Ou­tras du­as mu­lhe­res acu­sam Do­nald Trump de as­sé­dio se­xu­al

Correio da Bahia - - Mundo -

DIS­PU­TA PRE­SI­DEN­CI­AL Mais du­as mu­lhe­res re­la­ta­ram te­rem si­do al­vo, no pas­sa­do, de as­sé­dio se­xu­al da par­te do ago­ra can­di­da­to re­pu­bli­ca­no na cor­ri­da à Ca­sa Bran­ca, Do­nald Trump. Ao jor­nal Washing­ton Post, Kris­tin An­der­son, 46, dis­se que, no iní­cio dos anos 1990, es­ta­va em uma bo­a­te de No­va York com ami­gos, sen­ta­da em um so­fá, quan­do um ho­mem a to­cou por bai­xo da saia. As­sus­ta­da, ela diz ter em­pur­ra­do a mão e se le­van­ta­do an­tes de olhar pa­ra o ho­mem. E, se­gun­do An­der­son, es­se ho­mem era Trump. “Ele ti­nha uma apa­rên­cia tão di­fe­ren­te, o ca­be­lo e as so­bran­ce­lhas. Que­ro di­zer, nin­guém mais tem aque­las so­bran­ce­lhas”, dis­se ela ao jor­nal, em re­por­ta­gem pu­bli­ca­da on­tem.

Tam­bém on­tem, uma das par­ti­ci­pan­tes do re­a­lity show O Apren­diz, que es­te­ve sob co­man­do do re­pu­bli­ca­no, dis­se que Trump ten­tou fa­zer com que ela se dei­tas­se na ca­ma com ele em 2007, quan­do se en­con­tra­ram pa­ra dis­cu­tir uma pos­si­bi­li­da­de de tra­ba­lho. “Ele pe­diu que eu me sen­tas­se per­to de­le. Eu con­cor­dei. Ele, en­tão, agar­rou meu om­bro e co­me­çou a me bei­jar no­va­men­te [num en­con­tro an­te­ri­or, ele ha­via se des­pe­di­do com um bei­jo nos lá­bi­os de­la] mui­to agres­si­va­men­te e co­lo­cou sua mão no meu pei­to”, dis­se Sum­mer Zer­vos, 41, que par­ti­ci­pou do re­a­lity em 2006.

Os re­la­tos se so­mam a ou­tros que acu­sam Trump de ten­ta­ti­vas for­ça­das de bei­jo e ou­tros abu­sos, di­vul­ga­dos es­ta se­ma­na. O can­di­da­to e sua cam­pa­nha têm re­fu­ta­do as ale­ga­ções. Trump acu­sou on­tem o bi­li­o­ná­rio me­xi­ca­no Car­los Slim de ten­tar in­flu­en­ci­ar a elei­ção em fa­vor da de­mo­cra­ta, Hil­lary Clin­ton. O re­pu­bli­ca­no dis­se que Slim, co­mo um gran­de aci­o­nis­ta do New York Ti­mes (que pu­bli­cou dois dos re­la­tos de as­sé­dio se­xu­al) in­flu­en­cia a elei­ção pre­si­den­ci­al.

On­tem, a can­di­da­ta de­mo­cra­ta, Hil­lary Clin­ton, acu­sou o ad­ver­sá­rio re­pu­bli­ca­no de as­se­diá-la du­ran­te o se­gun­do de­ba­te pre­si­den­ci­al de do­min­go pas­sa­do. No de­ba­te, Trump te­ria se man­ti­do mui­to per­to e por trás da can­di­da­ta, olhan­do-a in­ten­sa­men­te com o ros­to fran­zi­do, en­quan­to ela res­pon­dia as per­gun­tas do pú­bli­co, dis­se Hil­lary. Em uma en­tre­vis­ta ao pro­gra­ma The El­len DeGe­ne­res, do ca­nal NBC, Hil­lary dis­se que os mo­vi­men­tos de Trump a fi­ze­ram se sen­tir mui­to es­tra­nha e pou­co à von­ta­de no pal­co. “Ele es­ta­va re­al­men­te exal­ta­do e sim­ples­men­te da­va pa­ra sen­tir a ir­ri­ta­ção de­le”, afir­mou. “Ele es­ta­va re­al­men­te ten­tan­do me do­mi­nar e, de­pois, li­te­ral­men­te, me as­se­di­ou por to­do o pal­co e eu po­dia sen­tir sua pre­sen­ça atrás de mim”, afir­mou.

Em um co­mí­cio, Trump ne­gou as acu­sa­ções so­bre sua atu­a­ção no de­ba­te. “Es­tou de pé em meu pó­dio, per­to de mi­nha ca­dei­ra. Ela ca­mi­nha atra­vés do pal­co. Es­tá de pé, de fren­te pa­ra mim, exa­ta­men­te jun­to a mim. E no dia se­guin­te per­gun­tei: o que dis­se­ram os jor­nais? Eles dis­se­ram que ‘ele in­va­diu o es­pa­ço de­la’. Acre­di­tem, o úl­ti­mo es­pa­ço que que­ro in­va­dir é o de­la”, acres­cen­tou.

A can­di­da­ta de­mo­cra­ta, Hil­lary Clin­ton, dis­se ter se sen­ti­do as­se­di­a­da por Do­nald Trump du­ran­te de­ba­te

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.