra­ças à qua­li­da­de dos ven­tos que so­pram no Ser­tão bai­a­no. So­man­do-se pro­je­tos que já es­tão em ope­ra­ção, com ou­tros li­ci­ta­dos e em fa­se de im­plan­ta­ção, o es­ta­do vai al­can­çar nos pró­xi­mos anos a ca­pa­ci­da­de de pro­du­zir 5,5 mil me­gawatts a par­tir dos ven­tos por ano – mais do que to­da a pro­du­ção do se­tor no Nor­des­te atu­al­men­te.

“O ven­to da Bahia, prin­ci­pal­men­te na re­gião do se­miá­ri­do, pos­sui ca­rac­te­rís­ti­cas úni­cas que o tor­nam o me­lhor do Bra­sil pa­ra a pro­du­ção de ener­gia e tal­vez até o me­lhor do mun­do”, afir­ma a pre­si­den­te da As­so­ci­a­ção Bra­si­lei­ra de Ener­gia Eó­li­ca (Abe­eó­li­ca), El­bia Sil­va Gan­noum. Se­gun­do ela, o se­miá­ri­do so­fre for­te in­fluên­cia dos ven­tos elí­si­os, que vêm do Oce­a­no Atlân­ti­co, com atu­a­ção na Bahia e em mais qua­tro re­giões do mun­do.

O se­cre­tá­rio de De­sen­vol­vi­men­to Econô­mi­co da Bahia, Jor­ge He­re­da, des­ta­ca que a pers­pec­ti­va do es­ta­do é de se tor­nar lí­der na pro­du­ção de ener­gia lim­pa. “Na re­a­li­da­de, a pers­pec­ti­va é de li­de­rar a pro­du­ção de ener­gia re­no­vá­vel, tan­to eó­li­ca, quan­to so­lar. Te­mos 41 pro­je­tos em cons­tru­ção e 118 que ain­da irão co­me­çar a ser cons­truí­dos em 22 mu­ni­cí­pi­os do es­ta­do”, con­ta.

He­re­da ex­pli­ca que o po­ten­ci­al do es­ta­do tem si­do um atra­ti­vo pa­ra um gran­de nú­me­ro de em­pre­sas do se­tor a ope­rar na Bahia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.