Mis­tu­ra da boa

Correio da Bahia - - Mais - Do­ris Mi­ran­da do­ris.mi­ran­da@re­de­bahia.com.br Par­que de Ex­po­si­ções (Av. Pa­ra­le­la). Do­min­go, às 14h. In­gres­sos: R$ 120 | R$ 60 (pis­ta), R$ 280 | R$ 140 (área vip), R$ 440 | R$ 220 (ca­ma­ro­te gol­den fe­mi­ni­no) e R$ 500 | R$ 250 (ca­ma­ro­te gol­den mas­cu­li­no). Ve

Sau­lo Pro­me­te mui­tos su­ces­sos e diz que vai adi­an­tar mú­si­cas do no­vo ál­bum O Azul e o Sol, que sai em no­vem­bro À pri­mei­ra vis­ta, pa­re­ce uma mis­tu­ra mui­to lou­ca a com­bi­na­ção de Jor­ge & Ma­teus, Sau­lo, Lu­an San­ta­na, Matheus & Kau­an, Be­lo, Tay­ro­ne, É o Tchan, Ave­ni­da Se7e, Du­as Me­di­das, Pa­pa­zo­ni, Ge­ra Sam­ba, Sam­pri­me e Dan Valente. Mas, que na­da. No fi­nal das con­tas, bai­a­no que é bai­a­no mes­mo sa­be que es­ti­los mu­si­cais tão di­ver­sos aca­bam dan­do a mai­or li­ga, co­mo a que o pú­bli­co ve­rá no Are­na Bahia Mu­sic, do­min­go, no Par­que de Ex­po­si­ções.

Uma das prin­ci­pais atra­ções da fes­tan­ça, a du­pla ser­ta­ne­ja Jor­ge & Ma­teus já es­tá acos­tu­ma­da com es­sa mis­tu­ra de gê­ne­ros, afi­nal se apre­sen­ta no Carnaval de Sal­va­dor há al­guns anos. “Is­so é mui­to ba­ca­na por­que mos­tra que a mú­si­ca é al­go que não tem fron­tei­ra. Nes­te sen­ti­do, te­mos re­a­li­za­do di­ver­sos pro­je­tos. Fo­mos a pri­mei­ra du­pla a le­var o ser­ta­ne­jo ao Carnaval de Sal­va­dor, por exem­plo. E há tem­pos es­ta­mos fa­zen­do par­ce­ri­as com ar­tis­tas fo­ra da mú­si­ca ser­ta­ne­ja”, ex­pli­ca Jor­ge, 34 anos.

Pa­ra es­te even­to, a du­pla goi­a­na, saí­da da pe­que­na Itum­bi­a­ra, traz o show co­me­mo­ra­ti­vo de seus 11 anos de car­rei­ra - o mes­mo que apre­sen­tou na úl­ti­ma ter­ça-fei­ra em Bra­sí­lia, com par­ti­ci­pa­ção de Ive­te San­ga­lo. Por is­so, va­le es­pe­rar um su­ces­so co­la­do no ou­tro. Das an­ti­gas Amo Noi­te e Dia e Seu As­tral até as re­cen­tes Sos­se­guei, Lou­ca de Sau­da­de e Pra Sem­pre com Vo­cê.

“Es­tar em Sal­va­dor, é sem­pre mo­ti­vo de mui­ta ale­gria pra gen­te. Com cer­te­za, a ex­pec­ta­ti­va pa­ra es­se show do pró­xi­mo do­min­go não po­de­ria ser me­lhor! Bus­ca­mos se­le­ci­o­nar um re­per­tó­rio que agra­de o pú­bli­co de uma ma­nei­ra ge­ral”, com­ple­ta Jor­ge.

DI­VER­SI­DA­DE

Ou­tra atra­ção mui­to es­pe­ra­da por to­dos os ti­pos de pú­bli­co, Sau­lo es­tá cheio de gás pa­ra sua apre­sen­ta­ção. “Fa­zer show em Sal­va­dor tem sem­pre uma ma­gia, né? A ex­pec­ta­ti­va é óti­ma, é um even­to lin­do, cheio de gen­te boa. Va­mos le­var nos­sa mú­si­ca, sem­pre com mui­to amor e ener­gia pra to­do mun­do se di­ver­tir”, pro­me­te o can­tor, to­do fo­fo.

E tan­ta gen­te jun­ta, to­can­do axé, pa­go­de, sam­ba, ser­ta­ne­jo e ar­ro­cha, in­co­mo­da o ar­tis­ta acos­tu­ma­do com a di­ver­si­da­de da fo­lia? “Eu acho é lin­do. A mis­tu­ra de gê­ne­ros mu­si­cais sem­pre foi um guia pra mi­nha cons­tru­ção co­mo ar­tis­ta. Eu nas­ci re­co­nhe­ci­do pe­lo pú­bli­co co­mo can­tor de axé, mas sem­pre va­lo­ri­zei a pre­sen­ça de ou­tros rit­mos e acho is­so fun­da­men­tal. Can­to xo­te, rock, reg­gae, MPB, fa­ço tu­do que se­ja mú­si­ca e to­que no co­ra­ção das pes­so­as. Um even­to co­mo o Are­na, com tan­tos rit­mos e um pú­bli­co tão dis­tin­to, só mos­tra co­mo nós po­de­mos con­vi­ver sem o pre­con­cei­to, res­pei­tan­do to­dos e cur­tin­do to­da a nos­sa cul­tu­ra”, res­sal­ta Sau­lo, 39, dei­xan­do cla­ro que vai can­tar as co­nhe­ci­das e tam­bém as no­vi­da­des do ál­bum O Azul e o Sol, que sai em no­vem­bro.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.