Adeus ao Capita

Correio da Bahia - - Esporte - Mi­ro Pal­ma mi­ro.pal­ma@re­de­bahia.com.br

Car­los Al­ber­to Tor­res é en­ter­ra­do sob aplau­sos e mui­ta emo­ção

Com di­rei­to a ho­me­na­gens das qua­tro gran­des tor­ci­das ca­ri­o­cas, o cor­po de Car­los Al­ber­to Tor­res foi en­ter­ra­do às 11h25 de on­tem no ce­mi­té­rio do Ira­já, no Rio de Ja­nei­ro. O ca­pi­tão do tri­cam­pe­o­na­to mun­di­al da Se­le­ção Bra­si­lei­ra, em 1970, mor­reu na ter­ça-fei­ra, ví­ti­ma de um in­far­to ful­mi­nan­te.

Com pas­sa­gens por Bo­ta­fo­go, Flu­mi­nen­se e Fla­men­go, Tor­res re­ce­beu o ca­ri­nho tam­bém dos tor­ce­do­res do Vas­co em uma pro­va de que em sua car­rei­ra vi­to­ri­o­sa co­mo jo­ga­dor e téc­ni­co dei­xou boa im­pres­são por on­de pas­sou. O Capita, ape­li­do pe­lo qual era ca­ri­nho­sa­men­te cha­ma­do, tam­bém fez su­ces­so no San­tos, clu­be no qual foi pen­ta­cam­peão pau­lis­ta.

Du­ran­te a ce­rimô­nia, as cer­ca de 300 pes­so­as pre­sen­tes can­ta­ram o Hi­no Na­ci­o­nal e a tra­di­ci­o­nal “To­dos jun­tos va­mos, pra fren­te Bra­sil. Sal­ve a Se­le­ção”, mú­si­ca que mar­cou a cam­pa­nha do tri­cam­pe­o­na­to no Mé­xi­co.

De­pois do ve­ló­rio re­a­li­za­do na se­de da Con­fe­de­ra­ção Bra­si­lei­ra de Futebol (CBF), o cor­po do ex-la­te­ral foi trans­por­ta­do em um car­ro dos Bom­bei­ros até o ce­mi­té­rio.

Mar­ca­ram pre­sen­ça no fu­ne­ral de Car­los Al­ber­to Tor­res fa­mi­li­a­res, ami­gos e ex-com­pa­nhei­ros, co­mo o téc­ni­co Car­los Al­ber­to Par­rei­ra. Pau­lo Cé­sar Ca­ju foi o úni­co jo­ga­dor do tri pre­sen­te. “É uma gran­de per­da pa­ra nós. Não sei por que Pa­pai do Céu faz is­so, tem tan­ta gen­te ruim pra le­var, mas pre­fe­re le­var os bons. Não sei por que Deus não le­va o Cu­nha (Edu­ar­do Cu­nha, ex-de­pu­ta­do fe­de­ral)”, dis­pa­rou.

Se­pul­ta­men­to de Car­los Al­ber­to Tor­res reú­ne fãs no Rio de Ja­nei­ro

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.