Des­ta­que na Câ­ma­ra de Ve­re­a­do­res

Correio da Bahia - - Mais -

nos en­ga­nar, es­sa PEC é da­ta­da e te­rá de pas­sar pe­lo cri­vo das elei­ções de 2018 e pe­las pri­o­ri­da­des do can­di­da­to que ven­cer as elei­ções.

O pi­or é que o au­to­en­ga­no que re­ge a ação da opo­si­ção é mui­to mai­or que o do go­ver­no e ela se pro­nun­cia, por ve­zes ir­res­pon­sa­vel­men­te, não pa­ra aper­fei­ço­ar o ins­tru­men­to, mas co­mo se fos­se pos­sí­vel con­ti­nu­ar au­men­tan­do os gas­tos sem se dar con­ta que a dí­vi­da pú­bli­ca es­tá ex­plo­din­do, e que, sem es­sa PEC do te­to, o Bra­sil é que po­de­rá ex­plo­dir. “É tão fá­cil en­ga­nar­mos a nós mes­mos sem per­ce­bê-lo, co­mo é di­fí­cil en­ga­nar­mos os ou­tros sem que eles per­ce­bam” di­zia La Ro­che­fou­cauld, mas no Bra­sil a má­xi­ma não va­le, aqui to­do mun­do se en­ga­na e é en­ga­na­do. Uma no­va ge­ra­ção de po­lí­ti­cos es­tá sur­gin­do no Bra­sil e não ape­nas no Exe­cu­ti­vo. São qua­dros que ali­am a ação po­lí­ti­ca com o co­nhe­ci­men­to e a pre­o­cu­pa­ção com as­pec­tos téc­ni­cos e ad­mi­nis­tra­ti­vos, e com o es­tu­do acu­ra­do dos pro­je­tos que apre­sen­tam ou re­la­tam. Na Câ­ma­ra de Ve­re­a­do­res de Sal­va­dor, por exem­plo, nes­sa le­gis­la­tu­ra, foi des­ta­que, en­tre ou­tros, o ve­re­a­dor Léo Pra­tes. Seu tra­ba­lho co­mo re­la­tor do PDDU – Pla­no Di­re­tor de De­sen­vol­vi­men­to Ur­ba­no e da Lou­os – Lei de Or­de­na­men­to, Uso e Ocu­pa­ção do So­lo me­re­ce uma men­ção nes­ta ter­ra em que as crí­ti­cas são mui­tas e os elo­gi­os tão pou­cos.

Co­mo re­la­tor de dois pro­je­tos fun­da­men­tais pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to econô­mi­co de Sal­va­dor, Pra­tes de­mons­trou co­nhe­ci­men­to da ci­da­de e de su­as ne­ces­si­da­des, ca­pa­ci­da­de de ne­go­ci­a­ção e uma for­te pre­o­cu­pa­ção com o fu­tu­ro de Sal­va­dor.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.